Piloto português morre em despiste no autódromo do Estoril
#1

Mais um dia negro para o motociclismo...

Citar:O piloto português Sérgio Leitão morreu na tarde deste domingo durante uma prova do Campeonato Nacional de Velocidade 2018, no autódromo do Estoril.

[Imagem: sergio-2_770x433_acf_cropped.jpg]

O despiste aconteceu quando o piloto efetuava uma das curvas do circuito. Depois do despiste, o motociclista foi levado para o Hospital de Cascais, onde foi declarado o óbito. O Observador confirmou estas informações junto dos Bombeiros de Alcabideche.

Através do seu site, a Federação de Motociclismo de Portugal (FMP) já confirmou a morte do piloto português. Num curto comunicado, o organismo anuncia que “a organização da prova cancelou as restantes corridas agendadas para este dia de domingo”. A federação endereçou ainda as condolências à família do piloto.

[Imagem: sergio-leitacc83o.jpg]

“Logo após o acidente foram acionados todos os meios habituais neste tipo de situações. A equipa de comissários e a equipa médica cumpriram com o seu trabalho e o piloto foi retirado assim que as operações de estabilização terminaram. Infelizmente veio a falecer já no hospital e após uma reunião com todos os elementos do júri foi decidido cancelar o restante evento” explica António Lima, presidente do Motor Clube do Estoril, citado pelo site da FMP.

De acordo com a agência Lusa, Sérgio Leitão participava com uma Honda CBR 600. O piloto terá ficado sem travões, saindo em frente na curva 6 do circuito, conhecida como a ‘curva do tanque’, a quatro voltas do fim da corrida.

No autódromo do Estoril decorria este fim-de-semana a penúltima prova do Campeonato Nacional de Velocidade 2018. Esta etapa era vista como potencialmente decisiva para a definição dos títulos de Superbike e Superstock da presente temporada.

Além da importância da prova para a classificação, era também uma etapa que marcava a estreia do novo asfalto do autódromo do Estoril. A etapa final está marcada para o fim de semana de 10 e 11 de novembro, para o mesmo local. Não se sabe ainda se o calendário será alterado em virtude do acidente deste domingo.

Fonte: Observador
Responder
#2

Mais outra noticia muito triste...

Porra, ficar sem travões?!? what

Ricardo - Honda CB500X
[Imagem: latest?cb=20150510093035]
Responder
#3

Parece que se tinha despistado na curva antes.

Pegou na mota a seguiu sem reparar que partiu alguma coisa no circuito travagem.

Descanse em paz confused


Responder
#4

(24-09-2018 às 09:40)vindaloo Escreveu:  Parece que se tinha despistado na curva antes.

Pegou na mota a seguiu sem reparar que partiu alguma coisa no circuito travagem.

Descanse em paz confused

Porra...

sad

Paz à sua alma...

Velasquez87
Responder
#5

Infelizmente são os "ossos do ofício" na sua vertente mais negra, de quem se entrega a superar constantemente os limites aos comandos de uma moto. sad

Descansa em Paz.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#6

DEP

Recordo-me como tivesse sido ontem a morte de outra piloto motociclista português, o Luis Carreia quando morreu no autódromo de Macau em 14 Novembro 2012.
Na altura foi feito uma mega homenagem precisamente no autódromo do Estoril.
Não seria inédito se de novo houvesse uma homenagem parecida, é igualmente merecida!
Responder
#7

(24-09-2018 às 10:34)2low Escreveu:  Na altura foi feito uma mega homenagem precisamente no autódromo do Estoril.
Não seria inédito se de novo houvesse uma homenagem parecida, é igualmente merecida!

Penso que já está marcada para o próximo domingo, altura em que decorrerá a prova seguinte.
Responder
#8

Infelizmente mais uma notícia triste.. sad Ainda mais pelas circunstâncias...

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#9

Boas Curvas aí em cima!

Até já!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#10

(24-09-2018 às 09:40)vindaloo Escreveu:  Parece que se tinha despistado na curva antes.

Pegou na mota a seguiu sem reparar que partiu alguma coisa no circuito travagem.

Descanse em paz confused


Quando vi a justificação para o acidente, achei muito estranho numa moto de corrida em que esses pormenores são constantemente aprimorados, terem falhado.
A confirmar-se esta informação, já fico mais convencido.

Ex: GS 500 E de 92
     Cbr 600 F de 96
     Cbr 600 F de 97
     RM 250 de 95
     YZ 450 F de 2004
     SX 250 de 2004
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)