Opinião capacete Nexx X30.V
#21

Eu também tenho um caberg, mas o konda.

Andei uns tempos a pesquisar (também falei disto no outro fórum) e de tudo o que eu li, tendo em conta o que pretendia gastar vs o que pretendia de um capacete, pareceu-me a melhor hipótese. Na loja também estive com um Nexx muito giro na mão, mas o vendedor deu-me a entender que era muito giro, mas era de pior qualidade e mais caro.

Ando de mota todos os dias, ainda não tive problemas de maior com o capacete. É certo que embacia às vezes, nos dias de muita chuva\ muito frio lol , mas quer-me parecer que é mais comum do que raro.

O problema que tenho com os capacetes é o mesmo problema que têm todas as mulheres que andem de mota diariamente: Tamanhos demasiado grandes. Eu comprei o tamanho mais pequeno que têm e está largo, na minha humilde opinião. Não voa, mas se fosse um número abaixo não se perderia nada.

I may appear harmless but inside i'm completely badass devil
Responder
#22

Bem, o episódio "comprar capacete" tirou-me algum tempo da minha vida. Mas lá compensou.

Depois de ir à IBA Megastore, passar pela Box 46, avaliar o que estava disposto no Moto salão da Batalha e pedir auxílio também na representante da Yamaha para os lados de Sesimbra, acabei por seguir os conselhos do comercial da Box 46, e comprar o meu HJC Rpha 10.

Avaliação:
  • Preço: 320€
  • Viseiras: Vem com transparente e escurecida. Como sou pendura, ando com a escurecida e é xuxu. De noite e de dia, dá para tudo. E veio da sugestão do David da VFR, que também anda com a escurecida e nunca teve problemas.
  • Cortina de queixo: vem também no "kit" e ajuda nos dias de maior frio, para que o vento não entre com tanta facilidade.
  • Aerodinâmica: Não deu para o testar como deve ser, porque sou pendura. Mas o design dele é mais vantajoso que o Arai do século passado com que andava, tendo em conta que ando numa naked, que a velocidades mais elevadas, sofre o coice do ar. Tem umas rodinhas em cima para abrir umas entradas de ar, que dão imenso jeito para secar o cabelo no verão. blink
  • Som: meh. Lá está, ando como pendura, numa naked. Portanto não dá para avaliar em perfeição. É melhor que o meu Arai de reserva. Tem isolamento qb, para se ouvir o ronronar fantástico da Safira mas não parecer que temos um besouro dentro do ouvido quando se anda na estrada.
  • Pinlock: já vem incluído. Mas se estiver todo fechado, esqueçam que embacia um bocado na mesma.
  • Narigueira: eu não uso, mas também vem incluída. Talvez assim não embaciasse tanto.
  • Interiores: São relativamente fáceis de tirar e lavar. O que eu já fiz, por causa da maquilhagem. Foi dos poucos que eu experimentei, que não me dobrou as orelhas ao enfiar o capacete na cabeça. E tem espaço para óculos. Ah sim, e com as entradas quase todas fechadas (umas não são possíveis), tive calor nas bochechas duas vezes esta semana (e o meu capacete é branquinho!).
  • Fecho: fecha completamente e tem um lock e o manípulo central. Podem achar que dá pouco jeito, mas quando fecha, não abanica tanto a viseira como o Shoei do Saphyr, que tem o fecho de lado e que ele tem de ajustar um botão para fazer o lock total.

Em suma, dou-lhe um 7/10. Podia ser mais insonorizado, mas isso depende de cada um. É confortável embora me sinta alienígena com aquilo na cabeça. Não foi particularmente caro e vem com uns extras que dão jeito, como um saco de transporte (que eu adaptei porque não dava para usar tipo mochila).
De todos o que vi, até os top da Schubert e da Arai, foi o que mais gostei e mais em conta preço/vantagens.


Ah sim, e salvo erro era o capacete do Lorenzo.

[Imagem: hjc-jorge-lorenzo-graffiti-helmet-barcelona.jpg]

"Bom gosto, bom senso e golpe d'asa"
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)