Processo de compra e venda de motas usadas
#11

Epá... tudo é relativo, eu comprei a Diversion sem a experimentar, mas trabalhou e o mecânico ouviu-a a trabalhar tendo feito logo o diagnóstico. O vendedor ainda perguntou se queria dar uma volta para experimentar em andamento, mas o mecânico também disse logo que não valia a pena, que pelo que ouvia já não precisava de andar.

Quando a pus à venda, uma das pessoas que a veio ver, pediu para dar uma volta, fez isso no parque de estacionamento onde a fui mostrar. Mas ainda assim precavi-me, tendo uma pessoa que foi comigo dentro do carro, junto à saída(que coincide com a entrada) desse parque, pronto a avançar com o carro caso ele se encaminhasse para a saída. Não foi necessário esse passo. Mas não duvido que haja pessoal mal intencionado por aí. E como é natural, há que desconfiar. E não é por ter bom ou mau aspecto, ou estar bem ou mal vestido.

O Sócrates também veste caro e é bom falador e é o que se vê... lol
Responder
#12

Falando por mim, que sempre comprei motas usadas, fiz questão de as experimentar a todas.

Lembro-me que há uns anos fui ver uma CBR1000F que o dono não me deixou experimentar, e desisti do negócio por isso mesmo. Não vejo como compraria uma mota que não pudesse experimentar primeiro.

Da mesma forma que um vendedor se pode recusar a deixar experimentar a mota, um comprador pode optar por não a comprar se não o fizer. É uma daquelas situações em que o justo paga pelo pecador.
Responder
#13

Antigamente se quisesses comprar uma mota, fosse nova ou usada...ninguém ta deixava experimentar...se quusesses cimpravas sem experimentar....mas i negócio fraquejou...e há que fazer de tudo para facilitar o negócio...

Eu não preciso de andar numa moto para perceber o real estado em que sd encontra.

E não é numa volta ds 10 minutos que se percebe se a mota é a indicada para nós.

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#14

Se eu tiver interessado numa mota e nao me deixarem experimentar, tb é certo que que o negocio nao se realize. Por exemplo, como sei que a caixa está boa e as mudanças entram todas? Ha motas ai que por exemplo tem carretos danificados e certas mudanças nao entram.
Vou meter as mudanças todas apertando a embraiagem com ela parada, serve de alguma coisa? 

É complicado. Alias quando o vendedor se recusa a deixar experimentar a mota, se calhar o primeiro pensamento da outra parte e pensar que o vendedor tem algo a esconder.
Responder
#15

Bem, retirei todas estas mensagens do outro tópico e criei um tópico com elas, visto que o tema até está a ter participação V
Responder
#16

Tenho o caso recente da Blu foi vendida a um particular. Mas tirando um anterior interessado, que esse sim, a experimentou (*), quem a comprou apenas a viu e ouviu a trabalhar .

Combinei com ele, num parque de estacionamento que dá acesso a umas garagens, junto a uma das casas dos meus pais, e também com apenas uma saída, fácil de interceptar, e quando me fui encontrar com ele, levei o meu irmão.

Ele chegou depois, de carro, com a mulher... ambos com muito bom aspecto (sem ar chunga). Falámos, mostrei a moto, todos os seus pormenores, meti-a a trabalhar, disse-lhe o que ela iria precisar na revisão que até já estava agendada, etc.... Estivemos bem mais de meia hora à conversa.

Curiosamente disse-me que tinha já visto outras F800ST, todas com bem menos quilómetros, mas (dito por ele) igualmente pior tratadas e em pior estado que a minha.... e (segundo ele) até tinha já experimentado alguma(s) delas.

Nunca me pediu para experimentar a minha, mas confesso que a fazê-lo, até seria capaz de o permitir, pela forma como a coisa correu, pelo local e até a mulher estar ali ao lado, com o carro (que ok.... até podia ser mulher "alugada" e carro roubado lol).

O facto é que nos despedimos, e após uns sucessivos contactos de troca de informação e negociação, acabámos a fechar negócio.

___________________________________

(*) Esse primeiro interessado quando a experimentou, deixou-me à "confiança" uma CBF500.... pelo que ele a fugir com a BMW, eu na mota dele dificilmente o apanharia. lol

Mas a acontecer, e dada a comprovada fiabilidade da CBF500, é certo que mais tarde ou mais cedo o ia apanhar parado na berma, apeado. lol bigsmile angel

(ok.... esta foi só uma pequena provocação para o ClaXav vir dizer novamente que eu "virei o bico ao prego" e que agora só falo mal da BMW tong devil )
Responder
#17

(19-10-2017 às 09:57)OFFICER Escreveu:  Bem, retirei todas estas mensagens do outro tópico e criei um tópico com elas, visto que o tema até está a ter participação  V

thumbsup

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#18

Cada caso é um caso, e as pessoas podem ter mais ou menos confiança em quem está do outro lado. A verdade é que quem vende tem muito mais a perder. A maioria das coisas que podem falhar podem testar-se sem andar na mota. E o risco de a pessoa cair e ficares com o estrago é real. Pois a pessoa só pagará se quiser...
Responder
#19

(19-10-2017 às 10:35)michelfpinto Escreveu:  Cada caso é um caso, e as pessoas podem ter mais ou menos confiança em quem está do outro lado. A verdade é que quem vende tem muito mais a perder. A maioria das coisas que podem falhar podem testar-se sem andar na mota. E o risco de a pessoa cair e ficares com o estrago é real. Pois a pessoa só pagará se quiser...

Concordo.... mas também no momento (ainda que isso valha o que vale), uma pessoa consegue tirar algum feeling sobre quem está do outro lado, a experiência que tem, a vontade que tem de comprar e as reais intenções.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#20

(19-10-2017 às 09:57)OFFICER Escreveu:  Bem, retirei todas estas mensagens do outro tópico e criei um tópico com elas, visto que o tema até está a ter participação V

Estragaste tudo... acabaste com o off-topic. Assim já não dá pica! lol lol lol
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)