PRIMEIRA MOTA, Carta B(A.. afinal!!) ahah

Epa, se são essas pequenas mazelas podes sempre comprar um pouco mais barato e resolver com tempo.

Se a mota estiver direitinha, um plástico arranhado não tem mal nenhum.

E em melhores dias e dentro das possibilidades... arranjas.

(Nao vi as fotos)


Responder

(24-05-2019 às 18:23)rafaelg7 Escreveu:  Cheguei agora do Stand.  sad cry

Em fotografias e no contacto telefónico a mota estava impecável... 2018 garantia ainda, 8/9mil km, Baixaram me dos 4000 para os 3500 euros... Fui hoje supostamente para a "comprar" e cheguei lá e deparei-me com a mota com a parte plástica do combustível partida, cheia de riscos, parte da frente ao lado do farol ligeiramente partida, escape riscado, ou seja, apresentava vários sinais de queda. 

Em termos de motor tem garantia, e em termos de barulho e condução adorei... nada, mas nada a ver com a Honda. Não faço a mínima ideia do custo do arranjo, por isso nem quis apresentar uma contra proposta tendo em conta a condição da mota.

Problema: Pela lógica: epa... então compra a Honda (metade do preço).. mas... após conduzir e ver a Honda cb125f e a Yamaha YZF R125 já não consigo ponderar sequer a Honda, o poder de arranque, o próprio barulho e acabamentos, estética... epa.. tinham razão! Contudo não queria gastar muito mais do que os 3500-4000, mesmo que ponderasse o arranjo desta Yamaha praticamente nova (preço nova de 5800euros, 2019, por 3500 era bom usada com 1 ano). 

Sinto e queria efetivamente  iniciar o motociclismo com uma 125 numa mota que gostasse efetivamente, como é o caso da Yamaha, mas não toda partida... e na net não há praticamente nenhuma à venda.

Vou anexar as fotos: Acham que ficaria muito caro o arranjo? Absurdo pensar nisso?

Estive a ver também a Yamaha YZF R3, do mesmo estilo.. mas aí teria que tirar a carta, mas já prefiro tirar a carta a comprar a Honda.


[Imagem: 60784799-475762543223821-7019015960929501184-n.jpg][Imagem: 60965604-2339122846359175-8642748314485260288-n.jpg][Imagem: 61015421-639369626532111-3327719491046998016-n.jpg][Imagem: 61018736-2262245347191853-5124594320040525824-n.jpg][Imagem: 61113913-2516444551749437-8165815913073868800-n.jpg][Imagem: 61295914-306315583595192-5149341062606618624-n.jpg]

As mazelas não são assim tão pequenas... não é so arranhões.. está mesmo partido.

Não queria tirar já a carta, pretendia mesmo começar numa 125, mas visto que não me consigo ver noutra 125 que não a YZF R125 .. e entre dar 5mil euros por esta 125 ou dar outros 5/6 mil... estou a ponderar tirar a carta e investir numa Yamaha YZF R3, para iniciar... Tirei a carta de carro em 2 meses, será que consigo em 1 mês a de mota? :b
Responder

Nesta altura do ano não acredito de todo... Só a licença de condução demora para ai 2 a 3 semanas. Podes marcar a teórica e tal, mas a pratica não se dá em 2 dias pois normalmente não tem vagas...

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder

Estou com o bichinho agora... e olha, estou tramado!  sad
Responder

para quem queria gastar o menos possível, grande volta! lol Logico que a mota devia ter algo para ter o preço tao baixo. Tao baixo em relação a uma nova, claro, porque ainda é um valor absurdo por uma 125, uma mota que espreme o sumo em menos de nada.
Responder

Já estou por tudo... queria gastar o mínimo possível porque era para começar.

Mas entre gastar 4 ou 5 mil com a YZF R125 mais vale tirar realmente a carta e comprar a YZF R3.

Que acham? único senão é mesmo ir ficar sem conduzir nesta altura.. com a 125 já podia. sad
Responder

Ó Rafael, mete as.ideias em.dia e avança...mas avança de uma vez pá...

(Quase toda a gente te disse para tirares a carta e ires para uma 500+-cc...)

Velasquez87
Responder

Bom dia.

O Rafael , sinceramente, a não ser que estejas mesmo desesperado por andar de moto, pah tira a carta!!

Eu ano passado estava decidido a ter moto, e farto de estar sempre a adiar etc, e numa atitude algo impulsiva comprei uma 125. Pah adoro a moto, farto-me de andar com ela, já fui a Vigo nela e vim, etc, mas ao fim de 9 meses posso-te dizer que agora me arrependo mais a cada dia que passa. Mais cedo ou mais tarde vais sentir falta de mais potencia, mais velocidade etc etc.

Demora o teu tempo, não sejas impulsivo, e portanto esperas mais um pouco pois mais cedo ou mais tarde vão aparecer mais para venda, ou então aguenta, e tira a carta e compra algo maior.

Um abraço
Responder

O problema é que estou mesmo desesperado... queria mesmo dar umas voltinhas este verão.

Daí a minha decisão de comprar uma 125, mas uma que até seja minimamente aceitável (apesar de cara) como a Yamaha. E mais tarde, tirar mesmo a carta, vender ou entregar essa e ir buscar outra.

Mas sim, tenho que ver bem e não ser impulsivo com nada. Sem stress.
Responder

Decisões apressadas são quase sempre más decisões.

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)