[Primeira mota] Qual escolher?
#1

DONO 

- Tipo de CARTA DE CONDUÇÃO: B
- Altura: 170cm
- Peso: 70kg
- Idade: 28
- Pendura (S/N): N
- Será 1ª moto (S/N): S

MOTO 

- Estilo preferido: Pista (ex.: Yamaha YZF-R125) e Naked (ex.: Yamaha MT-125/ABS).
- Custo (em euro): até 5500€.
- Nova/Usada: Nova.

PERCURSO 

- Regularidade (diario, semanal, mensal): Diário (sempre que possível).
- Tipo de estrada: Asfalto.
- Numero aproximado de KM: Incerto (50-100).

RESUMO: 

Será a minha primeira mota, sendo que as únicas experiências de condução foram há sensivelmente 10 anos, com uma DT. A motivação da compra prende-se com o congestionamento do trânsito. Como principais características (para além do estilo e elegância que acaba por ser sempre subjetivo), procuro uma mota fiável, potente (dentro da gama 125cc, obviamente) e económica.

O facto de ser totalmente desconhecedor do mercado, não me permite emitir quaisquer juízos sobre o que preciso, pelo que peço a vossa colaboração smile

Do que já vi, esteticamente, passo a citar alguns modelos que me agradam:

. Aprilia RS4 125cc / Yamaha YZF-R125 / Yamaha MT-125/ABS / KTM RC 125 / KTM 125 Duke.

Agradeço toda a atenção!

Cumprimentos.
Responder
#2

É pá a KTM é bué gira.

Mas porque é que não tiras a carta?
Podías comprar algo que abrisse os teus horizontes pá!

Sei lá, uma CB500 ou uma Hornet.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#3

Honestamente, com 5.500,00 euros para gastar e com 50 a 100 kms diários para fazer, tira a carta A e compra uma mota mais adequada às tuas necessidades.

Se não o fizeres agora, muito provavelmente estarás a fazê-lo dentro de pouco tempo (vais-te cansar da 125... eu aguentei 1 ano).

Sendo esta a minha opinião pessoal, tens ainda assim aqui pelo fórum outros membros que te podem aconselhar sobre o segmento que procuras (o Cloud por exemplo tem uma YZF 125 e está bastante satisfeito com ela).

Boa sorte! thumbsup
Responder
#4

(11-04-2017 às 21:32)LoneRider Escreveu:  É pá a KTM é bué gira.

Mas porque é que não tiras a carta?
Podías comprar algo que abrisse os teus horizontes pá!

Sei lá, uma CB500 ou uma Hornet.

(11-04-2017 às 21:37)marco.clara Escreveu:  Honestamente, com 5.500,00 euros para gastar e com 50 a 100 kms diários para fazer, tira a carta A e compra uma mota mais adequada às tuas necessidades.

Se não o fizeres agora, muito provavelmente estarás a fazê-lo dentro de pouco tempo (vais-te cansar da 125... eu aguentei 1 ano).

Sendo esta a minha opinião pessoal, tens ainda assim aqui pelo fórum outros membros que te podem aconselhar sobre o segmento que procuras (o Cloud por exemplo tem uma YZF 125 e está bastante satisfeito com ela).

Boa sorte!  thumbsup
Obrigado, desde já, pelas respostas smile

De facto, já pensei em tirar a carta, justamente pelo receio de me "fartar" depressa das 125cc. No entanto, gostaria também de ganhar alguma experiência de condução, o que me direcionou para esta cilindrada.

Coloquei o budget de 5500€ pelo facto de ter averiguado os preços dos modelos que referi. Ainda assim, é bem provável que compre primeiramente uma usada smile
Responder
#5

(11-04-2017 às 21:47)Pedro Pinto Escreveu:  De facto, já pensei em tirar a carta, justamente pelo receio de me "fartar" depressa das 125cc. No entanto, gostaria também de ganhar alguma experiência de condução, o que me direcionou para esta cilindrada.

Coloquei o budget de 5500€ pelo facto de ter averiguado os preços dos modelos que referi. Ainda assim, é bem provável que compre primeiramente uma usada smile

É sensato da tua parte começar por uma 125cc. Este é um dos temas amplamente discutidos aqui no estaminé e que claramente não reúne consenso (isto é, se alguém que começa se deve "atirar" logo para uma burra de maior cilindrada ou se deve fazer o "caminho das pedras"). É algo que vai muito do juízo de cada um e aqui encontrarás as mais variadas opiniões.

Se optares pela 125cc, na minha opinião pessoal, não gastaria esse tipo de valor. Uma usada parece-me bem, porque tal como referi, acredito que em menos de 1 ano (se tanto) te vais fartar - e o investimento poderá ter sido um bocado em vão.
Responder
#6

(11-04-2017 às 21:57)marco.clara Escreveu:  
(11-04-2017 às 21:47)Pedro Pinto Escreveu:  De facto, já pensei em tirar a carta, justamente pelo receio de me "fartar" depressa das 125cc. No entanto, gostaria também de ganhar alguma experiência de condução, o que me direcionou para esta cilindrada.

Coloquei o budget de 5500€ pelo facto de ter averiguado os preços dos modelos que referi. Ainda assim, é bem provável que compre primeiramente uma usada smile

É sensato da tua parte começar por uma 125cc. Este é um dos temas amplamente discutidos aqui no estaminé e que claramente não reúne consenso (isto é, se alguém que começa se deve "atirar" logo para uma burra de maior cilindrada ou se deve fazer o "caminho das pedras"). É algo que vai muito do juízo de cada um e aqui encontrarás as mais variadas opiniões.

Se optares pela 125cc, na minha opinião pessoal, não gastaria esse tipo de valor. Uma usada parece-me bem, porque tal como referi, acredito que em menos de 1 ano (se tanto) te vais fartar - e o investimento poderá ter sido um bocado em vão.
Vejo-me "obrigado" a concordar com tudo o que disseste, quer no "caminho a percorrer", quer na hipótese de comprar usada (ainda que seja algo que me faça alguma confusão, pelo facto de não conhecer a "origem" - já nos carros é igual).

Confesso que a YZF me ficou nos olhos bigsmile
Responder
#7

Eu tirei a carta e comprei uma XJ6.

Não me arrependo, é um motociclo perdulário o suficiente se tiveres cabecinha.

Aprender, aprendes com qualquer uma.

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder
#8

(11-04-2017 às 22:05)Pedro Pinto Escreveu:  Confesso que a YZF me ficou nos olhos bigsmile

E olha (pun intended... most definitely!... tong) que é mesmo o único sitio onde essas motorizadas ficam...  devil

Porque logo que lhe apertas o starter e daquele "embrulho" mais ou menos engraçado sai o ruído típico duma maquina de costura das mansas normalmente são logo despachadas para ... errr... fora dos olhos?...  shy  devil  lol


blink

[Imagem: wrong-bike.jpg]
Responder
#9

A minha sugestão como já falaram é de comprares uma 125 usada. Compra em um stand que terás garantia para te sentires mais seguro, vais aprendendo, tiras a carta, e depois na hora de vender praticamente não perdes dinheiro, e tiveste uma mota para aprender.

Nova quer pela sua desvalorização de uma mota que provavelmente não vais manter muito tempo, quer pelos erros comuns de principiante não aconselho.
Responder
#10

Eu cá começaria sempre por tirar a carta e saltava a prévia experiência com uma 125 c.c. . Depois , logo decidiria dentro do mercado de usados o melhor negócio e se optasse por começar a 'voar baixinho' iria procurar uma mota 'mansa' ...mas já acima de 125 c.c.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)