Restauracao capacetes
#11

Acreditas mesmo nisso?

e um casaco... que também é feito de material "compósito"... também tem de ser substituído?

e se o casaco for feito de couro... como é?

e os componentes estruturais de certas motos... que também são feitos de materiais "compósito"... também têm de ser substituídos?

e os quadro de alumínio... que também eles têm um ciclo de vida... também têm de ser substituídos....

e as jantes de magnésio... que têm uma oxidação muito mais rápida que outros metais... também não terão de ser substituídas...

Eu sou um Herege... e ando a fazer tudo mal há mais de 25 anos....

Confesso... a semana passada... estava tanto calor.. que cagu@i para o casaco e meti-o na mochila... e andei em t-shirt e sem luvas...

Os construtores agradecem os pseudo-prazos de validade de que se fala sobre os capacetes... porque tal é mito urbano...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#12

A degradação dos componentes constituintes de um capacete é variável. Um capacete com 5 anos terá um desgaste completamente diferente se for usado todos os dias vs. se for usado pontualmente.

Independentemente do quão idiota possa ser fixar um prazo de validade num capacete, posso no entanto confirmar que (para algumas situações específicas) ele existe. Exemplo:

1. A pergunta "Os capacetes têm prazo de validade?" existe no exame de código e a resposta correta é "Sim";
2. As seguradoras podem recusar-se a pagar um capacete danificado em caso de sinistro, se o mesmo estiver "fora do prazo";

O engraçado é que até hoje não vi ainda nenhum documento que determine claramente os contornos legais que deveriam sustentar estas situações.


...
Voltando ao assunto do tópico, o inc ainda não disse há quantos anos anda a espalhar piolhos no caparolo dele... aguardo com curiosidade! devil
Responder
#13

Claro que existe degradacao. As viseiras riscam-se, as borrachas descolam-se, os interiores folgam, caem ao chao, encrustam bischarada, partem-se tampas de ventilacao...

Mas associo muito ao uso, dai achar uma patetice utilizar uma unidade de tempo para estipular esse desgaste.


Responder
#14

(25-06-2017 às 21:48)nelsonajm Escreveu:  Acreditas mesmo nisso?

e um casaco... que também é feito de material "compósito"... também tem de ser substituído?

e se o casaco for feito de couro... como é?

e os componentes estruturais de certas motos... que também são feitos de materiais "compósito"... também têm de ser substituídos?

e os quadro de alumínio... que também eles têm um ciclo de vida... também têm de ser substituídos....

e as jantes de magnésio... que têm uma oxidação muito mais rápida que outros metais... também não terão de ser substituídas...

Eu sou um Herege... e ando a fazer tudo mal há mais de 25 anos....

Confesso... a semana passada... estava tanto calor.. que cagu@i para o casaco e meti-o na mochila... e andei em t-shirt e sem luvas...

Os construtores agradecem os pseudo-prazos de validade de que se fala sobre os capacetes... porque tal é mito urbano...

E é mito urbano porque o assim afirmas?

Para tornar o tópico mais aliciante, até porque gosto de factos comprovados, irei deixar aqui fotografias de um capacete...que nunca foi usado, com 4 anos. Sempre em prateleira.

Já agora, indica-me qual os compósitos de um capacete? O que os distingue?
Responder
#15

(25-06-2017 às 22:01)vindaloo Escreveu:  Claro que existe degradacao. As viseiras riscam-se, as borrachas descolam-se, os interiores folgam, caem ao chao, encrustam bischarada, partem-se tampas de ventilacao...

Mas associo muito ao uso, dai achar uma patetice utilizar uma unidade de tempo para estipular esse desgaste.

Unidade de tempo, é uma estimativa. Depende de vários factores. Humidade, Temperatura a que fica exposto,etc
Responder
#16

Deja vú...

http://motonliners.pt/topico-validade-de-capacetes

Esta discussão vai resumir-se a troca de argumentos e opiniões entre quem:

1. acha que o prazo de validade faz sentido na medida em que é uma estimativa média de tempo em que um capacete deixa de ter as caraterísticas apuradas no que diz respeito às suas condições de segurança;
2. acha que o prazo de validade não faz sentido porque nenhum capacete tem o mesmo desgaste que outro e porque a frequência e condições de utilização podem causar uma degradação em tempo útil substancialmente diferente;

Nesta discussão não me parece que exista alguém mais certo ou mais errado do que o outro.
Responder
#17

Não se preocupem com as validades dos capacetes , preocupem-se mais em pilotar de forma a que não seja preciso testá-lo (independentemente da 'idade' do mesmo) , ou então ... preocupem-se antes em que este capacete nunca venha a ser o vosso  bigsmile : 
[Imagem: 19511380_491612934563942_634556988006248465_n.jpg]
Responder
#18

Oh ke *** fiz uma pergunta normal ja vai um novela aqui....

O capacete tem 1 ano... Fora de prazo lol é cada uma
Responder
#19

(26-06-2017 às 00:23)inc_pt Escreveu:  Oh ke ***  fiz uma pergunta normal ja vai um novela aqui....

O capacete tem 1 ano... Fora de prazo lol é cada uma

Se não desse novela é que era de estranhar... lol devil

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#20

estás no motonliners... novela da internet lol
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)