Prevenção no Roubo de Motas
#1
Imagem

Com o aumento do número de motas em circulação verificado nos últimos anos, verifica-se também um aumento do número de furtos das mesmas. É raro o dia em que não ouvimos mais uma história de uma mota roubada, se preciso for em pleno dia e em avenidas movimentadas em pleno centro da cidade. Normalmente são casos de polícia que acabam por ficar por resolver, face aos destinos possíveis que uma mota roubada pode ter (transporte e venda para outro país, mota para "trackdays" ou simplesmente para peças, entre outros cenários prováveis). Cabe-nos assim a nós, proprietários de veículos de duas rodas, fazer tudo ao alcance para evitar ou pelo menos dificultar este processo de "subtração" que tanto nos afeta. Vale sempre a pena estar informado acerca das opções que temos nesse mesmo sentido, por isso aqui fica um resumo. Espero que seja útil.

### Sistemas de Tracking de GPS ###

[Imagem: autocom_gps-bike-tracker.jpg]

Aquilo que até há algum tempo atrás era algo tirado de um filme de ficção científica, passou a ser banal nos dias de hoje. Por valores inferiores a 100,00 euros já se compra um sistema de tracking com bastante qualidade, que pode vir com mais ou menos funcionalidades, fazendo assim variar o preço final. Essas funcionalidades podem abranger desde a incorporação de um cartão SIM que permita comunicação em caso de furto, software de ligação a smartphones (para geolocalização, entre outras funções) e outros dispositivos, histórico de rotas, alarme, etc.

Alguns produtos:
Oxford GPS Trackers
Rewire GPS Trackers
Autocom GPS Trackers

### Alarmes ###

[Imagem: IMG_0230.jpg]

Se antigamente os alarmes eram um sistema de segurança exclusivo dos automóveis, hoje em dia é relativamente simples incorporar um alarme numa moto, isto se a mesma não vier já com um sistema destes montado de origem. Os alarmes das motas podem possuir também várias características distintas, nomeadamente a função de comunicação em 2 vias, que transmite notificação do alarme ativado para um comando. O alarme pode ter um indicador sonoro e também luminoso. Outra caraterística que distingue certos alarmes é a alimentação elétrica, sendo que alguns são ligados à bateria da mota (o que pode causar problemas de carga) e outros ter uma alimentação própria através de uma bateria independente.

Alguns produtos:
Spy 2-Way Alarm
Genssi Motorcycle Alarm
Gorilla Motorcycle Alarm
Bluefire Anti Hijacking

### Cadeados de Disco ###

[Imagem: oxf_of32m-d1.jpg]

Os cadeados de disco podem à primeira vista parecer apenas mais um trambolho com que temos que andar no bolso, ou com sorte debaixo do banco da mota. No entanto são uma solução bastante prática face ao fim que servem. Também o material de que são feitos é importante, já que pode fazer a diferença no momento em que alguém os tentar destruir com uma ferramenta de corte. Existem várias dimensões de cadeado e espessura de pino (ex.: 11mm, 16mm...) que podem ser selecionadas de acordo com os discos de travão onde serão aplicados. Outra funcionalidade que pode vir incorporada neste tipo de cadeado é também um sistema de alarme. Um extra importante a utilizar com o cadeado de disco é o cabo que serve de "reminder", tipicamente aplicado entre o mesmo e o guiador ou outra zona visível da mota, para que aqueles mais distraídos não corram o risco de tentar arrancar... com o cadeado ainda posto.

Alguns produtos:
Oxford Disc Locks
Mamoth Disc Locks
Abus Disc Locks

### Correntes ###

[Imagem: abus-chain-lock.jpg]

As correntes têm algumas vantagens e desvantagens relativamente aos sistemas de segurança anteriores. As desvantagens são o facto de serem um trambolho grande e pesado que é tudo menos prático de transportar. Por outro lado são um bom sistema a ter em local fixo, para por exemplo ter a mota presa na rua minimizando o risco de alguém pegar nela e a fazer desaparecer numa carrinha ou reboque. No entanto existem algumas características que podem também fazer a diferença no momento de escolher a corrente a utilizar. Se por exemplo se optar por uma corrente de elos tradicional, é algo que com um alicate de corte industrial se consegue ultrapassar sem grande esforço. Por outro lado se for uma corrente com elos e fechadura articulados e blindados, dificilmente será o caso.

Alguns produtos:
Abus Lock Chains
Oxford Lock Chains
Xena Lock Chains

### Trancas (U-Locks) ###

[Imagem: krypt_997986_nyfu_07_m.jpg]

As trancas (em U) são uma alternativa às correntes, já que permitem também a fixação a pontos fixos (passe a redundância), não têm a vulnerabilidade de algumas correntes de elos mais fracas, e não são tão pesadas de transportar. Recomenda-se a quem usar este tipo de trancas que as aplique afastadas do solo, para evitar que seja usado o efeito alavanca para as tentar forçar e arrombar.

Alguns produtos:
Oxford U-Locks
Kryptonite U-Locks

... e quando tudo falha, um bom seguro com cobertura de furto pode fazer a diferença.

[Imagem: carta-verde1.jpg]

Um seguro que inclua cobertura contra furto normalmente implica também ter cobertura de danos próprios, o que se configura como algo que não está ao alcance de todos, quer pelo valor do prémio a pagar quer pelo pré-requisito de limite de idade da mota (e nem todas as seguradoras aceitam fazer). Ainda assim, se o aspeto financeiro pode à primeira vista parecer desmotivador, por outro lado quando pensamos numa situação concreta de roubo, a relação custo/benefício torna-se logo mais apelativa quando temos a possibilidade de reaver o valor comercial do veículo furtado.

Não esquecer também que ter uma garagem só por si não é garantia de que o roubo não possa acontecer. Se for uma garagem comum com espaços de parqueamento, o risco é também elevado. Se for uma box, no limite existe a possibilidade de arrombarem a fechadura, ou em cenários mais elaborados tecnologicamente, copiar e simular o sinal rádio de um comando para abertura de um portão. Assim, as soluções acima apresentadas continuam a ser válidas, nem que seja como elemento dissuasor, mesmo quando achamos que estamos mais seguros.

Boa sorte a todos e "stay safe"!  V
Imagem
BMW F800R * ex-Kawasaki ZZR 1100 * ex-Honda Hornet 600 * ex-Honda CBF 125 * ex-Yamaha DT 50 LC (x2)
Responder
#2
Muito bom tópico Marco, parabéns e obrigado! clap

Por um motivo ou por outro consideramos que não são necessário ou vai passando, mas realmente o conjunto de vários ajuda bastante a minimizar o risco.
A minha máquina (e ex):
Kawasaki Versys 1000
Yamaha FZS 600 Fazer
Responder
#3
Altamente pá! thumbsup
Muito bom trabalho de pesquisa e informação.

Cada solução tem algum inconveniente pelo que, a ser possível, vários sistemas conjugados podem ser efectivos na tarefa de dissuasão.

Outra coisa que se pode fazer é não ser um animal de hábitos.
Nisto de deixar a mota sempre no mesmo sitio, na mesma posição etc, etc , facilita muito o trabalho de vigilância do amigo do alheio. Embora não sejam todos os casos, boa parte dos roubos e extracções que existem são fruto de um trabalho de vigilância e seguimento da vítima.
Não ter hábitos, não fazer sempre o mesmo caminho, não parar sempre nos mesmos sítios, ajuda a dificultar essa tarefa de escolher o melhor momento para encestar o golpe.
Que as curvas nunca acabem....



http://www.loneriderendlessroad.com
Responder
#4
Muito bom tópico! clap
Responder
#5
Bom tópico.

Só faltou falar das âncoras/fixações onde usar as correntes+cadeado

Se fora de casa não se aplicam, mas onde se guarda a mota ajuda a dar mais trabalho.

Uns são de aparafusar ao chão, outros de cimentar no chão.

https://www.motocard.com/antirrobos/abus-wba_100.aspx
https://www.motocard.com/antirrobos/oxfo...force.aspx
https://www.fc-moto.de/pt/Oxford-Docking-Station
https://www.fc-moto.de/pt/Oxford-Rota-Force
https://www.fc-moto.de/pt/Oxford-Terra-Force

Tenho ideia que bucha quimica tb ajuda a complicar a vida para as buchas não sairem tão fácilmente lol
Um abraco e mto boas curvas!!
Imagem
Responder
#6
Em plena ordem do dia! clap

Infelizmente temos assistido a esses amigos do alheio mais do que seria expectável.

Tudo o que ajude a minimizar esse efeito é welcome.
Imagem
Responder
  




Utilizadores a ver este tópico:
1 Visitante(s)