[Primeira mota] Formulário 1ª Mota
#1

DONO

- Tipo de CARTA DE CONDUÇÃO: A (a acabar de ser tirada)
- Altura: 160cm
- Peso: 56kg
- Idade: 31
- Pendura (S/N): sim (às vezes)
- Será 1ª moto (S/N): Sim

MOTO

- Estilo preferido: Achava que motas mais "retro" (Mash, Bullit, RE) mas olho para algumas Naked e também me cai o queixo
- Custo (em euro): Não sei, mas não queria nada muito caro.
- Nova/Usada: Não é importante, se puder ser nova melhor.

PERCURSO

- Regularidade (diário, semanal, mensal): Diário
- Tipo de estrada: Auto-estrada (uns 30km ida e volta) e dentro de cidade
- Numero aproximado de KM: 40km/dia

RESUMO:

Quero mota para deslocação Casa/Trabalho (uns 30km ida e volta em autoestrada mas também para dar uns passeios e voltas. Mas quero que seja económica (a ideia é gastar menos que com o carro). Apesar de ser a minha primeira mota (e sem experiência) o meu irmão diz que não devia comprar uma 250 (que era o que tinha em mente) porque vai ser pouco, em pouco tempo (se andar todos os dias). Ele tem uma Ninja 250 e diz que é pouco.

Agradeço ajudas.
Responder
#2

Boas. Antes de mais, bem vindo.
Quanto à questão da moto, a minha opinião sincera é que deves estabelecer muito bem o que pretendes. Alta cilindrada, média ou baixa só é muito ou pouco mediante a tua personalidade motociclística. Por exemplo, mesmo com a carta A não tens obrigatoriamente de ter uma 600, uma 750 ou uma 1000. Podes perfeitamente conviver com uma 125 de for isso o teu ideal neste momento.
A carta A abre-te horizontes que as outras não abrem mas não tens de navegar para lá só porque a tens.
Pensa bem no que pretendes. Analisa bem o que vai ser a tua vida na mota e qual a escola que te deixará feliz mediante a tua necessidade e orçamento.
Pegando neste ponto, o orçamento é importantíssimo. E quando se toca neste ponto não é só a moto. É no mínimo mais um capacete, luvas e casaco. E se fores andar o ano inteiro considerar luvas e casaco para os vários climas.
Não deixes ninguém convencer-te que vais ser mais feliz com uma 600 do que com uma 125. Cada caso é um caso.
Quando souberes o que pretendes e qual o orçamento só para a mota, vais poder ser ajudado/aconselhado na escolha com mais objectividade.
Abraço

Enviado do meu MI 9 através do Tapatalk
Responder
#3

(12-05-2021 às 11:11)Bal4av Escreveu:  Boas. Antes de mais, bem vindo.
Quanto à questão da moto, a minha opinião sincera é que deves estabelecer muito bem o que pretendes. Alta cilindrada, média ou baixa só é muito ou pouco mediante a tua personalidade motociclística. Por exemplo, mesmo com a carta A não tens obrigatoriamente de ter uma 600, uma 750 ou uma 1000. Podes perfeitamente conviver com uma 125 de for isso o teu ideal neste momento.
A carta A abre-te horizontes que as outras não abrem mas não tens de navegar para lá só porque a tens.
Pensa bem no que pretendes. Analisa bem o que vai ser a tua vida na mota e qual a escola que te deixará feliz mediante a tua necessidade e orçamento.
Pegando neste ponto, o orçamento é importantíssimo. E quando se toca neste ponto não é só a moto. É no mínimo mais um capacete, luvas e casaco. E se fores andar o ano inteiro considerar luvas e casaco para os vários climas.
Não deixes ninguém convencer-te que vais ser mais feliz com uma 600 do que com uma 125. Cada caso é um caso.
Quando souberes o que pretendes e qual o orçamento só para a mota, vais poder ser ajudado/aconselhado na escolha com mais objectividade.
Abraço

Enviado do meu MI 9 através do Tapatalk

Muito obrigada pela resposta...
O orçamento da mota (e só da mota) não é estanque. Claro que estou a contar com extras. Mas não sei o que quero. Inicialmente, como disse, pensei numa 250. Mas também é certo que não quero uma 1000. Quando falei em mais alta pensei numa 500, talvez... Mas também pretendo que seja económica, e quanto a isso, não sei se será.
O orçamento, não quero dizer 4000 e depois porque encontro uma de 6000 não comprar... é um bocado negociável smile

Mas vou pensar no que disseste.
Responder
#4

Responder
#5

(12-05-2021 às 11:50)midnightblack Escreveu:  


Juro que ainda ontem olhei para esta... mas vou ver o vídeo smile
Obrigada


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Responder
#6

Sem dizeres o valor que pretendes gastar é difícil recomendar alguma coisa. 
Se queres algo para gastar menos que o carro mais vale uma de baixa cilindrada sim. Poupas em todos os aspectos. 
Se chegar o dia que queiras uma mota a sério com os custos associados, vendes essa que tem sempre procura.
Responder
#7

(12-05-2021 às 13:21)Fz1000 Escreveu:  Sem dizeres o valor que pretendes gastar é difícil recomendar alguma coisa. 
Se queres algo para gastar menos que o carro mais vale uma de baixa cilindrada sim. Poupas em todos os aspectos. 
Se chegar o dia que queiras uma mota a sério com os custos associados, vendes essa que tem sempre procura.


Provavelmente algo a rondar os 5k
Mas não será o fator decisório mais importante.
Baixa 250? Ou baixa 500?


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#8

Quanto mais subires na cilindrada mais dinheiro "perdes". Seguros, pneus, gasolina, impostos.
Responder
#9

(12-05-2021 às 13:23)ana_lee2 Escreveu:  Provavelmente algo a rondar os 5k
Mas não será o fator decisório mais importante.
Baixa 250? Ou baixa 500?


Enviado usando o Tapatalk

Por esse valor tens motas como CB 500f que é económica, faz muito bem autoestrada, é muito amigável para quem tem pouca prática, o aspecto é sempre discutível mas gosto bastante das últimas versões (2010 em diante).
Mas há outras. Z400, MT03, isto na marcas das grandes japonesas. Tenho ouvido boas críticas das zontes, assim como tenho ouvido o contrário...

No segmento das cafe racer, ou melhor neo cafe, pode ser que consigas uma cb300r usada que já te dá o que procuras.

São algumas das minhas propostas. O que não faltará são opções no mercado. O teu orçamento não é assim tão limitado e mais para este patamar de motos.
Abraço

Enviado do meu MI 9 através do Tapatalk
Responder
#10

É melhor também contar com uns 500€ (valor por baixo) para o minimo do equipamento necessário.

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 4 Visitante(s)