Problemas
#1

Tinha que ser. bigsmile

Onde andam os problemas das BMW´s?
Estará tudo resolvido??
Responder
#2

As oficinas da marca não podem ficar sem serviço lol
Responder
#3

pois e pelo que sei, não é pouco.
Responder
#4

Se fosse só nas motos... o meu E46 levou os 8 airbags trocados recentemente.... pagos pela BMW... claro... cool

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#5

(30-11-2014 às 22:55)algarvio Escreveu:  Estará tudo resolvido??

O quê em concreto?

Ter de esperar mês e meio por uma banal ficha comum a maioria dos modelos da marca foi... insólito.
Responder
#6

(30-11-2014 às 22:55)algarvio Escreveu:  Tinha que ser. bigsmile

Onde andam os problemas das BMW´s?
Estará tudo resolvido??

Eles vão resolvendo.... com os sucessivos Recalls! lol

Agora a sério, desde o último flop do ESA das RT, que foi resolvido (lá está), com um recall lol , não tenho ouvido mais queixas, pelo menos nos grupos e foruns BMW que frequento.

Olha, a minha tive de lhe mudar o rectificador de corrente há 2 dias. Numa semana fundiu-me 4 lâmpadas. O que é estranho acontecer numa alemã. Normalmente isso é avaria típica de japonesa. Mas como eles (BMW) estão a ajaponesar cada vez mais as motos, talvez estejam também a herdar o carácter das nipónicas. smile

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#7

(01-12-2014 às 13:09)carlos-kb Escreveu:  O que é estranho acontecer numa alemã. Normalmente isso é avaria típica de japonesa.

Não era nas britânicas?

[Imagem: full-322-466-snap_2012.12.08_23h03m25s_002.png]
Responder
#8

Rectificador de corrente (normalmente) costuma ser problema de japonesa. Não são poucos os que eu vi mudar (no extinto concessionário Honda aonde trabalhei, era "mato")... eu prórpio o tive de mudar em duas Honda "of my own" (CB500 / CBR600F).... já cheguei inclusivé a ir em passeio com pessoal, e uma das japonesas presentes (Hornet 600) recusar-se a prosseguir, e quando se vai a ver o que era.... rectificador de corrente!
Aliás, a B400 do Saphyr, na voltinha do "pedido de casamento", cheirava a "queijo" precisamente da bateria seca...e imagine-se o que "secou" a bateria... o rectificador de corrente.

Na BMW, segundo me disseram, é raro acontecer (pôrra, também não podem ser más em tudo, mesmo shy). Tanto que andei 3 semanas com um rectificador de empréstimo para verificar se o facto de ela "comer" lâmpadas à velocidade da luz (peculiar analogia lol ) seria do dito. Isto após verificar-se através de medições que não seria de outra coisa qualquer, inclusivamente alternador.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#9

(01-12-2014 às 15:53)carlos-kb Escreveu:  Rectificador de corrente (normalmente) costuma ser problema de japonesa. Não são poucos os que eu vi mudar (no extinto concessionário Honda aonde trabalhei, era "mato")... eu prórpio o tive de mudar em duas Honda "of my own" (CB500 / CBR600F).... já cheguei inclusivé a ir em passeio com pessoal, e uma das japonesas presentes (Hornet 600) recusar-se a prosseguir, e quando se vai a ver o que era.... rectificador de corrente!
Aliás, a B400 do Saphyr, na voltinha do "pedido de casamento", cheirava a "queijo" precisamente da bateria seca...e  imagine-se o que "secou" a bateria... o rectificador de corrente.

Na BMW, segundo me disseram, é raro acontecer (pôrra, também não podem ser más em tudo, mesmo shy). Tanto que andei 3 semanas com um rectificador de empréstimo para verificar se o facto de ela "comer" lâmpadas à velocidade da luz (peculiar analogia lol ) seria do dito. Isto após verificar-se através de medições que não seria de outra coisa qualquer, inclusivamente alternador.

Algumas Japonesas...  lol E pelo que se pode ver maioritariamente da marca das asas! devillol
Responder
#10

Boas.(tardiamente)
Tocando no assunto, uma honda levar de vez em quando um rectificador de corrente, não me parece nada de grave(por exemplo a XX leva os tensores por volta dos 30M) mas passo que uma GS levar uma embraiagem aos 20M, já é outra conversa e as novas...conheço que o tenha feito.
Por outro lado as GS parecem cogumelos a nascer no inverno, pela quantidade de GS´s que por ai andam.......crise, qual crise.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)