Primeira moto (ajuda)
#11

o que escolheria eu?
dax125

Load ""
Responder
#12

(25-01-2016 às 23:41)vindaloo Escreveu:  Com mediador consegue-se sempre fazer o seguro. Em geral, online é que não dá.

O meu conselho para ti é... compra a mota que gostares. No fundo, no fundo... isso é o que é importante!

Não te preocupes com 'excesso' de potência, não te preocupes com a altura, não te preocupes com estereotipos... e se puderes não te preocupes com preço! lol

Discordo plenamente , a primeira mota é obviamente uma escolha importante . Não é por nada que a taxa de mortalidade de motociclistas na idade dos 18-30 é absurda... Ainda falei com um colega meu  esta semana que queria como primeira mota uma r1 . nunca conduziu uma mota na vida dele quer tirar a carta e comprar uma r1 ... buy a brain -.-'
E comprar uma mota desportiva caso seja para utilizar 99% das vezes no centro da cidade tambem nao tem logica... ( isto na minha opinião ... )
Responder
#13

A taxa de mortalidade é maior dos 18 aos 30 mas isso nada tem a ver com a mota que compras! Tens mais a ver com a cabeça que anda em cima dos ombros. Geralmente é a idade da maluqueira, da despreocupação. E o pessoal abusa. Depois aparecem os filhos e as responsabilidades e o pessoal começa a acalmar e a pensar mais no q que tem em casa.
Responder
#14

Eu tive uma R1 como mota de dia a dia e veículo de transporte casa/trabalho/casa, neste momento tenho a 848, não vejo porque não pode ser assim utilizada, quem tem motas tipo barco (fjr e afins) também o faz, senão andariamos todos de pcx ou similares.
Em relação à idade, também não vejo as coisas por esse prisma, em todas as idades há gente com e sem consciência.
Deixem-se de esteriotipar, quando comprei a R1 já tinha dois filhos, um com 11 e outro com 6 e o que mais me deixava fo...lixado era dizerem que eu era irresponsável e maluco por ter a mota que tinha.

Sabem que foi essa mesma R1 que iniciou o meu filho mais velho no mundo das motas?

Sabem que as motas tanto andam depressa como devagar?

Sabem que foi, até então, a mota que tinha tido, onde sentia mais segurança?

Sabem que o único acidente que tive foi com uma mota considerada, mais calma, menos exigente, menos potente?

O que tiver de ser será.

Boas curvas e juizinho
Responder
#15

(26-01-2016 às 10:07)Rod Escreveu:  Eu tive uma R1 como mota de dia a dia e veículo de transporte casa/trabalho/casa, neste momento tenho a 848, não vejo porque não pode ser assim utilizada, quem tem motas tipo barco (fjr e afins) também o faz, senão andariamos todos de pcx ou similares.
Em relação à idade, também não vejo as coisas por esse prisma, em todas as idades há gente com e sem consciência.
Deixem-se de esteriotipar, quando comprei a R1 já tinha dois filhos, um com 11 e outro com 6 e o que mais me deixava fo...lixado era dizerem que eu era irresponsável e maluco por ter a mota que tinha.

Sabem que foi essa mesma R1 que iniciou o meu filho mais velho no mundo das motas?

Sabem que as motas tanto andam depressa como devagar?

Sabem que foi, até então, a mota que tinha tido, onde sentia mais segurança?

Sabem que o único acidente que tive foi com uma mota considerada, mais calma, menos exigente, menos potente?

O que tiver de ser será.

Boas curvas e juizinho

Concordo plenamente.

Sou pai á quase 4 anos, e em momento nenhum admiti qualquer consideração acerca de andar de mota, ou da mota que conduzo. A mota que conduzir anda o que eu quiser que ela ande, e eu é que tenho que ser responsável pelos meus comportamentos.

...
Responder
#16

Eu também acho que deveriam acabar com os poços. Ou pelo menos, pessoas com tendências suicidas, não deveriam de poder tê-los no quintal ou até poderem-se aproximar deles. Idem em relação a veneno para ratos ou até a cordas.

Está provado que a taxa de mortalidade é maior nas pessoas com tendências suicidas, quando se aproximam de poços, têm veneno para ratos logo ali à mão, ou lhe são vendidas cordas, nas drogarias da esquina.

Ah.... e prédios altos também não.... e ainda pontes!

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#17

O juízo é que manda...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#18

R1 como utilitária... cool cool

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#19

O problema da R1 como utilitária é as costas e não o motor lololol

...
Responder
#20

(26-01-2016 às 15:22)jpsimoes Escreveu:  O problema da R1 como utilitária é as costas e não o motor lololol

Por acaso nunca me queixei, mesmo em viagens grandes.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)