[Primeira mota] 125cc ou superior
#1

Eu,

- Tipo de CARTA DE CONDUÇÃO: A2
- Altura: 1.90 m
- Peso: 85 Kg
- Idade: 22
- Pendura (S/N): Maioria das vezes não, mas é possível que aconteça, apenas para trajectos curtos.
- Será 1ª moto (S/N): S
- Nova/Usada: Usada

Boas a toda a gente, gostava de pedir a vossa opinião, queria iniciar no mundo das motos, mas a única experiência que tenho é das aulas de condução que já se passaram dois anos, portanto já há algum tempo que não ando numa. Na altura tirei a carta numa cb 500 que não me recordo do ano, mas era entre 98 e 2000 e qualquer coisa.
Acham que devia começar por uma 125cc ou deveria ir já para a cilindrada que desejo futuramente (provavelmente não vou tirar a carta A por isso fico limitado a 35kW de potência)?
Das 125cc que vi, a que mais agrada é a Sym Wolf 125, o que têm a dizer acerca desta (era ótimo saber de alguém que tem ou já teve uma)? Têm alguma sugestão acerca de alguma outra? 

Agradecia também algumas dicas de iniciação neste mundo.

Fico à espera, abraço a todos!
Responder
#2

Se tens a carta A2 avança para algo como deve ser. Eu tirei a minha carta em 2009 e só comprei mota em 2014 e não conduzi nenhuma entre tirar a carta e comprar mota. Não te assustes com isso. É como andar de bicicleta. Com a diferença que a primeira é pra cima e o resto é pra baixo! think ou será ao contrário?
Responder
#3

Também sou da opinião que deves comprar algo acima das 125cc, já que tens essa hipótese.
Vai-te render muito mais tempo antes de te fartares dela, e possivelmente não gastas muito mais dinheiro na compra, sobretudo indo para uma usada.
Responder
#4

Então não acham que para me habituar à estrada seria melhor uma 125? Por acaso falei com dois colegas meus que andam de moto e eles são mesma opinião que vocês

Obrigado pelas respostas
Responder
#5

Olha pá!

Tira a carta A.

Porque?

Tendo a carta A podes conduzir qualquer mota e não estás obrigado a conduzir uma mota que tenha mais de 48cv.
Ou seja, podes sempre conduzir uma mota pequena e, se quiseres, mudares para uma mota maior!
Estarás sempre a adiantar um passo que eu acho que será inevitável!
Responder
#6

Eu tirei a carta A2 e aprendi na escola de condução com uma 125cc, mal acabei de tirar, comprei uma 500cc e tive a mesma dúvida ao início, se não seria um salto demasiado grande. Mas não é, se tivesse comprado 125cc teria-me arrependido bastante.
Quando tiver disponibilidades financeiras será de tirar a carta A e optar por uma mota de maior cilindrada.

(07-02-2020 às 08:11)LoneRider Escreveu:  Olha pá!

Tira a carta A.

Porque?

Tendo a carta A podes conduzir qualquer mota e não estás obrigado a conduzir uma mota que tenha mais de 48cv.
Ou seja, podes sempre conduzir uma mota pequena e, se quiseres, mudares para uma mota maior!
Estarás sempre a adiantar um passo que eu acho que será inevitável!

A carta A só dá para tirar com 24 anos, ou mais. Visto que ele 22 anos, ainda tem de esperar um tempito.

O puto da inglesa ok
Responder
#7

(07-02-2020 às 10:05)dowyi Escreveu:  Eu tirei a carta A2 e aprendi na escola de condução com uma 125cc, mal acabei de tirar, comprei uma 500cc e tive a mesma dúvida ao início, se não seria um salto demasiado grande. Mas não é, se tivesse comprado 125cc teria-me arrependido bastante.
Quando tiver disponibilidades financeiras será de tirar a carta A e optar por uma mota de maior cilindrada.

(07-02-2020 às 08:11)LoneRider Escreveu:  Olha pá!

Tira a carta A.

Porque?

Tendo a carta A podes conduzir qualquer mota e não estás obrigado a conduzir uma mota que tenha mais de 48cv.
Ou seja, podes sempre conduzir uma mota pequena e, se quiseres, mudares para uma mota maior!
Estarás sempre a adiantar um passo que eu acho que será inevitável!

A carta A só dá para tirar com 24 anos, ou mais. Visto que ele 22 anos, ainda tem de esperar um tempito.

Posso sim tirar, só tenho 22 anos mas tenho 2 anos de carta A2, basta-me isso
Responder
#8

(07-02-2020 às 10:32)MiguelCosta Escreveu:  
(07-02-2020 às 10:05)dowyi Escreveu:  Eu tirei a carta A2 e aprendi na escola de condução com uma 125cc, mal acabei de tirar, comprei uma 500cc e tive a mesma dúvida ao início, se não seria um salto demasiado grande. Mas não é, se tivesse comprado 125cc teria-me arrependido bastante.
Quando tiver disponibilidades financeiras será de tirar a carta A e optar por uma mota de maior cilindrada.

(07-02-2020 às 08:11)LoneRider Escreveu:  Olha pá!

Tira a carta A.

Porque?

Tendo a carta A podes conduzir qualquer mota e não estás obrigado a conduzir uma mota que tenha mais de 48cv.
Ou seja, podes sempre conduzir uma mota pequena e, se quiseres, mudares para uma mota maior!
Estarás sempre a adiantar um passo que eu acho que será inevitável!

A carta A só dá para tirar com 24 anos, ou mais. Visto que ele 22 anos, ainda tem de esperar um tempito.

Posso sim tirar, só tenho 22 anos mas tenho 2 anos de carta A2, basta-me isso

Peço desculpa, percebi mal, pensei que não tinhas carta nenhuma e de que irias tirar a carta A2 só agora, e que o Lone tinha sugerido a carta A completa.
My bad, my bad... confused

O puto da inglesa ok
Responder
#9

Se podes ter superior a 125cc compra superior...

A 125cc vai te limitar grandemente não tanto pela performance mas por te limitar em situações de aperto, travagens, ultrapassagens....

Para enfrentar os indios da estrada uma 300cc era o ideal.

Até porque uma 125cc japonesa de qualidade (acabamentos e potencia limite da classe) custa-te o mesmo que uma 300cc que tem o dobro ou triplo da potência de uma 125cc...

uma yamaha/ktm/honda 125cc têm abaixo de 15cv (14,9...no limite) e uma 300cc tipo zontes/benelli tem um preço de custo semelhante, bons acabamentos/fiabilidade qb e potência ligeiramente superior a 30cv..

Analisa bem essa opção e se possivel faz um test-drive a alguns exemplares.
Responder
#10

Jovem:
- Tens orçamento limitado? 
- Procuras uma mota para lazer ou para deslocações para o trabalho e para poupares tempo (transito) e dinheiro (combustível)?

Se nenhuma destas premissas se aplica, tira a carta A e compra a mota que gostas dentro do estilo que te identificas. Referes que é só para trajectos curtos, not going to happen. A partir do momento que tens a burra entre as pernas vais querer é andar, mais e mais e mais e vais ver que aquela viagem de  A a B vai se tornar em A - A1 - A2 - A3 - A4 - ....... - B. Been there, done that.
Não comeces por baixo, começa por aquilo que queres mesmo. Conhece os teus limites e respeita-os... ao inicio  devil
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)