Novos esquemas de cores para 2019
#21

E o vencedor do campeonato de quotes, é...?
Responder
#22

(18-07-2018 às 17:09)dfelix Escreveu:  
(17-07-2018 às 15:01)carlos-kb Escreveu:  Há falta de novidades... então apresentam-se "novas cores"!!!  lol

São só novos esquemas de cores nas motos que não devem sofrer outras alterações para 2019.
As novidades propriamente ditas só deveremos conhecer em Novembro pelo EICMA.

Acredito que este ano as maiores novidades da BMW rodem mais à volta do novo motor 850. Não me admirava que o novo crossplane viesse a incorporar os outros segmentos para além das Gelland Strasse... F850R e/ou F850 ST/GT? Ou até mesmo uma F850XR, com um vínculo mais estradista???!!!

A S1000RR também deverá ser refrescada (e spy-shots não faltam por aí)... afinal desde já vai no terceiro ano desde que sofreu o último "up-grade" de realce, num segmento de concorrência aguerrida.

Ainda antes da EICMA, este ano há a Intermot (bienal). Grande parte das novidades , como possivelmente e é hábito, nem sequer esperarão por Milão. Ainda mais no caso concreto dos bávaros, que não irão descurar a possibilidade de dentro de portas, mostrar ao mundo o que de novo vem aí.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#23

(18-07-2018 às 17:34)carlos-kb Escreveu:  Ou até mesmo uma F850XR, com um vínculo mais estradista???!!!

Faz todo o sentido.
A BMW está nisto para facturar. E ataca em todas as frentes.
Uma F850XR seria algo capaz de provocar alguma comichão nas Tracers.
Responder
#24

(18-07-2018 às 12:54)2low Escreveu:  
(17-07-2018 às 22:39)dmanteigas Escreveu:  
(17-07-2018 às 21:39)michelfpinto Escreveu:  Deu para saber que ainda não é este ano que renovam a S1000 XR!


Pode ser que apresentem este ano na EICMA a 9cento que me parece vir para o mesmo segmento da S1000XR

E depois de aparecer a "9cento" em duas motorizações, uma mais potente e outra mais limitada devem acabar é com a S1000XR...

O que tem uma coisa a ver com outra? Então deve a Yamaha acabar com a MT-10 só porque tem a MT-09?

E eu falava em renovar, que se não é este ano deverá ser para o ano.



Depois, e referente ao que se escreveu depois, a BMW como nos carros, tem essencialmente uma gama com outros argumentos em comparação com a Yamaha... A Yamaha é generalista e tem alguns produtos para massas que são interessantes e tem feito um trabalho muito bom de marketing e divulgação.

A Tracer 900 GT embora uma mota interessante está muito longe das ofertas de topo, em tudo...

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#25

(18-07-2018 às 11:18)hjjs Escreveu:  
(17-07-2018 às 21:04)vindaloo Escreveu:  Fiquei a saber que existe um modelo bmw que e a C 400 X que me parece entrar directamente para o top 5 dos modelos mais desenxabidos que tenho memoria!

[Imagem: 110817-2018-bmw-c400x-f.jpg]

As cores da R Nine estao muito giras!


Coisa "mai" linda!!! vomit

lol lol lol cucaralho é uma famel! lol lol lol 

Quanto às cores… o marketing é sempre a mesma merda: as cores continuam quase iguais mas tiram uns autocolantes aqui, acrescentam autocolantes ali, tiram um cinza aqui, poem um preto ali e depois dão uns nomes topos supimpas e voilá: a merda que era do ano passado, continua a ser a mesma merda no novo ano mas com um nome mais bonito…  lol
Responder
#26

O Manteigas penso que já experimentou uma F850...penso que até poderá dar um contributo em termos de motorizações. 

Acredito um pouco no vindaloo (nas de motorização mais alta e motas com mais cavalagem e mais corpo) e sou fiel ao argumento do Félix (na média cilindrada 700)800/900 em que os 4 canecos já deram uvas e que hoje em dia temos uma duke 790 com um motor 2 cilindros mais leve e mais potente de fábrica...de sempre??)

Cada moto tem o seu argumento mas também percebo um pouco a ideia do Manteigas relativamente ao triple...do qual tb gosto muito...

Posto isto, a XR é uma Ganda mota! (Mas que já merece aquele upgrade...leds, ecrãs a cores, toda aquela planópia como o cliente (não) BMW gosta  bigsmile  )

Velasquez87
Responder
#27

(18-07-2018 às 20:47)Velasquez87 Escreveu:  temos uma duke 790 com um motor 2 cilindros mais leve e mais potente de fábrica...de sempre??)


Números muito pouco impressionantes os da KTM

Exemplo:

[Imagem: kawasaki-zx6-636.jpg]

Potencia: 137 cv VS 103 cv
Torque: 72n.m VS 83 n.m
Peso: 179 kg VS 169 kg (a seco)

(aparte... estamos a comparar uma mota com 14 anos com uma saída este ano)


A questao do desaparecimento das 600 tetras seja em formato desportivo ou utilitario e assunto para outro topico.

Mas deve-se acima de tudo a:

1) A 1000cc ficaram maneaveis e permissivas. O 'bife' que alguns nao queriam comer para conduzir uma 1000 deixou de ser necessário.

2) E principal: As motas e os condutores hoje estao uns autenticos C(h)oninhass!! Entre consumos, emissoes, preco baixo e nao saberem conduzir um motor pontudo, abichanaram este mundo motard com gamas de motas fofinhas e passe a citacao: higienicas.

Parece que ja nao da gozo ir com uma mota a berrar sempre acima das 10k... como se hoje a nossa mente e liberdade esteja castrada que um gajo para fazer isso, se sinta culpado porque esta a matar um pinguim no alaska ou assim..


Responder
#28

Certo...mas o comparativo impressiona-me ainda mais porque sendo o 790 um bicilindrico, tem números únicos e impressionantes nessa mesma característica (não desfazendo o dessa bela máquina Kawasaki)

Mas atenção e para concluir: Não nos podemos esquecer que há bem pouco tempo atrás havia uma proporção muito maior de 4 cilindros do que 2 cilindros...é natural que os números dessa arquitectura estejam bem desenvolvidos  blink

Velasquez87
Responder
#29

(18-07-2018 às 20:47)Velasquez87 Escreveu:  O Manteigas penso que já experimentou uma F850...penso que até poderá dar um contributo em termos de motorizações. 


Já experimentei e já partilhei algures (não tenho a certeza se foi neste forum). O motor da F850 GS está a anos luz do da Tracer em todos os aspetos. Mas também são motas substancialmente diferentes, a F850 GS é uma aventureira com um preço ao nivel da Super Tenere por exemplo (da qual também gostei bastante mais que da F850GS apesar de não apreciar o estilo). A Tracer tem 0 de Aventura para além das suspensões altas. Uma mota onde se não temos cuidado estamos constatemente a raspar os coletores em algum lado  lol

Citar:A Tracer 900 GT embora uma mota interessante está muito longe das ofertas de topo, em tudo...

Michel, longe das ofertas de topo em quê? No preço, possivelmente. De resto, diz-me aí uma mota de 12600€ que traga tudo o que a 900GT trás. Até podes expandir o valor e ir a motas de 14 ou 15 mil. E não sou eu que o digo. São os numeros de vendas e os stands que as vendem. Eu comprei a minha na Benimoto que vende Suzuki, kawasaki, Aprillia, Honda e Yamaha. Sabes o que é que eles, que vendem as motas de todas as marcas, dizem? Que a Tracer 900GT está a léguas da concorrência por isso é que têm lá as versys, vstrom, caponord, CrossRunner a apanhar pó em exposição e da 900GT se fores lá comprar agora provavelmente só para Outubro/Novembro é que te entregam a mota. Claro que temos noção que não é uma Multistrada 950. Mas também custa menos 3 ou 4 mil euros. "Value for money" como muitas das reviews a têm caracterizado. A GSA mete toda a concorrência direta num bolso bem pequenino... mas também custa uma tonelada de dinheiro a mais que toda a concorrência, portanto mal fosse se não fosse muito superior

Citar:A Yamaha tem um catálogo bastante razoável, sobretudo no que diz respeito a motos orientadas ao comum mortal.
Mas daí a ser "a melhor" oferta... calma.

O que é que a Yamaha tem que a BMW não tenha tão bom ou melhor? A Niken? [Imagem: 5-smile.png] 

dfelix, como disse atrás não se trata de ter melhor ou pior. A BMW pode ter a melhor mota em cada segmento, de que é que isso lhe vale se depois o consumidor opta por pagar menos e ter algo que é realisticamente aquilo que procura? A Yamaha tem uma oferta que vai de encontro aquilo que o cliente procura. A F800R custa o mesmo que uma MT-09SP e mais 3000€ que uma MT-07. Pode ser melhor que uma MT-07, mas fica a anos luz da MT-09SP naquilo que realmente interessa ao consumidor deste segmento. Por isso é que é um flop de vendas e as MT-07 e MT-09 vendem-se aos pontapés. Porque são produtos melhores para o comum mortal e vão de encontro aquilo que o cliente valoriza.

E nem vou entrar na parte do design, que a F800R, uma mota virada para um mercado jovem, têm um visual que só pode agradar a velhos de 80 anos  lol E se optarem por fazer uma versão desta com o motor da 850 GS... mais vale nem gastarem dinheiro! É que podemos não entrar nas discussões das vendas, mas a Yamaha só na Europa vende quase tanto como a BMW no mundo todo... por algum motivo será.

Quanto à XSR vs nineT... bem a nineT custa para cima de 16000€, a XSR900 (uma mota da qual eu fiquei completamente fã depois de a experimentar) custa 10000€... é uma discussão que nem faz sentido porque o cliente da nineT nunca consideraria a XSR na discussão, são patamares diferentes. A Yamaha fez uma heritage para as massas, a BMW como é o seu apanágio fez uma heritage para ricos.
Responder
#30

(19-07-2018 às 09:31)dmanteigas Escreveu:  
(18-07-2018 às 20:47)Velasquez87 Escreveu:  O Manteigas penso que já experimentou uma F850...penso que até poderá dar um contributo em termos de motorizações. 


Já experimentei e já partilhei algures (não tenho a certeza se foi neste forum). O motor da F850 GS está a anos luz do da Tracer em todos os aspetos. Mas também são motas substancialmente diferentes, a F850 GS é uma aventureira com um preço ao nivel da Super Tenere por exemplo (da qual também gostei bastante mais que da F850GS apesar de não apreciar o estilo). A Tracer tem 0 de Aventura para além das suspensões altas. Uma mota onde se não temos cuidado estamos constatemente a raspar os coletores em algum lado  lol

Citar:A Tracer 900 GT embora uma mota interessante está muito longe das ofertas de topo, em tudo...

Michel, longe das ofertas de topo em quê? No preço, possivelmente. De resto, diz-me aí uma mota de 12600€ que traga tudo o que a 900GT trás. Até podes expandir o valor e ir a motas de 14 ou 15 mil. E não sou eu que o digo. São os numeros de vendas e os stands que as vendem. Eu comprei a minha na Benimoto que vende Suzuki, kawasaki, Aprillia, Honda e Yamaha. Sabes o que é que eles, que vendem as motas de todas as marcas, dizem? Que a Tracer 900GT está a léguas da concorrência por isso é que têm lá as versys, vstrom, caponord, CrossRunner a apanhar pó em exposição e da 900GT se fores lá comprar agora provavelmente só para Outubro/Novembro é que te entregam a mota. Claro que temos noção que não é uma Multistrada 950. Mas também custa menos 3 ou 4 mil euros. "Value for money" como muitas das reviews a têm caracterizado. A GSA mete toda a concorrência direta num bolso bem pequenino... mas também custa uma tonelada de dinheiro a mais que toda a concorrência, portanto mal fosse se não fosse muito superior

Citar:A Yamaha tem um catálogo bastante razoável, sobretudo no que diz respeito a motos orientadas ao comum mortal.
Mas daí a ser "a melhor" oferta... calma.

O que é que a Yamaha tem que a BMW não tenha tão bom ou melhor? A Niken? [Imagem: 5-smile.png] 

dfelix, como disse atrás não se trata de ter melhor ou pior. A BMW pode ter a melhor mota em cada segmento, de que é que isso lhe vale se depois o consumidor opta por pagar menos e ter algo que é realisticamente aquilo que procura? A Yamaha tem uma oferta que vai de encontro aquilo que o cliente procura. A F800R custa o mesmo que uma MT-09SP e mais 3000€ que uma MT-07. Pode ser melhor que uma MT-07, mas fica a anos luz da MT-09SP naquilo que realmente interessa ao consumidor deste segmento. Por isso é que é um flop de vendas e as MT-07 e MT-09 vendem-se aos pontapés. Porque são produtos melhores para o comum mortal e vão de encontro aquilo que o cliente valoriza.

E nem vou entrar na parte do design, que a F800R, uma mota virada para um mercado jovem, têm um visual que só pode agradar a velhos de 80 anos  lol E se optarem por fazer uma versão desta com o motor da 850 GS... mais vale nem gastarem dinheiro! É que podemos não entrar nas discussões das vendas, mas a Yamaha só na Europa vende quase tanto como a BMW no mundo todo... por algum motivo será.

Quanto à XSR vs nineT... bem a nineT custa para cima de 16000€, a XSR900 (uma mota da qual eu fiquei completamente fã depois de a experimentar) custa 10000€... é uma discussão que nem faz sentido porque o cliente da nineT nunca consideraria a XSR na discussão, são patamares diferentes. A Yamaha fez uma heritage para as massas, a BMW como é o seu apanágio fez uma heritage para ricos.

Mais um no Dark Side! proud


Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)