Reparação de Pneus
#21

(16-12-2016 às 15:10)dfelix Escreveu:  
(16-12-2016 às 13:29)nunomsp Escreveu:  Vou mandar vulcanizar.

Uma vez quando era tenrinho mandei vulcanizar...
O que o gajo fez foi meter um taco.
lol

Eu sou tenrinho nas duas rodas. Assumo isso. smile
Vou passar pelo mesmo processo de aprendizagem.

(16-12-2016 às 15:10)dfelix Escreveu:  
(16-12-2016 às 13:29)nunomsp Escreveu:  Segundo o mecânico, a utilização de tacos nestes pneus pode comprometer as telas interiores e diminuir a segurança do pneu.

Tens noção que aquilo é uma rede de aço, certo?

Achei a explicação lógica.
Prefiro pagar os 20 ou 30 euros do que andar com medo em cima da mota.
Responder
#22

(16-12-2016 às 10:31)nunomsp Escreveu:  Sei que há que use os tacos para reparação de pneus, mas foi-me desaconselhado.

Pela foto não consigo ter uma boa noção do tamanho desse furo. Mas se for mesmo muito pequeno, quase microscópico, um remendo resolve. Se for um pouco maior esquece os remendos, vulcanizações e tacos e manda pôr um "manchão combinado" nisso. E de preferência numa oficina mesmo de motas e não numa genérica de pneus.

[Imagem: 4829384_x720.jpg]

[Imagem: 13_13_495_manchao_combinado_p_conserto_pneu_s_ca.jpg]

Been there, done that... many times...  cry  blink

[Imagem: wrong-bike.jpg]
Responder
#23

Boas..

Em motas nunca aconteceu.. Nos carros sim, vários tacos.. sem problemas.. Mas carro é carro.. mota é mota.. 
Dessas opções todas.. Não sei o que faria... Mas possivelmente mandava meter taco e vendia o pneu.. metia um pneu novo..
P.S: É obvio que quem fosse comprar o pneu ia ser informado de toda a situação..
A minha vida para mim é preciosa..

Ex:AJP Pr4 125 Yamaha Yzf R125 / Yamanha Virago 535 / Yamaha Xj600
Actual: Yamaha Dragstar 650 / Kawasaki ZZR 1200 / Vespa T5 125 (1987)
Responder
#24

Furos em pneus de mota.... o Zé percebe disso... já deve levar dois doutoramentos nesse assunto...

Agora... outra coisa....

estava naquela de mandar 3 bocas sobre o "não" assunto de despachar um pneu que teve um furo... mas resolvi estar calado... gostava de saber o que pensa esta malta de pneus com câmara de ar... só naquela....

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#25

Taco e toca a andar. É seguro e dura. Claro que se o pessoal por muito que se explique continua a desconfiar ai já nada se pode fazer...

A minha máquina (e ex):
KTM 1290 SuperAdventure S
KTM 1290 Super Duke GT
Kawasaki Versys 1000
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]
Responder
#26

Sim é uma questão de confiança.

Por isso sugeri aquela cena de sacrificar um pneu em fim de vida para treinar, e assim ganhar confiança.

FÉLIX PÁ!

Isto é por temporadas!
Posso andar bué tempo sem ter um furo e chegar a uma altura, em que tenho as três motos empenadas por causa de furos!
Mas sim, pelo que já disseste, tens um karma levado do carvalho!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#27

(16-12-2016 às 16:09)nelsonajm Escreveu:  Furos em pneus de mota.... o Zé percebe disso... já deve levar dois doutoramentos nesse assunto...

Agora... outra coisa....

estava naquela de mandar 3 bocas sobre o "não" assunto de despachar um pneu que teve um furo... mas resolvi estar calado... gostava de saber o que pensa esta malta de pneus com câmara de ar... só naquela....

Não disse despachar.. por isso dá ideia de vender o pneu furado como sendo um pneu novo..
Como já várias pessoas disseram aqui no forum, não tem qualquer problema em andar com pneus furados. E respeito a opinião deles.. Agora eu tenho a minha.. E nunca me passaria pela cabeça enganar ninguém..

Ex:AJP Pr4 125 Yamaha Yzf R125 / Yamanha Virago 535 / Yamaha Xj600
Actual: Yamaha Dragstar 650 / Kawasaki ZZR 1200 / Vespa T5 125 (1987)
Responder
#28

(16-12-2016 às 16:09)nelsonajm Escreveu:  estava naquela de mandar 3 bocas sobre o "não" assunto de despachar um pneu que teve um furo... mas resolvi estar calado... gostava de saber o que pensa esta malta de pneus com câmara de ar... só naquela....

É de facto um não assunto, pois é uma opção pessoal não andar com pneus remendados.

Eu bem disse que é seguro e não conheço problemas com tacos e reparações.

Há mais 20 anos que ando de carro e de mota. Tenho umas centenas de milhares de quilómetros e a sorte ( knock knock knock ) que só tive um furo no carro e um na mota.

Nas motas ainda sou capaz de fazer 2 traseiros por um dianteiro, nos carros troco sempre os 4 de cada vez.

O que fazer... gosto de borracha nova para queimar. Quando está sol agarra bem, quando chove ainda mais importante.

Pneus com câmara de ar...tive nas bicicletas e na minha 50cc...logo desde os 18/19 anos que não sei o que é isso. E hoje em dia dispenso  lol
Responder
#29

Luis pá um pneu furado é uma coisa.
Um pneu reparado é outra coisa totalmente diferente.

Eu ando com uma camnete que faz dezenas de milhares de km com pneus reparados sem problemas.
Também já fiz o 400km de Valladolid à Mealhada com o pneu da Maria das Curvas furado e tinha um problema. Fiz 4 paragens para ratificar a pressão do mesmo.

Um pneu tubless furado, atendendo à amplitude do mesmo, a sua localização e o desgaste que tem, pode chegar a fazer muito km sem grandes problemas além de rever a pressão do mesmo.
Basta que para isso o objecto estranho não saia do seu alojamento para evitar vazar com "rapidez".

Detectar um futuro e reparar o mesmo, sempre é quando este seja bem reparado, é um descanso.
Muito maior do que andar com ele furado.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#30

Bem, amanhã lá vai ter de fazer 50 km com o prego a tapar o buraco.

Chegando à oficina onde vou fazer a revisão, logo discuto com o mecânico a melhor opção. Mas estou mais inclinado para a vulcanização, se bem que o manchão também me parece boa escolha.

As soluções aplicadas de dentro para fora, já li por aí que devem ser soluções de recurso.

Mas respeito e vou ter em conta a opinião de quem já tem um historial de furos e confiança nos tacos. Se me acontecer em viagem, usarei os que tenho na mota se for necessário.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)