[Primeira mota] 250cc

(30-06-2017 às 16:01)n00b1e Escreveu:  E agora podemos continuar mas é capaz de ser melhor parar por um bocado senão aqui o jovem não tarda muito já não quer deitar mais a mota senão para o lixo... ???

Mas não é esse o objectivo de todo e qualquer tópico aberto na secção de "Primeira moto ou moto seguinte"? cool

Fazer o pessoal desistir de toda e qualquer mota e encaminhá-lo para o uso do L123? tong

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder

Podem continuar... Estava a apreciar falarem de como cortam as unhas no alcatrão ahaha

Enviado do meu ONEPLUS A3003 através de Tapatalk
Responder

(30-06-2017 às 15:19)LWillow Escreveu:  
(30-06-2017 às 14:24)n00b1e Escreveu:  
(30-06-2017 às 13:53)LWillow Escreveu:  Eu troquei as peseiras originais por outras e estas não têm avisadores . 
Na última RIM apanhei um cagaço quando senti a biqueira das botas a roçar no alcatrão . 
Fiquei depois na dúvida do que poderia acontecer noutra situação idêntica . Será que o roçar com a ponteira das botas não traz 'problemas de maior' e é só 'susto' ...ou será que pode provocar partir algum dedo do pé  ou proporcionar queda ??

Oh yeah!... Se o pé "prender" no chão e ficar entalado, mesmo que apenas por uns micro-segundos, entre a peseira e o chão imagina só o sarilho que pode daí sair.

E contra mim falo porque mesmo nos dias em que dou por mim mais "atrevido"  não consigo de modo algum colocar os pés na posição correcta para esses momentos. Porque ao apoiar apenas a ponta do pé na peseira sinto os pedais demasiado "longe" e não me ajeito de maneira nenhuma a isso.
 
Pois Zé, eu também sei qual é a posição correcta/ adequada a colocar os pés na peseira (apenas com a ponta do pé) mas ... (tal como acontece contigo)  'não dá ' !  
Aliás, comigo até acontece precisamente o contrário , o que fica assente na peseira é o calcanhar ( 'anatomicamente' não me é viável de outra forma confused )

Luis, se assentares sempre a bota na mesma posição aprendes também a conhecer quando raspas. Meia duzia de sustos e ficas 'fino'.

Se essa aflicao te der com a frequência que a mota merece, vais ver que muito instintivamente nas curvas as levantas...


Responder

(30-06-2017 às 19:21)vindaloo Escreveu:  Luis, se assentares sempre a bota na mesma posição aprendes também a conhecer quando raspas. Meia duzia de sustos e ficas 'fino'.

Se essa aflicao te der com a frequência que a mota merece, vais ver que muito instintivamente nas curvas as levantas...

thumbsup Thanks for the advice !
Responder

Ainda não percebi o mal de raspar as botas além do gasto em material... eu como sou pobre tenho de poupar ao máximo o meu, por isso é que chego o pé para trás. lol
Responder

Ou tenho o pé muito pequeno, ou não devo curvar nadinha.....

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder

(30-06-2017 às 20:03)pedromt07 Escreveu:  Ainda não percebi o mal de raspar as botas além do gasto em material... eu como sou pobre tenho de poupar ao máximo o meu, por isso é que chego o pé para trás.  lol

O mal está.. em poder vir a estragar muita coisa mais .....para além da biqueira das botas  redeye  . 
Nada de preocupante , claro !  cool
Responder

Engraçado... Hoje inclinei a mota ali na garagem, e vi que costumo deitar-me pouco mais que o descanso LOOOL
Mas quando tou lá em cima, parece que já tou a raspar com o cotovelo no chão ahahah

Enviado do meu ONEPLUS A3003 através de Tapatalk
Responder

(30-06-2017 às 20:07)LoneRider Escreveu:  Ou tenho o pé muito pequeno, ou não devo curvar nadinha.....

Nem uma coisa , nem outra !  blink
Daqui a 20 anos lembra-te de me ires visitar ao Lar de Dia e depois conta-me se com 60 anos o teu 'red line' é o mesmo que tens hoje !  censored
[Imagem: 10409591_898210100219354_525193495688412874_n.jpg]
Responder

(30-06-2017 às 20:07)LoneRider Escreveu:  Ou tenho o pé muito pequeno, ou não devo curvar nadinha.....

E de seres como o mazda mx5.

Um gajo mais alto, conduz com as pernas mais flectidas, o que aponta a biqueira para baixo...


Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)