[Prototype] Honda Bulldog
#21

(23-03-2015 às 16:04)carlos-kb Escreveu:  
(23-03-2015 às 15:52)michelfpinto Escreveu:  A própria VFR800F já se encontra um bocado deslocada no tempo... Além de ser muito cara para a mota que é...

Eu por acaso sempre gostei! E a geração "V-tec", achei que era aquela que se afastava mais do conceito que sempre foi a saga VFR.
Com esta nova 800F lançada em finais de 2013 (apesar de manter o sistema v-tec), gosto precisamente desta "inversão" estilística, indo buscar novamente a linha e concepção que já vem desde as 750 dos anos 90!

Gosto muito da VFR.... e na 800 apenas meto reticências em relação à transmissão. Coisa que na 1200 já não acontece. No entanto embora também goste muito da 1200, há ali já uns certos pormenores que me fazem torcer o nariz.

Aliás, a 1200 seria sempre a moto de eleição, numa eventual troca da minha ST. Mas depois do recente surgimento da R1200RS (a qual aguardo TD, mas o raio da BMW motorrad nunca mais procede à respectiva apresentação "oficial"), facilmente me passaram as ideias da VFR1200F.... a não ser que depois desse contacto que agurado, mais directo, com a R12RS, a desilusão seja grande.  smile

Por acaso já li que a VFR1200F foi uma grande desilusão para quem a experimentou. Nunca andei com nenhuma, mas foi essa a opinião que mais li sobre ela. Quanto à 800 pelo que li acho que não tem evoluído muito em termos de ciclistica e afins e o VTEC parece que existe uma relação amor/ódio. Nunca conduzi por isso só depois de o fazer poderia ter uma opinião formada. "Vendo pelo preço que comprei." bigsmile

As Hondas também nunca me disseram muito. Japonesas as que mais gosto é da Yamaha e Kawasaki, mas a Honda não precisava de dar tantos tiros no pé. lol
Responder
#22

(23-03-2015 às 17:15)michelfpinto Escreveu:  Por acaso já li que a VFR1200F foi uma grande desilusão para quem a experimentou. Nunca andei com nenhuma, mas foi essa a opinião que mais li sobre ela.

Cheguei a ser chamado pela Motorway para ir fazer TD à dita. Mas quando a mesma esteve disponível (cedida pela HMP), não pude eu lá ir. Fiquei de voltar a reagendar. Nunca mais me contactaram, mas eu também não fiz grande pressão para isso, depois.

(23-03-2015 às 17:15)michelfpinto Escreveu:  Quanto à 800 pelo que li acho que não tem evoluído muito em termos de ciclistica e afins e o VTEC parece que existe uma relação amor/ódio.

Mas a questão é que já era uma moto evoluidíssima técnica e ciclisticamente, há cerca de duas décadas atrás. Ainda hoje está bem à frente da maioria das coisas que encontramos nas concorrentes actuais do mercado.
Continuo a dizer.... não fosse aquela transmissão, e a moto estaria muito perto, para mim da "perfeição", tendo em conta o campeonato aonde ela "joga".

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#23

(21-03-2015 às 18:50)carlos-kb Escreveu:  Bulldog recordo bem a da rival de Iwata... mas a Yamaha não deve de certeza guardar boas memórias da Bulldog, que foi um flop da marca... mas neste caso a uma interessante moto, em termos de conceito e estética, apenas a "estragaram" pela unidade motriz escolhida para ela... uma moto ao gosto europeu, com o limitado motor de uma cruiser, neste caso, da Virago 1100. Claro que a coisa não resultou!

A ideia deles era fazer algo na linha das Buell...
Mas não funcionou.
Porém, abriu a porta para a MT-01 que... também não funcionou!

(22-03-2015 às 12:59)Mr.Ricky Escreveu:  Em relação à bulldog porreira da Yamaha, o flop foi cá em Portugal, pois a maioria dos portugueses só lhes interessa os números da cavalagem, outros países teve algum sucesso.

Foi um mega flop! Nem o mercado americano ao qual estava orientada lhe pegou dignamente...
O único país onde teve algum sucesso foi em França.
Mas por lá todas as Yamahas têm sucesso.

Isto dos mercados tem muito que se lhe diga...
Se os construtores durante quase duas décadas andaram a espremer mais meio cavalo para o modelo do ano seguinte... não era por causa do mercado português!
O nosso mercado sempre foi pequenino, irrelevante e dominado por poucas marcas.
Responder
#24

Citar:O nosso mercado sempre foi pequenino, irrelevante e dominado por poucas marcas.
Não diria tanto...o nosso mercado é pequeno em comparação com outros países de maior dimensão. Mas na verdade, o mercado português é grande o suficiente para se apostar e investir. Podíamos ter mais motociclistas, é verdade, a Holanda e Dinamarca juntas têm a dimensão semelhante a Portugal e acabam por ter mais motociclistas. Mas agora ser irrelevante acho exagerado, senão não tínhamos as marcas em Portugal. Esqueces que Portugal tem a presença de quase todas as marcas (até as exclusivas) de Europa e Japão. Temos também dos EUA e da China e Coreia do Sul. E vêm as da Índia.

Portanto, o potencial do mercado português é bastante relevante, somos 10 milhões com um país de clima do melhor que há. Temos é que mudar a mentalidade (o que já aconteceu), mas isto vai agora demorar o seu tempo.
Responder
#25

(23-03-2015 às 21:05)Lusitanian Escreveu:  Podíamos ter mais motociclistas, é verdade, a Holanda e Dinamarca juntas têm a dimensão semelhante a Portugal e acabam por ter mais motociclistas.

Poupaste-me umas quantas palavras...  smile

(23-03-2015 às 21:05)Lusitanian Escreveu:  Mas agora ser irrelevante acho exagerado, senão não tínhamos as marcas em Portugal. Esqueces que Portugal tem a presença de quase todas as marcas (até as exclusivas) de Europa e Japão. Temos também dos EUA e da China e Coreia do Sul. E vêm as da Índia.

Afirmei que o que o mercado é pequenino e irrelevante...
Não disse que ele não existe!

São coisas diferentes.
Ele existe... mas achar que o nosso mercado é representativo para os construtores... parece-me ingenuidade!

É certo que temos no presente uma oferta simpática, mas ainda assim no que diz respeito a mercado até estamos mais pobres que num passado recente.
Basta ver que os importadores nacionais têm desaparecido em detrimento de distribuidores ibéricos.
Ou seja, neste contexto de mercado temos perdido autonomia e cada vez mais somos um anexo de Espanha... esses sim um mercado forte. E são fortes não só pela dimensão como pela moto estar culturalmente mais enraizada.

O que escrevi foi em resposta ao Mr.Ricky acerca da ideia de que ao tuga "só lhe interessa os números da cavalagem"...
Muita gente afirma isto, mas não acho que seja um fenómeno tuga...
Na era dourada das superdesportivas até se venderam muitas CBR600... mas enquanto no UK tinhas as principais japonesas a lutar pele liderança no top de vendas... em Portugal a moto mais vendida era a Hornet!

E até podemos assistir a fenómenos como o recente sucesso da GS... mas isso são trends globais.

O mais parecido que tivemos com um modelo se tornar marcante para um construtor foi prai o sucesso da LC nos anos 90!   bigsmile
Responder
#26

Boas;
Mas o que é que se anda a passar com a indústria das motos?? Será que nos querem pôr a andar em abortos destes??
A Honda anda mesmo perdida...
Responder
#27

Mas que "coisa" mais feia. Caramba... o melhor angulo para a ver é por trás, de cima, com ela a cair do cabo da roca abaixo.

Há fazer motas utilitárias, práticas, mas também não exageremos... senão o que vem a seguir? Uma mala samsonite com 2 rodas?

[Imagem: 352089.png]
Responder
#28

Está no grupo Motoanuncios do FB uma Bulldog 1100 (sim, felizmente a bela Yamaha) para venda... 2800 euros!

Se interessar a alguém... blink

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#29

(24-03-2015 às 10:51)Johnny_1056 Escreveu:  Mas o que é que se anda a passar com a indústria das motos?? Será que nos querem pôr a andar em abortos destes??

Provavelmente os mercados onde a Honda está a facturar será os que compram estes abortos...
Leia-se mercado oriental e algumas economias emergentes.

(26-03-2015 às 17:07)carlos-kb Escreveu:  Está no grupo Motoanuncios do FB uma Bulldog 1100 (sim, felizmente a bela Yamaha) para venda... 2800 euros!

Altura de alguém se chegar à frente e provar que não compra motos pelo número de cavalos...
Ou como dizia o proprietário de uma nos tempos do Motonline... "é um modelo que pela sua raridade é exclusiva"!
bigsmile
Responder
#30

O Pedrão, do Porto, tinha uma.... antes de a trocar por uma GS. Cheguei a vê-la pelos menos em um ou dois encontros Norte/Sul do MO.

Até era conhecida pela Bulldog em lingerie.... dado ter uma capa de depósito que mais se assemelhava a um espartilho feminino!  lol

Por acaso aqui nesta foto, ainda (ou já lol ) tinha a Bulldog "despida".

[Imagem: DSC00053.JPG]

Ainda devo ter lá nas catacumbas do meu Hard disk algumas fotos da Bull dele.... em lingerie! blink

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)