o tópico do som puro ♪♫
#21

Malvo: excelentes Kawasakis, com um som e linhas fabulosas!

e a Bimota BB1 Supermono então... é o melhor dos 2 mundos: o design italiano aliado à excelente mecânica alemã, apesar do motor não ser BMW, mas sim o monocilíndrico das F650 que foi feito pela Austríaca Rotax, propriedade da Bombardier

o nome BB1 significa BMW Bimota Nº 1

cumprimentos

actual 1984 Yamaha FJ 1100 (36Y) 1097cc 125cv

ex-1986 BMW K100 RT (K589) 987cc 90cv
ex-2001 Yamaha XJ600 Diversion S (4BRG) 599cc 61cv
ex-1993 Suzuki GS500 E (GSE) 487cc 49cv
ex-1996 Suzuki GN 125 (053) 124cc 13cv
ex-1999 Suzuki AY50 Katana WR (P53) 49cc 7cv
Responder
#22

Houve uma época em que as marcas decidiram mandar cá para fora desportivas monocilíndricas, impulsionadas pelo campeonato SoS (Sound of Singles).

A Ducati também teve uma Supermono, com design do Terblanche. E usou um motor com um sistema de dupla biela e veio de equilíbrio, para efeito de fazer o contrabalanço à cambota e reduzir as vibrações. Sistema este, que mais tarde a BMW e a Rotax pegaram, para desenvolver o twin de cambota a 360º, que montaram nas F800 e Husqvarna Nuda (em versão de 900cc).

E da Yamaha Belgarda, em Itália, nesta onda de desportivas monocilindricas, surgiu ainda a SZR660, montando o mesmo motor que já usavam nas Teneré.
Responder
#23

Responder
#24

Responder
#25

Mantendo o tema, sai mais um mono para a mesa 2 smile


https://www.youtube.com/watch?v=ntQDPRK_3zg
Responder
#26

Que tal um Wankel??

devil

https://www.youtube.com/watch?v=dQt6oitlViE
Responder
#27

viva

são motos únicas, realmente!

eu pessoalmente não gosto das monocilíndricas por serem demasiado "pontudas" e "ásperas"... e num aperto se ficares sem um (o único) cilindro ficas apeado... por exemplo, uma vez de madrugada no Inverno liguei a moto (4 cilindros) para ir trabalhar... mas só 2 cilindros "acenderam" (velas)... a moto foi a "coxear" pelo caminho, até que a metade da viagem lá "acendeu" os outros 2... consegui chegar ao trabalho a tempo e horas... se fosse uma monocilíndrica já ia chegar (muito) atrasado  disapointed

as bicilíndricas... "é naquela"... não gosto muito do som estilo tractor (faço uma excepção para as BMW e Ducati)... mas sempre temos um cilindro extra para o caso do outro falhar

as hexacilíndricas são hiper-suaves e têm um som fantástico... mas não estão ao alcance de todos... kudos para a raínha Goldwing

portanto o equilíbrio/meio termo cai nas tetracilíndricas... potência vs suavidade vs praticalidade... óbvio que há uns motores melhores que outros... mas a variedade e escolha é imensa!

cumprimentos

actual 1984 Yamaha FJ 1100 (36Y) 1097cc 125cv

ex-1986 BMW K100 RT (K589) 987cc 90cv
ex-2001 Yamaha XJ600 Diversion S (4BRG) 599cc 61cv
ex-1993 Suzuki GS500 E (GSE) 487cc 49cv
ex-1996 Suzuki GN 125 (053) 124cc 13cv
ex-1999 Suzuki AY50 Katana WR (P53) 49cc 7cv
Responder
#28

(07-08-2020 às 13:02)vitorino Escreveu:  portanto o equilíbrio/meio termo cai nas tetracilíndricas... potência vs suavidade vs praticalidade... óbvio que há uns motores melhores que outros...

CLaro... os das Suzettes são muito melhores que os outros... e se forem os sacs... a tudo isso... juntas os motores mais bonitos alguma vez fabricados.

[Imagem: 6bAJ0sG.jpg]

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#29

(07-08-2020 às 13:02)vitorino Escreveu:  viva

são motos únicas, realmente!

eu pessoalmente não gosto das monocilíndricas por serem demasiado "pontudas" e "ásperas"... e num aperto se ficares sem um (o único) cilindro ficas apeado... por exemplo, uma vez de madrugada no Inverno liguei a moto (4 cilindros) para ir trabalhar... mas só 2 cilindros "acenderam" (velas)... a moto foi a "coxear" pelo caminho, até que a metade da viagem lá "acendeu" os outros 2... consegui chegar ao trabalho a tempo e horas... se fosse uma monocilíndrica já ia chegar (muito) atrasado  disapointed

as bicilíndricas... "é naquela"... não gosto muito do som estilo tractor (faço uma excepção para as BMW e Ducati)... mas sempre temos um cilindro extra para o caso do outro falhar

as hexacilíndricas são hiper-suaves e têm um som fantástico... mas não estão ao alcance de todos... kudos para a raínha Goldwing

portanto o equilíbrio/meio termo cai nas tetracilíndricas... potência vs suavidade vs praticalidade... óbvio que há uns motores melhores que outros... mas a variedade e escolha é imensa!

cumprimentos

Não é que tenha conduzido muitas motos, mas sempre gostei de monos, acho piada a forma como reagem, como vibram, e até ao ruido!
Responder
#30

Com tanta coisa que pode avariar numa mota, acho que o cilindro deixar de bulir será a menor das preocupacoes. Mesmo no caso de um mono. Eu tb achava bue piada a motas tipo tractor, por isso tive uma, uma Xt 600 mas depois da experiencia fiquei um pouco desulidido. É fixe e tal mas é para dar umas voltitas por perto, voltas grande é demasiado maçado montado num mono. Mas d certo que os monos actuais tb devem ser mais agradaveis... Penso eu
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)