Por um amigo.
#1

Um amigo do grupo NC'S

[Imagem: HdAzP4s.jpg]

[Imagem: Qfzl0I1.png]
Responder
#2

Isso sim que é notícia....

Uma Honda a querer ser BMW?
Responder
#3

Devia ir sem pendura senão com tanta concentração na condução...ainda perdia a pendura.... ou como o outro com consequências trágicas ao pé do colombo iam de tal maneira que nem viram o "amigo" a espetar-se e seguiram...
Responder
#4

Não percebi a piada.
Foi ter perdido a top case?

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#5

Tem a ver com o facto do Carlos ter perdido a topcase quando tinha a F800ST.
Responder
#6

(23-06-2020 às 11:04)txairuzo Escreveu:  Tem a ver com o facto do Carlos ter perdido a topcase quando tinha a F800ST.

Não perdi... porque consegui parar mais à frente, voltar e recuperá-la da valeta. smile

Mas que a gaja "ganhou asas"... ganhou! lol

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#7

A questão pertinente é se nestes casos, o proprietário colocou correctamente a topcase nos encaixes ou se existe algum erro de projecto dos mesmos ou incapacidade fisica destes em aguentarem todo o fluxo de ar decorrente dos excessos de velocidade...

No meu caso tive em risco de não só perder a topcase como o banco, pega de pendura e o próprio bacalhau (farol+piscas+matricula) e com alguma sorte o escape ia atrás também...

[Imagem: 41601908-1990634174337771-3420576971749326848-o.jpg]

Mas lá está... andar acima das velocidades indicadas pela própria marca tem estes riscos...

nota: a reparação coincidiu com o ultimo evento que participei por aqui, salvo eu à Serra da Estrela...
Responder
#8

Havia umas Triumphs muito fraquinhas nesse aspecto... Sprint, salvo erro.
Responder
#9

A mota é tao boa que nem a top case quer ir com ela! devil
Responder
#10

(23-06-2020 às 13:03)2low Escreveu:  A questão pertinente é se nestes casos, o proprietário colocou correctamente a topcase nos encaixes ou se existe algum erro de projecto dos mesmos ou incapacidade fisica destes em aguentarem todo o fluxo de ar decorrente dos excessos de velocidade...

A questão pertinente no (meu) caso foi mesmo a top-case OEM da BMW, cujo fabrico era Shad, o plástico ABS daquilo não valia um caralho, e com o uso normal, ressequiu e estalou pela base.
Em andamento (e nem ia muito depressa), apanhei uma depressão na estrada, a base cedeu pela fissura, deformou, levando ao desencaixe das garras... saltando fora da rack. A questão é que me havia dado conta que a base estava a "abrir", e já andava precavido. Não foi difícil aperceber-me do momento em que ela "ganhou asas" (para além do ruído que aquilo fez no momento em que se soltou).

Ainda deu para parar, apanhá-la da berma e voltar a encaixá-la, até chegar a casa. Aqui o estado em que ficou:

[Imagem: xv5cvHi.jpg]

A BMW entretanto deve ter dado conta da bela merda que era este material Shad, o que não se ajustava aos 450 paus que pediam por ela. Aliás, uma pesquisa rápida na net e dava para nos apercebemos facilmente de muita gente a queixar-se do mesmo, mesmo em outras malas / top cases BMW made by Shad. Tanto que a BMW mudou de fabricante, para a JHDA, um fabricante e fornecedor de componentes plásticos para a indústria automóvel.

Quanto às "velocidades" e pesos limite de acessórios para bagagem, isso são outros "quinhentos". Mas por norma têm em cima um belo factor "cagaço", por parte das marcas (digo-o por experiência própria angel). Até porque se assim não fosse, decerto que haveria sempre um esperto qualquer a queixar-se que andou a 280Km/h com uma bigorna lá dentro, e a top case não aguentou! lol

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)