[Primeira mota] Mota para passeios
#21

(22-04-2020 às 16:08)RafaelAmorim Escreveu:  Também já tinha visto a 650GS, no entanto tenho medo da eletrónica toda que anda ali envolvida e que não consiga fazer as revisões simples (troca de óleo e filtros) em casa e que por isso fique um grande rombo na carteira com as revisões, também já ouvi dizer que a manutenção da BMW (mesmo as peças) é bastante elevada, daí ficar de pé atrás nesta marca... 

Não é de todo a electrónica que te impedirá de fazer revisões simples em casa. No caso específico das F800, é mesmo das coisas mais fáceis, pois o acesso ao bocal do cárter, bujão de despejo e filtro de óleo, está tudo muito acessível.
Mesmo o filtro de ar é das coisas mais fáceis, pois as F800 têm um falso depósito (o verdadeiro depósito de gasolina está sob o banco), sendo que tirando 4 pares de parafusos, da tampa exterior, acedes logo à caixa do filtro de ar, que está alojada no local aonde é esse falso deposito.
A única coisa que envolverá a electrónica, é o "reset" do avisador de manutenção. No manual da mesma está a descrição como fazer (mera e simples combinação de botões e chave na ignição).

Quanto à manutenção BMW, é dos maiores "mitos urbanos" e já por várias vezes o disse aqui. Na BMW o que por norma sai mais caro em relação a outras marcas, é o preço da M.O. em oficina oficial e em componentes OEM (que não consumíveis). Mas especificamente em relação a consumíveis (filtros, pastilhas, etc.), na generalidade até são mais baratos que a maioria das nipónicas. Os óleos são os mesmos que usarias para uma nipónica. Portanto, se for tarefa a que te proponhas a fazer em casa, não é por ser BMW que irás gastar mais (pelo contrário). As BMW fazem revisões mais "profundas" de 20k em 20k km, sendo que de 10k em 10k km, apenas mudam óleo e filtro. A maioria das japonesa, se não forem mais recentes, tinham por norma fazê-lo de 6k em 6k Km (agora já vêm com intervalos de 12k em 12k km).

(22-04-2020 às 16:08)RafaelAmorim Escreveu:  Estava também a pensar numa CB500X ou numa Transalp 700... Algum feedback?

São coisas diferentes. A CB500X (há alguns users aqui que a têm, incluindo o dito Shady de que falei acima e teve a NX4) é uma utilitária urbana de aspecto "calça-arregaçada". Tem um motor twin paralelo, recente, que privilegia a facilidade de utilização, os consumos e acima de tudo, a possibilidade de ser conduzida por encartados A2.
A Transalp é diferente... mais longe de privilegiar a economia que a 500X te dará, a 700 acaba a ser o fim de uma linhagem que começou em finais dos anos 80, com a 600, para uma maxi-trail de média cilindrada (uma espécie de Africa-Twin de iniciação). É um V2, de potência contida na casa das 6 dezenas de cv, compartilhado com a Deauville, que essencialmente se caracterizava por se desenrascar bem em baixas e médias, mas que é amorfo, quando queres rolar um pouco mais solto. Acaba a ser uma mota maior, mais confortável e com a qual podes até fazer algum off-road, derivado de umas suspensões mais aptas e dimensão dos seus rodados (19" fte / 17" trs). E equipada para tal, pode-se tornar numa apta viajante para ritmos contidos. Mas em concreto, a 700 acho que tem uma estética discutível com aquele farol redondo.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#22

Algumas opções que penso que poderás considerar. A GS e a transalp que te falaram sem duvida que são excelentes opções.

Opções monocilindricas:

Aprilia Pegaso

https://www.motorcyclespecs.co.za/model/...e%2003.htm



Bmw GS650

https://www.motonline.com.br/guia-de-motos/bmw/f-650-gs 


Yamanha XT 660

https://imgsp.es/22136_0.jpg


Suzuki Freewind

https://confrariadasmotos.files.wordpres...3r-011.jpg


Bmw e Aprilia usam penso eu o mesmo motor. Motos pelo que entendo fiáveis, algum confoprto para tiradas mais extensas, e penso que conseguiras encontrar algumas a muito bom preço. A Yamanha Xt ja é um modelo que tem muita historia, muito fiável também. Já a suzuki não é uma mota que seja muito comum, mas é uma mota sem muitas complicações e deveras encontrar a muito bom preço devido ao facto de penso não ter vendido muito. Na minha opinião qualquer uma destas será uma boa moto, é sempre uma questão de as experimentares e ver como te sentes nelas. 


Bicilindricas

Honda Transalp

https://images-na.ssl-images-amazon.com/...SX425_.jpg


Suzuki Vstrom

https://i.pinimg.com/originals/66/53/6e/...035f94.jpg


A transalp é um tanque, anda e anda e anda. Não sei se consegues encontrar uma 700 a bom preço, mas certamente que consegues encontrar as anteriores de 650 por um preço bom. Moto com provas dadas de fiabilidade.

A Vstrom é uma opção possivelmente mais estradista, muito bem falada. Talvez consigas encontrar um exemplar do primeiro modelo a bom preço.
Responder
#23

(23-04-2020 às 08:50)Malvo Escreveu:  Opções monocilindricas:

Bmw GS650

https://www.motonline.com.br/guia-de-motos/bmw/f-650-gs 

Essa BMW em concreto, que referes por esse link, não é monocilíndrica, mas tem sim um bicilndrico paralelo, produzido pela Rotax.

[Imagem: IkpkbSn.png]
(motonline brasuca... dos tempos em que também existia um motonline por cá! :lol)

Apesar de se "chamar" de F650GS, tem efectivamente um motor de 800cc, o mesmo da irmã maior F800GS, mas descafeínado em potência.

Existiu sim a F650GS, anterior a essa, com motor de 1 cilindro, também Rotax, compartilhado pela Pégaso, mas que não é essa desse link, mas sim esta:

[Imagem: f650gs%20dakar.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#24

Em 2018 aluguei uma dessas f650gs. A mota é maneirinha, mas a caixa a frio é uma merda.
Responder
#25

(23-04-2020 às 09:14)carlos-kb Escreveu:  
(23-04-2020 às 08:50)Malvo Escreveu:  Opções monocilindricas:

Bmw GS650

https://www.motonline.com.br/guia-de-motos/bmw/f-650-gs 

Essa BMW em concreto, que referes por esse link, não é monocilíndrica, mas tem sim um bicilndrico paralelo, produzido pela Rotax.

[Imagem: IkpkbSn.png]
(motonline brasuca... dos tempos em que também existia um motonline por cá! :lol)

Apesar de se "chamar" de F650GS, tem efectivamente um motor de 800cc, o mesmo da irmã maior F800GS, mas descafeínado em potência.

Existiu sim a F650GS, anterior a essa, com motor de 1 cilindro, também Rotax, compartilhado pela Pégaso, mas que não é essa desse link, mas sim esta:

[Imagem: f650gs%20dakar.jpg]

Bem visto, tens razão  thumbsup, imagem errada.
Responder
#26

(23-04-2020 às 09:25)gonzas Escreveu:  Em 2018 aluguei uma dessas f650gs. A mota é maneirinha, mas a caixa a frio é uma merda.

Eu cheguei a trazer uma vez como mota de cortesia uma F650GS twin e numa outra ocasiºao, uma F700GS.

Nestes motores Rotax, seja o 804 (das F800), como o 904 (da Nuda), a caixa é dura e algo imprecisa. Na minha ex-ST cheguei inclusivé, por um par de vezes, a "encontrar" falsos neutros entre a 4ª e 5ª. Não é defeito... mas feitio (ao que parece bigsmile ).

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#27

Tu achaste pontos-mortos a mais, e eu não conseguia achar um smile
A primeira coisa que o senhor me perguntou quando devolvi a mota foi "caixa durinha, não é?". É.
Responder
#28

(23-04-2020 às 20:25)gonzas Escreveu:  Tu achaste pontos-mortos a mais, e eu não conseguia achar um smile
A primeira coisa que o senhor me perguntou quando devolvi a mota foi "caixa durinha, não é?". É.

Curiosamente achei que a caixa melhorou bastante quando a BMW deixou de "recomendar" o tradicional 10W40 e começou a "recomendar o 15W50 para a serie F.

No test drive que fiz à S1000RR (modelo 2019) também andei um bocado ás aranhas, nas paragens, até atinar no ponto morto.
Mas por norma as BMW são mázinhas de caixa!

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#29

A melhor forma de encontrar o ponto morto numa caixa dura é em andamento. blink
Responder
#30

(24-04-2020 às 05:59)LoneRider Escreveu:  A melhor forma de encontrar o ponto morto numa caixa dura é em andamento. blink

A Xt que tive estava de tal forma escafiada que quando o motor aquecia ate dessa forma era dificil meter o ponto morto. lol
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)