Policia e EPI's
#11

Já os viram andar com cinto de segurança nos carros? É coisa rara por aqui.

Boas curvas! 
Responder
#12

(16-08-2018 às 15:29)midnightblack Escreveu:  ...o meio previlegiado de deslocação era a cavalo...ainda o fazem no Verão nas praias e em casos especificos.

Já tive um valente stress com um animal desses...

Costumam "passear" reglarmente num trilho onde habitualmente vai para lá malta brincar com uns "lençóis" grandes e coloridos.
Pelos vistos alguns equídeos não se sentem confortáveis.
E a reacção é tentar livrar-se da mercadoria.

Não devem ser animais propriamente inteligentes, pois já por várias vezes os vi avançar com pobre equídeo da mesma forma que não fariam se estivessem a atravessar uma passagem de nível.
Até que um belo dia, por sinal com bastante assistência... a coisa correu mal.

Diga-se de passagem que ambos os animais relicharam bastante.
No entanto, um deles ficou com o ego mais ferido que o outro.
O que levou a uma longa reprimenda em torno de uma eventual regra de prioridade que o código da estrada não contempla.

[Imagem: 357265479598bd4a85d990eff6d7e428.jpg]

Como fui identificado... é melhor não divagar mais sobre o tema.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#13

A PSP e polícia municipal não sei, mas GNR sei que têm, mas por acaso nunca perguntei se será obrigatório, presumo que nestas forças, o uso da respectiva farda adequada ao serviço, local e época do ano, deva sair numa ordem de serviço, assim se passa na Marinha, onde até o uso da manga curta é autorizado numa ordem de serviço para todos, ou o uso de calções por exemplo, vedado em determinados locais mas permitidos noutros.

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#14

(16-08-2018 às 17:44)dfelix Escreveu:  
(16-08-2018 às 15:29)midnightblack Escreveu:  ...o meio previlegiado de deslocação era a cavalo...ainda o fazem no Verão nas praias e em casos especificos.

Já tive um valente stress com um animal desses...

Costumam "passear" reglarmente num trilho onde habitualmente vai para lá malta brincar com uns "lençóis" grandes e coloridos.
Pelos vistos alguns equídeos não se sentem confortáveis.
E a reacção é tentar livrar-se da mercadoria.

Não devem ser animais propriamente inteligentes, pois já por várias vezes os vi avançar com pobre equídeo da mesma forma que não fariam se estivessem a atravessar uma passagem de nível.
Até que um belo dia, por sinal com bastante assistência... a coisa correu mal.

Diga-se de passagem que ambos os animais relicharam bastante.
No entanto, um deles ficou com o ego mais ferido que o outro.
O que levou a uma longa reprimenda em torno de uma eventual regra de prioridade que o código da estrada não contempla.

[Imagem: 357265479598bd4a85d990eff6d7e428.jpg]

Como fui identificado... é melhor não divagar mais sobre o tema.

É pessoal que muitas vezes não aceita bem fazerem figura de ursos... lol

Quanto aos cavalos, são animais que tem alguma tendência para se assustar! E quando o animal que vai em cima não tem muito juízo pior! devil

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#15

(16-08-2018 às 20:03)nelsonajm Escreveu:  A PSP e polícia municipal não sei, mas GNR sei que têm, mas por acaso nunca perguntei se será obrigatório, presumo que nestas forças, o uso da respectiva farda adequada ao serviço, local e época do ano, deva sair numa ordem de serviço, assim se passa na Marinha, onde até o uso da manga curta é autorizado numa ordem de serviço para todos, ou o uso de calções por exemplo, vedado em determinados locais mas permitidos noutros.

Fonix, se os gajos decretam que tens de andar a morrer de calor, não tens outro remédio estou a ver... Enfim, regras levadas ao limite...

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#16

Embora não concorde com a obrigatoriedade do uso de toda a parafernália... Tem de haver alguma liberdade...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#17

(16-08-2018 às 23:12)nelsonajm Escreveu:  Embora não concorde com a obrigatoriedade do uso de toda a parafernália... Tem de haver alguma liberdade...

Exacto, e se alguém mesmo sendo superior quiser ou não quiser usar, não deve decidir por todos os restantes.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#18

Acredito em certa medida que também não usem, porque não os têm disponíveis. Tirando as brigadas ou grupos especiais como os acima descritos (ex. GOE), duvido que os restantes militares ou agentes da GNR e PSP, respectivamente, tenham à descrição e para uso próprio equipamento motociclístico específico.

Ao longo do tempo, notícias destas nunca foram de estranhar:

http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/...-capacetes

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/miliss...-sua-custa

https://expresso.sapo.pt/sociedade/gnr-q...gs.DtCFw3Q

https://observador.pt/2018/05/09/gips-te...o-existem/

Ora se não há verbas para adquirir muito do equipamento de segurança e protecção, no seu todo, e o que existe é sempre escasso e muitas das vezes obsoleto. Será que iriam contemplar equipamentos específicos para os elementos que se deslocam em motos?
Tirando os capacetes modulares, alguém já viu algum agente, de moto, com casacos e/ou calças com protecções, luvas e botas específicas para motociclismo? Possivelmente nem sequer existem.

Para além da velha questão de muito do equipamento não ser pessoal e poder ser partilhado por vários elementos. A respeito disto recordo uma polémica aqui há uns anitos sobre isto (andei à procura da notícia mas não achei), de haver agentes que compravam os próprios capacetes para não terem de os usar e partilhar com outros colegas.

Enfim...

[Imagem: yxK39Lc.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#19

(17-08-2018 às 09:47)carlos-kb Escreveu:  Para além da velha questão de muito do equipamento não ser pessoal e poder ser partilhado por vários elementos. A respeito disto recordo uma polémica aqui há uns anitos sobre isto (andei à procura da notícia mas não achei), de haver agentes que compravam os próprios capacetes para não terem de os usar e partilhar com outros colegas.

Há uns bons anos atrás fui na minha hora de almoço à Motoponto (ainda o Carlos era vivo) e estavam lá dois agentes a comprar uns "flip-up" da Nolan em branco.
Supostamente tratava-se de um dos poucos modelos "aceites". E ali estava mais barato que comprado internamente.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)