Panigale 959
#21

(25-02-2016 às 23:23)carlos-kb Escreveu:  A nova Panigale 959, modelo novidade para 2016 da marca do Borgo, já está em comercialização...

Preços:
959 PANIGALE Red – 16.659,00€*
959 PANIGALE White – 16.809,00€*
*O preço final inclui; documentação + matricula c/ IVA à taxa legal em vigor (23%), ISV, SGPU e SGBVU

Fonte: Ducati Norte

P.S. - Para mim esta 959 só tem o "senão" de não ter monobraço, tal como já acontecia com a 899.

[Imagem: 12743952_453607808097284_132908915043731...e=57504758]

[Imagem: 1936372_453607864763945_3595555488996934...e=5756EAD1]

[Imagem: 12439383_453607761430622_701880570753606...e=575117F6]

[Imagem: 12745856_453607834763948_528879625694277...e=5767CC00]

[Imagem: 12742820_453607888097276_874434026992315...e=575C3AD8]

[Imagem: 12779180_453607831430615_2131619032942640831_o.jpg]

[Imagem: 2992_453607764763955_6277742969421473165...e=57540B22]

[Imagem: 12744454_453607861430612_139046446213725...e=575BC7FA]

Em relação ao monobraço, não deixa de ser curioso que em MotoGP não há uma única marca que o utilize. Gosto da parte estética do monobraço, mas o braço normal parece mais lógico e natural...
Responder
#22

Em Superbike usam monobraço, se não estou em erro.
Responder
#23

(30-10-2017 às 11:23)Rod Escreveu:  Em Superbike usam monobraço, se não estou em erro.

Tem de ser, a base são as motas vendidas ao público... mas quando têm opção, no caso dos protótipos de MotoGP, nos dias de hoje todos usam braço normal. Segundo o que já li, e porque neste tipo de competição qualquer pequeno detalhe conta, os braços normais têm menos torção.
Responder
#24

(30-10-2017 às 11:48)mariogarcia Escreveu:  Segundo o que já li, e porque neste tipo de competição qualquer pequeno detalhe conta, os braços normais têm menos torção.

Sim, isso está comprovado.

Mas, a meu ver, nada iguala a beleza de um monobraço. Tanto na 848 que tive como na mota que agora tenho, são aspectos que gosto bastante de ver.
Responder
#25

A única coisa que não aprecio na 959 europeia, é o escape, que mesmo com opção aftermarket, não fica na posição clássica das panigale.
Responder
#26

(30-10-2017 às 12:11)Rod Escreveu:  
(30-10-2017 às 11:48)mariogarcia Escreveu:  Segundo o que já li, e porque neste tipo de competição qualquer pequeno detalhe conta, os braços normais têm menos torção.

Sim, isso está comprovado.

Mas, a meu ver, nada iguala a beleza de um monobraço. Tanto na 848 que tive como na mota que agora tenho, são aspectos que gosto bastante de ver.

Em motos de uso stock, acaba por ser uma não questão.

Quando em termos estéticos, é uma solução de "deleitar" a vista, não só pelo desenho do monobraço em si, em que alguns são verdadeiras peças de arte estrutural, mas também o facto de libertar e enaltecer o desenho da jante, tudo o resto são pormenores de escassa relevância.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#27

(30-10-2017 às 16:49)carlos-kb Escreveu:  
(30-10-2017 às 12:11)Rod Escreveu:  
(30-10-2017 às 11:48)mariogarcia Escreveu:  Segundo o que já li, e porque neste tipo de competição qualquer pequeno detalhe conta, os braços normais têm menos torção.

Sim, isso está comprovado.

Mas, a meu ver, nada iguala a beleza de um monobraço. Tanto na 848 que tive como na mota que agora tenho, são aspectos que gosto bastante de ver.

Em motos de uso stock, acaba por ser uma não questão.

Quando em termos estéticos, é uma solução de "deleitar" a vista, não só pelo desenho do monobraço em si, em que alguns são verdadeiras peças de arte estrutural, mas também o facto de libertar e enaltecer o desenho da jante, tudo o resto são pormenores de escassa relevância.

É muito questionável a primazia da estética em detrimento da componente técnica.

Eu tenho opinião muito bi partida sobre este assunto, gosto de algumas soluções monobraço e outras acho que dão um aspecto muito desiquilibrado à mota, para além do que a minha OCD permite e irrita-me.

Idem para opticas BMW por ex. Qualquer quebra de simetria numa mota causa-me sempre estranheza e desagrado inicial. Algumas... consigo ultrapassar com habituação. Curiosamente a VFR1200 é um exemplo de solução que considero bem conseguida.


Responder
#28

(30-10-2017 às 18:49)vindaloo Escreveu:  É muito questionável a primazia da estética em detrimento da componente técnica.

Disagree at all! Percebo que nos meandros da competição, seja uma questão pertinente. Numa moto stock, é mais ambivalente, que outra coisa.
Já não falando que para além da beleza, muitos sistemas de mono-braço são puras peças da melhor engenharia estrutural.

Vê a solução que uma 1299 ou uma F4, contemplam, por exemplo.

(30-10-2017 às 18:49)vindaloo Escreveu:  e outras acho que dão um aspecto muito desiquilibrado à mota, para além do que a minha OCD permite e irrita-me.

Claro que os exemplos que remeto acima, não estou a falar do monobraço de uma NTV, por exemplo. proud

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#29

A minha CB1000R tinha um monobraço lacado vermelho lindo. A 1299 fica brutal com monobraço. Mas que aquilo não me transmite equilíbrio/simetria é uma verdade Para mim.
Responder
#30

(30-10-2017 às 19:52)mariogarcia Escreveu:  A minha CB1000R tinha um monobraço lacado vermelho lindo. A 1299 fica brutal com monobraço. Mas que aquilo não me transmite equilíbrio/simetria é uma verdade Para mim.

Sim é verdade....

Aquilo a andar parece um camião com o ponto de mola partido!!!
Mas porra!!!
Duvido que a RC30 ou a RC45, que foram "pioneiras" nesta solução tivessem falta de rigidez....
Assim como as Sucatis, que na década de 80/90 necessitavam de reafirmar a sua mais valia nos circuitos para vender cá fora!
Mas sim, aquilo anda de lado!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)