Questao existencialista...
#11

(15-08-2016 às 21:05)Rod Escreveu:  De puderes juntar o EGO à BARRIGA CHEIA tanto melhor...com a 848 sinto-me assim, o que não quer dizer que daqui a uns tempos as coisas não mudem...até porque anda por aí uma bicilindrica a fazer-me comichão (já lhe fiz um test ride e sei do que falo)  bigsmile
Bicilíndrica? Qual é?

Honda CX 400 '83 Eurosport
Responder
#12

A vantagem de ter uma 1000 em vez de uma 600 acontece quando utilizas a 600 frequentemente perto do seu limite. A 1000 permite-te obter a mesma velocidade com menos esforço para o motor, possibilitando assim uma maior fiabilidade e durabilidade.

Principalmente para viagens longas e frequentes, acredito que uma 600 morrerá muito mais depressa do que uma 1000. Não é por acaso que as PAN, GTR e FJR só existam com motores de grande cilindrada.

Para agilidade e pequenas voltinhas a 600 tem mais vantagens.

Em termos desportivos a vantagem que ganhas num motor grande, perdes em agilidade e peso.

Boas curvas! 
Responder
#13

MagJet

http://www.ktm.com/sg/naked-bike/1290-su...ke-r-2016/
Responder
#14

(15-08-2016 às 22:22)nunomsp Escreveu:  A vantagem de ter uma 1000 em vez de uma 600 acontece quando utilizas a 600 frequentemente perto do seu limite. A 1000 permite-te obter a mesma velocidade com menos esforço para o motor, possibilitando assim uma maior fiabilidade e durabilidade.

Principalmente para viagens longas e frequentes, acredito que uma 600 morrerá muito mais depressa do que uma 1000. Não é por acaso que as PAN, GTR e FJR só existam com motores de grande cilindrada.

Para agilidade e pequenas voltinhas a 600 tem mais vantagens.

Em termos desportivos a vantagem que ganhas num motor grande, perdes em agilidade e peso.

Tens provavelmente razão no que dizes mas quem usa uma 600 perto do seu limite? Nao duvido que haja pessoal que o faça mas sejamos sinceros, é muito difícil perante os limites de velocidade das estradas portugueses, por vezes as condições das estradas, transito, peoes e essencialmente nao sermos os únicos na estrada. E preciso muita falta de consciência para andar sempre no limite de uma 600.

As motas que falas também tem mais cilindrada para compensar o peso a mais para uma 600. De qualquer maneira nao digo que nao sejam grandes motas mas a mim esses modelos sao motas que me apelam pouco, sao demasiado grandes, largas e pesadas. Tipo a goldwing, de certo que uma boa mota para viajar mas parece me que tem muito pouco da satisfação que eu iria tirar ao andar numa mota. Parece mais um sofá com rodas, ultrapassar com ela de certo é um desafio!lol
Responder
#15

Dependerá muito do que queres fazer com uma mota. Queres fazer meia dúzia de quilómetros de mota sozinho, uma 600 chega e sobra. Agora se queres viajar de mota, se queres levar pendura malas e topcase, ai já sentirás que uma mota com um motor maior te dará maior resposta, não terás que andar constantemente a trabalhar com a caixa para fazer uma ultrapassagem ou a andar em uma estrada cheia de curvas, etc etc Como tudo na vida depende de para o que queres uma mota. Uns é só para mostrar aos outros, mas outros é porque te dá outro conforto e descanso que uma 600 não consegue dar.

A minha máquina (e ex):
KTM 1290 SuperAdventure S
KTM 1290 Super Duke GT
Kawasaki Versys 1000
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]
Responder
#16

Ainda não entendi bem a parte do mostrar aos outros...
Cada um faz escolhas de acordo com os seus gostos e preferências...ou de acordo com a carteira lol . Por vezes é uma questão de hábito ou de gosto.
Sabes bem que há quem faça mais de 700 kms seguidos numa desportiva e não tenha qualquer problema a nível físico.
Responder
#17

Isto tem uma reposta muito básica e óbvia.

Vai de 600 para 1000 quem quer mais e melhor, ponto.

Senão andávamos todos de Prius, porque o limite de velocidade é 120.

A minha próxima é sem dúvida uma 1000, e desportiva, because i can.
Responder
#18

(16-08-2016 às 02:13)Rod Escreveu:  Ainda não entendi bem a parte do mostrar aos outros...
Cada um faz escolhas de acordo com os seus gostos e preferências...ou de acordo com a carteira   lol  . Por vezes é uma questão de hábito ou de gosto.
Sabes bem que há quem faça mais de 700 kms seguidos numa desportiva e não tenha qualquer problema a nível físico.

Existem pessoas que gostam de ostentar carros, motas, casas, etc para mostrarem aos outros que podem, eu não sou assim por isso não te sei dizer o que os leva a fazer...

Até podes pois a tua estatura o permite, mas se levares pendura tenho muitas dúvidas que diga o mesmo independentemente da estatura, mas se for de maior estatura mais sofrerá.

Depois existe o gosto pessoal, e por vezes mesmo não sendo a mais confortável, quem corre por gosto não cansa.

Uma 1000 tem vantagens e desvantagens como tudo na vida, depois cada um pesa os prós e os contras para si e faz uma escolha. blink

A minha máquina (e ex):
KTM 1290 SuperAdventure S
KTM 1290 Super Duke GT
Kawasaki Versys 1000
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]
Responder
#19

(16-08-2016 às 02:19)Fz1000 Escreveu:  A minha próxima é sem dúvida uma 1000, e desportiva, because i can.

Não é muito difícil ter-se uma 1000 desportiva!!!! Por pouco mais de 1000 euros já se encontram por aí no mercado de usados umas quantas. lol devil

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#20

Há tantas variações de 1000's e 600's que está resposta é muito difícil. Até porque há 500 e até 450 que até aos 150km/h tem mais arranque que algumas 1000.
Sinceramente não me vejo com uma mota com muito mais de 100cv, nem planeio vender a minha 07 porque os 75cv já me chegam muito bem, e tenho uma mota bastante ágil e com grande capacidade de fazer quase tudo. E estar a gastar mais 2000 ou mais € para ter mais 30cv prefiro ficar quieto e fazer umas viagens.
Ei de ter a minha KTM 525 e o resto não me interessa

Enviado do meu Aquaris M5 através de Tapatalk

V
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)