Oficinas margem sul
#41

(23-05-2021 às 12:54)ana_lee2 Escreveu:  Vamos lá ver...

Eu não sou ninguém pra dar lições de moral e não sei tudo no mundo como tal o q vou dizer é só mesmo a minha visão do mundo.

Vocês são do mundo das motas e faz com que a discussão seja “apenas” a inspeção. E tudo bem.

Mas se pensarmos no continente (e nem vou falar de ilhas) há muitas coisas erradas.
Compramos um carro mas pagamos todos os anos um imposto quer andemos quer não andemos.
Compramos uma Mota, idem idem aspas aspas.
Compramos uma moradia, pagamos uma vida imi (ou seja, pagamos na mesma um “aluguer” de um terreno/casa/piscina) q é supostamente nosso.
Pior, compramos um apartamento e pagamos imi de um bocado de ar, pq aí nem um bocado de terreno temos.

Pagamos impostos na água, pagamos impostos na luz, pagamos impostos no gás, pagamos na gasolina... pagamos iva absurdo já pra não falar no irs.
E não vai mudar. Porque continuamos a comer e a calar.

No entanto, acho muito bem haver inspeções pros carros e pras motas.
Mas, mais uma x, como tudo em Portugal, tens cunha tens tudo. E isso sim tá mal.

Portanto, é travar conhecimentos num IPO desta vida ou ser uma pessoa séria e andar com carro/Mota em condições e nada temer.


Enviado usando o Tapatalk

Cuidado com o uso que possam fazer desta última frase.
Até já tag tem! lol

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#42

(23-05-2021 às 12:54)ana_lee2 Escreveu:  Pagamos impostos na água, pagamos impostos na luz, pagamos impostos no gás, pagamos na gasolina... pagamos iva absurdo já pra não falar no irs.
E não vai mudar. Porque continuamos a comer e a calar.

No entanto, acho muito bem haver inspeções

think estas revoltada de pagar tantos impostos mas concordas com uma medida que nada tras de benefico para os motociclistas? Até porque no valor das inspecoes, de certo existe um imposto que vai para o estado.

Nao entendo essa logica. Ate digo mais, quando as inspecoes tiverem ai a porta, de certo muita merda modificada poderá ter a tendencia a diminuir mas nao deve surtir efeito a longo prazo. Conhecendo as pessoas certas, qualquer sucata modificada consegue ter o papel de cor verde como ja acontece com os carros.
Responder
#43

(23-05-2021 às 13:32)Nfilipe Escreveu:  
(23-05-2021 às 12:54)ana_lee2 Escreveu:  Pagamos impostos na água, pagamos impostos na luz, pagamos impostos no gás, pagamos na gasolina... pagamos iva absurdo já pra não falar no irs.
E não vai mudar. Porque continuamos a comer e a calar.

No entanto, acho muito bem haver inspeções

think estas revoltada de pagar tantos impostos mas concordas com uma medida que nada tras de benefico para os motociclistas? Até porque no valor das inspecoes, de certo existe um imposto que vai para o estado.

Nao entendo essa logica. Ate digo mais, quando as inspecoes tiverem ai a porta, de certo muita merda modificada poderá ter a tendencia a diminuir mas nao deve surtir efeito a longo prazo. Conhecendo as pessoas certas, qualquer sucata modificada consegue ter o papel de cor verde como ja acontece com os carros.


Tens de aprender a não ler na diagonal.

Não me importaria de haver inspeções se não fosse só pq sim. Pq acho q deveria haver fiscalização seria.
Mas tb sei q o vão fazer só pra ganhar €, como nos carros. Em q já vi latas de Coca-Cola esmagadas com os pés em melhor estado que alguns carros.


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#44

Continuo a nao compreender! Deve ser da idade. Gostavas que houvesse inspeções mas se fossem sérias?! Mas mesmo por saber que elas podem vir a existir mas pelas razões erradas é que estou contra. Nao percebo o dilema.

E vamos la ver uma coisa. Ter a mota alterada, esteticamente é uma questão gosto pessoal. Ninguem deve ser punido por lei quanto isso, ou melhor nao deveria. Mas o conceito da liberdade, é ambíguo.
Agora mudar a mota de maneira a que haja uma redução na segurança, para o proprietário e os demais que andam na estrada, é outra coisa diferente. E contra isso nao estou.
Responder
#45

(23-05-2021 às 13:50)Nfilipe Escreveu:  Continuo a nao compreender! Deve ser da idade. Gostavas que houvesse inspeções mas se fossem sérias?! Mas mesmo por saber que elas podem vir a existir mas pelas razões erradas é que estou contra. Nao percebo o dilema.

E vamos la ver uma coisa. Ter a mota alterada, esteticamente é uma questão gosto pessoal. Ninguem deve ser punido por lei quanto isso, ou melhor nao deveria. Mas o conceito da liberdade, é ambíguo.
Agora mudar a mota de maneira a que haja uma redução na segurança, para o proprietário e os demais que andam na estrada, é outra coisa diferente. E contra isso nao estou.


Não é pq há corrupção que vou ser contra as coisas.
E então tb tas a contradizer-te: pq deviam puder alterar mas afinal não pq poe em risco a segurança.

Sim, seria completamente a favor se fosse sério.


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#46

Afinal, tu é que precisas de ler melhor! lol existe tanta alteração que se pode fazer numa mota que nao altera nem reduz a segurança. Agora mudar um quadro de uma mota, como alguns mudam, vai muito alem disso.
Responder
#47

E tu és contra uma e a favor de outra.
Se não há inspeção como controlas isso?

Agora vais-me dizer que há corrupção nas inspeções e q vao passar na mesma. Concordo.

Mas então diz-me outra solução.


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#48

(23-05-2021 às 10:58)KOK Escreveu:  PS:O que me chateia é perceber que as inspeções são consequência das asneiras, dos que agora são contra as inspeções, andaram/andam a fazer.


Não concordo.

Sempre me lembro de existir legislação para tudo o que chamas de "asneiras" e a postura das autoridades sempre foi bastante... permissiva!

Só o passado (2020) é que se assistiu pela primeira vez a campanhas de fiscalização massivas, específicamente dirigidas a motociclos no sentido de validar "alterações" deste tipo.

Não estou a opinar sobre estas acções porque não é isso que está em causa.
O que está em causa é que a legislação existe. E que a autoridade sempre teve as ferramentas para agir em conformidade.

Portanto, onde entra aqui as inspecções?

Isto é um tema recorrente há quase 20 anos...
E a entidade mais interessada foi sempre a ANCIA.
Uma associação com ligações partidárias e dirigida pelos caciques das principais cadeias de centros de inspecção.

Os mesmos cujo alargamento dos seus centros a motociclos permitirá aumentar consideravelmente as receitas.

Já se assistiu a diversas estratégias destes para proteger o negócio:

Há uns anos pressionaram o governo afirmando que tinham feito investimentos na preparação dos centros. Mas algo que caiu por terra porque nem sequer existia nada sobre como as inspeções deveriam ser feitas..

Mais recentemente apoiaram-se num suposto aumento da sinistralidade e patrocinaram campanhas com o auxílio da comunicação social indicando valores que chegam a ser desmontados por um deputado.

Podemos desenterrar diversos argumentos pro-ipo mas não me ocorre nenhum especialmente dirigido à malta que tira os espelhos e monta o akrapochina.

A única coisa que muda na próxima investida das IPO é que surge por directivas Europeias.. e aí a coisa já muda de figura.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#49

(23-05-2021 às 14:30)dfelix Escreveu:  
(23-05-2021 às 10:58)KOK Escreveu:  PS:O que me chateia é perceber que as inspeções são consequência das asneiras, dos que agora são contra as inspeções, andaram/andam a fazer.


Não concordo.

Sempre me lembro de existir legislação para tudo o que chamas de "asneiras" e a postura das autoridades sempre foi bastante... permissiva!

Só o passado (2020) é que se assistiu pela primeira vez a campanhas de fiscalização massivas, específicamente dirigidas a motociclos no sentido de validar "alterações" deste tipo.

Não estou a opinar sobre estas acções porque não é isso que está em causa.
O que está em causa é que a legislação existe. E que a autoridade sempre teve as ferramentas para agir em conformidade.

Portanto, onde entra aqui as inspecções?

Isto é um tema recorrente há quase 20 anos...
E a entidade mais interessada foi sempre a ANCIA.
Uma associação com ligações partidárias e dirigida pelos caciques das principais cadeias de centros de inspecção.

Os mesmos cujo alargamento dos seus centros a motociclos permitirá aumentar consideravelmente as receitas.

Já se assistiu a diversas estratégias destes para proteger o negócio:

Há uns anos pressionaram o governo afirmando que tinham feito investimentos na preparação dos centros. Mas algo que caiu por terra porque nem sequer existia nada sobre como as inspeções deveriam ser feitas..

Mais recentemente apoiaram-se num suposto aumento da sinistralidade e patrocinaram campanhas com o auxílio da comunicação social indicando valores que chegam a ser desmontados por um deputado.

Podemos desenterrar diversos argumentos pro-ipo mas não me ocorre nenhum especialmente dirigido à malta que tira os espelhos e monta o akrapochina.


Então tb és contra as inspeções dos carros?


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#50

O facto de sempre ter havido asneiras, não implica que possam continuar a existir. Se a legislação existe e não a cumprem, provavelmente (e não digo que seja o mais correcto, mas uma iniciativa é melhor do que nenhuma) estão a tentar outros meios de a fazer cumprir. Infelizmente tbm não me parece que vá resultar, mas pode levar a uma diminuição dessas "asneiras".
Os radares tbm não impedem ninguém de andar em velocidades proibidas, mas já colocam muito mais gente a pensar nas consequências, se o fizerem.

Eu nem sequer sou pro-IPO.

O que me faz confusão é haver tanta oposição às mesmas, pelos motivos errados.
Apenas isso. Chama-se a esse fenómeno, falta de argumentos

E saliento que é a minha opinião de uma forma generalizada, baseada em muitas opiniões colhidas, e não direcionada a ninguém em particular.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)