Preços oficinas
#11

Então deves estar a ler mal, porque por norma os valores já têm o IVA na tabela de valores, no final apenas tem descritivo do valor sem iva e do valor do iva.

Os valores em factura deverão ter sempre o IVA incluído no valor unitário, estando no final o valor total ilíquido (sem IVA) e o respectivo valor do IVA. Caso tenha várias taxas diferentes, também é descriminado no final.
Responder
#12

Officer, eu digo isto porque normalmente é ao contrário do que dizes. Uma factura normalmente tem o preço unitário sem IVA, a % de IVA à frente, e a seguir a soma dos dois. Mas admito que possa ser diferente, sim.
Responder
#13

Naquela factura é fácil perceberes como está, e é como dizes, tens 39€ de preço unitário com 23% de taxa de IVA, vezes 8 (quantidade), dá os 312€. Portanto é 39€ com IVA por hora, o que não deixa de ser um roubo lol
Responder
#14

Gostava de saber quais os valores "dignos" para uma oficina que (a menos que seja um sapateiro ou um achanateiro de esquina), vocês acham justos?

Especificamente no caso da Motor7 (que é o que está a ser discutido) ou outras congéneres, tenham em conta que:

- É "mão de obra" qualificada e obrigada a fazer / actualizar o seu pessoal com formações constantes
- Têm equipamento, ferramentas e maquinaria específica e que custam os "olhos da cara" e a todo o momento têm de investir em novos equipamentos
- É um concessionário oficial (não imaginam possivelmente quanto custa manter uma concessão oficial de marca) e juntamente com as outras cria uma rede nacional de venda, pós-venda e assistência e que permite manter a marca em território nacional.
- É uma "casa aberta" que (geralmente) paga os seus impostos. Não é daquelas que com factura é um preço, pela porta do cavalo é outro.
- Dão garantia da reparação e caso alguma coisa corra mal, terão de arcar com as consequências, podendo o cliente lesado fazer sempre reclamação da oficina oficial ao respectivo importador.

Tudo isto tem um preço. Por isso é muito relativo discutir qual o valor certo ou justo de mão de obra e o qual a partir dai consideram caro ou excessivo, dadas as variáveis que podem influir nisso.

Acho muito bem que quem tem conhecimentos e ferramenta para fazer tarefas mais ou menos básicas de manutenção nos seus carros ou motos, que o faça. Nada contra com isso, pois também já o fiz.
Agora dizer que um valor horário de um concessionário oficial é caro, de ânimo leve e só porque na generalidade em PT se ganha mal, é que não me parece coerente.
Depois.... só lá vai quem quer! Se preferem os ditos sapateiros de esquina, é uma opção vossa, com as respectivas vantagens e outros tantos riscos inerentes, como sabemos.

Também sou um técnico especializado, dentro da minha área profissional. Exigiu-me (e exige-me a todo o momento) tempo, formação, conhecimentos, dinheiro, seguros, etc... e para além disto tudo, só posso exercer a profissão que exerço, pagando anualmente à minha Ordem Profissional um valor considerável que muitos ficariam admirados se soubessem quanto é.
Ou seja, há um valor a pagar por tudo isto, e logicamente que isto é reflectido nos valores cobrados pelos serviços que eu ou qualquer colega meu prestam... achem os demais caro ou não!

É o velho adágio tão português que quando é para pagar, é sempre caro.... quando é para receber, acha-se sempre que é pouco. rolleyes

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#15

Na jb, motos acho que é algo tipo 20€ + IVA. e acho barato a mão de obra. na Motomil, lembro-me de deixar lá a NX4 2 vezes e era 30€ para Honda e 40€ para BMW, era algo assim.
Tudo o que consigo fazer na mota faço em casa, porque poupo dinheiro, mas melhor ainda tenho um certo prazer a fazer as coisas  smile
Responder
#16

O que gostava de aprender era como mudar o pneu, mas falta-me ainda tudo para o fazer, e é a manutenção que a minha mota mais vê e de longe a mais dispendiosa.
Responder
#17

A mão de obra de mecânica automóvel é demasiado cara, é a minha opinião. E tudo o que o carlos-kb disse, até pode ser verdade, mas muitas dessas coisas não se pagam com a mão de obra mas sim com o preço cobrado pelas peças que também são pelo menos 30% inflacionadas e em certos casos chegam a ser 60%.

PS: Mesmo dentro de oficinas de marca, na JB Motos há uns anos o preço era de pouco mais de 20€ com IVA incluido e é o maior stand da Yamaha a nivel nacional.

Já o stand lombas e curvas, faz a 7.5€+IVA e ainda tens a migtec que vendem ktm, suzuki e sym que faz a 25€ com IVA.

Portanto, 39€ com IVA é um roubo.
Responder
#18

(04-01-2017 às 16:45)OFFICER Escreveu:  A mão de obra de mecânica automóvel é demasiado cara, é a minha opinião. E tudo o que o carlos-kb disse, até pode ser verdade, mas muitas dessas coisas não se pagam com a mão de obra mas sim com o preço cobrado pelas peças que também são pelo menos 30% inflacionadas e em certos casos chegam a ser 60%.

Chegam-se a encontrar diferenças absurdas no preço de algumas peças.

No carro, oleo filtros etc mudo eu. Só com o preço do oleo cobrado na oficina, compro todo material e ainda poupo muito €€.

Nada contra a formação, equipamentos top etc, mas existe muito pessoal que abusa e se aproveita da posição "dominante" no mercado.

Pese embora, já comecem a surgir oficinas multimarcas com bastante competência.

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder
#19

Carlos, a ti respondo-te apenas com: Trabalho num concessionário automóvel, e não é na mecânica. Os preços que dei num post ali atrás não foram atirados para o ar, foram com base nos preços praticados pelo mercado.

Eu também tenho uma profissão com ordem e pago para lá quotas e tenho formação obrigatória mas não é por isso que posso praticar o preço que me apetece. Se todos os meus colegas levam 50€ por determinado serviço, um gajo qualquer em casa sem formação leva 30€, mas eu levo 100€, é óbvio que estou a levar demasiado caro. Aqui ninguém está sequer a dizer se é muito ou pouco dinheiro, é sim caro para o que o mercado cobra. O facto de se ir arriscar no sapateiro não tem nada a ver nem tem termo de comparação, é apenas mais um valor.
Responder
#20

(04-01-2017 às 16:45)OFFICER Escreveu:  A mão de obra de mecânica automóvel é demasiado cara, é a minha opinião. E tudo o que o carlos-kb disse, até pode ser verdade, mas muitas dessas coisas não se pagam com a mão de obra mas sim com o preço cobrado pelas peças que também são pelo menos 30% inflacionadas e em certos casos chegam a ser 60%.

Mas demasiado cara em relação a quê? Em que te baseias para dizer que a mecânica automóvel é cara? Quando pagas o um médico particular, a um advgado, a um explicador, a um formador, etc... os valores que se pagam, acho que no fundo, e como um serviço especializado que também, até fica em valores bem aquém!

Não queiras saber quanto se paga numa oficina auto ou moto, em qualquer outro país que não o nosso. Ok.... depois lá vem a velha conversa das diferenças salariais e acho exclusivamente esta a única razão (ganhar-se muito mal em Portugal) para se achar que uma oficina oficial que cobre 30 ou 40 euros à hora, é caro.

O meu irmão, na Suiça, cada vez que vai à oficina fazer uma simples revisão do carro (Audi A4) ou da mota (Hornet600), nunca deixa lá valores com menos de 6 ou 7 centenas de euros (ou no caso dele, francos suiços lol)

Quanto ás peças, é relativo. Até porque na rede oficial costumam estar tabeladas.
E normalmente a peça, se tiver que ser mesmo original, sai mais barata numa oficina oficial que numa oficina multimarcas. Pelo simples facto que a multimarcas tem de a ir buscar à marca e depois ainda mete uma bela comissão em cima.
Tenho esse exemplo no preço que me deram num antigo carro da minha mulher, para a bomba do aspersor de água (aka mija-mija), que numa Midas custava praticamente o dobro do valor na marca.
Daí que na generalidade as multimarcas optem por peças aftermarket e concorrenciais.

Vai por exemplo a um restaurante e vê qual a margem de lucro sobre o preço de custo? Ou mesmo num supermercado?!

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)