[Primeira mota] Pedido de ajuda
#11

Se estás a tirar a carta, e se andar de moto é um sonho, não acho lógico considerar nada abaixo dos 500. Porquê? Porque tudo o que for abaixo vai ficar aquém das expectativas. 125 cara é para quem tem a certeza que não quer tirar a carta nem subir de cilindrada. Ainda assim, as 125 caras (mt125, r125, duke, etc) são o suprasumo das 125. Isto é, não vês nada nelas que o pires disse (não passar dos 80 nas subidas, não travar bem, materiais fracos, etc.). São boas 125, eu tenho uma, posso atestar o que digo. E o preço não cai assim tanto, uma usada com 1 ano não chega a descer 1.000€. Agora claro, em termos de rendimento são muito limitadas. Se queres começar devagar e pelas 125, compras uma usada, baratucha, para daqui a 6 meses venderes +/- pelo mesmo preço.

Mas repito, se estás a tirar a carta não acho que faça sentido começares por aí. Hoje em dia qualquer um consegue perfeitamente conduzir uma 500-800cc sem se matar.

Se calhar pedia-te para completares o perfil. Isto é, queres a moto apenas por sonho, ou para trajectos específicos? Se é por sonho vão-te sempre indicar a moto que gostares mais e que te traga as melhores sensações, se forem trajectos específicos vai depender se vais usar AE, velocidades, distâncias, etc..
Responder
#12

cloud,
uma 600facilmente chega aos 200km/h
um recem encartado, nao sabe curvar, travar, distancias de manobras
isto feito em tempo real sem haver crash
recem encartadao apanhado acima dos 170km/h, uma muito grave, carta não salta logo fora?

Load ""
Responder
#13

Mr. Kok, realmente já ponderei em comprar em segunda mão. Mas a falta de experiência e conhecimento irá fazer de mim, uma vitima fácil, no acto da compra. Tenho lido muita informação sobre que aspectos procurar numa moto usada. Por exemplo, achei este vídeo com vários item's que me parece brutal. Já agora deixo aqui o link para os interessados.

https://www.youtube.com/watch?v=DlUzoUpWWdE

Comprar em segunda mão dependerá das oportunidades que surgirão, que aqui nos Açores, não serão muitas. Penso optar por stands, com garantia de 1 ano. Sairá mais caro, mas em termos de segurança deverá compensar, penso eu.  


Cloud, a ideia é ir aprendendo com o tempo o comportamento de uma moto em estrada, adquirindo experiência e notar também como o transito reage na minha presença (agora que andarei mais de moto e não tanto de carro).   No entanto, não queria estar a investir muito dinheiro, para depois perceber que a moto é limitada e aí terei que fazer mais um esforço para trocar de mota, como afirma o VMassa.

Quanto a intenção de uso, será mais pela diversão, se bem que poupança de combustível e facilidade de estacionamento são dois aspectos também a considerar.

Nos Açores não temos auto-estradas, só regionais e vias rápidas. O limite máximo permitido que encontramos aqui são 100 Km/h, se bem que de carro, atinjo os 120, 130 no máximo. Relativamente ao passageiro, será a minha namorada. Li que as motas que sugeri são más para um segundo passageiro, expecto a Inozuma. No entanto, os passeios nunca serão muito longos, pois a maioria das viagens irão ser feitas em 10/15 minutos (Casa p/ Trabalho).


Officer, o valor depende da mota em si. Considero investir 3000€ de entrada até um máximo de 5000 com financiamento. Mas isto é esticar ao máximo. 

Espero ter respondido a tudo.

Obrigadão a todos pelo vosso contributo e ajuda.
Responder
#14

Eu tbm sou recém-encartado e muito novo no mundo das motas, e quando comprei a minha usada, levei um amigo que percebia um bocado da coisa. Aparentemente, correu-me bem.

No entanto, acabamos sempre um bocado dependentes da componente sorte.
Conheço casos de tipos experientes que se deram mal na compra de usados, e vice-versa. É o chamado pau de dois bicos ou a faca de dois "legumes". E nunca te esqueças das Leis de Murphy blink

[Imagem: zD43YvL.jpg]
Responder
#15

Como recém encartado desaconselho a compra de motas de cilindrada inferior a 500cc.

A razão é simples, preço.

As melhores 300cc estão superoverpriced.

E são motas que com o passar de uns mesinhos, sabem a pouco.

Recomendo pelo menos uma 500cc mas conhece-a bem antes de tentares algo "impróprio" e correrá tudo bem thumbsup

Usada ou nova, é uma questão de gosto. Eu como não queria ser enganado nem pus a hipótese de uma usada em cima da mesa, mas há negócios e negócios, e pessoas com experiência que podem ver a mota contigo ( se as conheceres ).

E bem vindo a este mundo, quem anda de carro não sabe o que está a perder cool
Responder
#16

HFM, de que ilha és?

Honda CX 400 '83 Eurosport
Responder
#17

Pela pronúncia, eu diria que é de S. Miguel...

[Imagem: zD43YvL.jpg]
Responder
#18

(23-11-2015 às 18:31)Mr_Kok Escreveu:  Pela pronúncia, eu diria que é de S. Miguel...

sã meguél *
Responder
#19

O HFM refere vias rápidas e vias regionais. Só São Miguel tem este tipo de vias (ou quanto muito, também a Terceira).

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#20

(23-11-2015 às 18:38)carlos-kb Escreveu:  O HFM refere vias rápidas e vias regionais. Só São Miguel tem este tipo de vias (ou quanto muito, também a Terceira).

Pensei em São Miguel por causa disso, mas queria ter a certeza.

Honda CX 400 '83 Eurosport
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)