Nova Africa Twin
#1

She's back... and revealed!
____________________________________

New Honda Africa Twin revealed

Published: 12 May 2015

Honda have released the first official images and technical information about their new rally-inspired adventure bike, also confirming that it will revive the iconic Africa Twin name.

[Imagem: SmnZxid.jpg]

The firm showed a ‘True Adventure’ concept bike at the Milan show in November last year, which looked largely ready for release, but offered scant confirmed detail about the new model, or when it would be unveiled. These teaser images reveal much of the missing detail, while Honda have also confirmed that the new CRF1000F Africa Twin will arrive in dealers in late 2015, well ahead of expectation.

[Imagem: ThSvfsX.jpg]

Highlights


   1000cc parallel-twin
   Serious off-road ability
   Optional Dual Clutch Transmission
   Spoked wheels
   In dealers in Autumn 2015

[Imagem: HTlj7NT.jpg]

CRF, not HRC
The NXR750V, a full HRC race machine, faced stiff competition in the gruelling Paris-Dakar through the late 1980s, winning in 1986, 87, 88 and for the final time in 1989. When Honda first released an Africa Twin back in 1988 to celebrate their rally successes, it drew its name from the Dakar bikes and the off-road XR range, the V clarifying its engine configuration.

Two years after the XRV650 arrived, the firm upped the engine capacity, and the XRV750 was born, a bike that would stay in production (with two updates) until 2003. The new bike makes its intent clear by also drawing its name from the current Dakar bike and off-road range. The only magic missing from the CRF1000F decals on its flanks are the HRC initials that added such kudos to the original, while the Africa Twin name carries full prominence on the upper cowls.

Easily turned on and off-able
While it can’t carry the HRC badge, there’s little doubt that the new Africa Twin will boast the necessary skills to cross the continent it’s named after – whatever the terrain. Despite it’s predecessor becoming ever more refined for the road, the new version has made its dirt-loving intent clear from the off. The styling draws heavily on the CRF450 Rally, while the standard trim reflects its adventure readiness.

The bars are high, wide and purposefully fat, with handguards fitted as standard, while the footpegs are bear-claw style off-road items designed for grip when the going gets muddy. Thankfully, they’re also fitted with removable rubber blocks for added road comfort and vibration reduction.

The wheels are spoked for increased ruggedness, and the standard tyres look aggressive enough to cope with all but the stickiest of terrains, while the ‘petal’ type discs will help fling themselves clean of mud.

Above the large all-digital dash is also a bar ready to accommodate a road-book or – more likely – a large satnav (guaranteed to be an offered accessory), giving the rider line-of-sight navigational aids.

Simple delivery
While many will mourn the lack of a v-twin thumping away in the new Africa Twin, the 1000cc parallel-twin is a far more savvy move by the firm. There are many benefits, but three stand out above all others. Firstly, it’s cheaper to produce a parallel-twin, which in turn allows Honda to keep the price down, while also looking at more beneficial places at which to throw budget and production time – like the optional Dual Clutch Transmission.

Secondly, the packaging of the motor provides a useful void behind the cylinders to nestle all the electronics and control systems, nicely protected and contributing to the bike’s mass centralisation. Thirdly, it’s much easier to work on when something goes wrong in the remote depths of your global adventure – and the delivery from a parallel is barely less engaging than a Vee these days anyway.

Clutchless snickers
Honda have been the modern pioneer of dual clutch transmissions on road-going motorcycles, and have now sold over 35,000 globally since 2010, but the Africa Twin will be their first truly off-road bike to have the firm’s innovative gearbox as an option. This new evolution of the Dual Clutch Transmission (DCT) has been specifically developed and programmed to provide off-road ability, allowing the rider to concentrate on braking and steering, while the electronically actuated gearbox looks after providing optimum drive to the back wheel. The system will be switchable, allowing the rider to choose gears via buttons on the switchgear, or an optional foot lever, or a fully automatic mode that will do all the hard work and thinking for you. The fact that drive is automatically removed as the bike comes to a stop should also massively reduce the frequency of stalls when negotiating tricky terrain at walking pace, too.

True adventure
There’s no great subtlety in the name Honda chose for their prototype. It was called True Adventure because it encompasses what the new Africa Twin is all about. This is not aimed at the aluminium-panniered Chelsea poseur looking for the appearance of adventure, it’s firmly pitched at true adventure – a bike that can be ridden on road and off it, with near-equal concessions to either terrain, meaning you really should be able to go anywhere.


fonte

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#2

Este mota tem tantos seguidores que pedem valores absurdos pelas versões anteriores no mercado de usados.
Mas que de facto tem uma carisma especial lá isso tem, não faz o meu estilo de mota mas gosto bastante da mota porque é purista, ou seja, mantêm a ideia original das maxitrail (as versões anteriores).
Vamos esperar para ver se vai ser a pedrada no charco (Charco = maxitrails híper mega super desportivas, que para off road não servem de nada).

Em caso de dúvida, acelere...
Responder
#3

Uma maxi scooter para offroad! Caganda pinta!
Responder
#4

(14-05-2015 às 17:38)dfelix Escreveu:  Uma maxi scooter para offroad! Caganda pinta!

Não sejas assim.... O DCT, tal como acontece noutras, é opcional! smile

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#5

(14-05-2015 às 17:38)dfelix Escreveu:  Uma maxi scooter para offroad! Caganda pinta!

Brilhante!! clap clap clap
Não conseguia dizer melhor!! clap clap clap

Actualmente a Honda é a marca mais "sem sal" entre as japonesas. Esta deve ser mais uma, só tem um nome "mítico" agarrado.
Responder
#6

(14-05-2015 às 18:36)Johnny_1056 Escreveu:  
(14-05-2015 às 17:38)dfelix Escreveu:  Uma maxi scooter para offroad! Caganda pinta!

Brilhante!! clap  clap  clap
Não conseguia dizer melhor!! clap  clap  clap


lol Vá Johnny e dfelix.... não se acanhem.... contem lá aqui "à gente" o que vocês pensaram há cerca de 3 ou 4 anitos atrás, quando viram a noticia de lançamento da Crosstourer???!!!  bigsmile

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#7

Boas;
Carlos-kb, tens mesmo a certeza de que é isso que queres?? lol
Acho que conseguíamos derreter o limite de post dum tópico. lol

Cruzei-me com uma num stand da Honda recentemente e fugi de lá com medo que aquilo fosse peçonhento. dead
Responder
#8

(14-05-2015 às 18:42)carlos-kb Escreveu:  Vá Johnny e dfelix.... não se acanhem.... contem lá aqui "à gente" o que vocês pensaram há cerca de 3 ou 4 anitos atrás, quando viram a noticia de lançamento da Crosstourer???!!!  bigsmile

A opinião é a mesma que tenho hoje:  
Num período em que o mercado estava hipnotizado pela GS e não existindo uma maxitrail no catálogo da Honda há anos, eis que a decidem fazer uma espécie de Multistrada com os restos de VFR que tinha lá na fábrica.  lol

Era suposto dar certo...
Se marcas como a Porsche facturaram nas horas a fazer SUV's, porque é que a Honda não poderia descobrir a receita dos SUV's de duas rodas!

...not!
Responder
#9

(14-05-2015 às 20:26)dfelix Escreveu:  
(14-05-2015 às 18:42)carlos-kb Escreveu:  Vá Johnny e dfelix.... não se acanhem.... contem lá aqui "à gente" o que vocês pensaram há cerca de 3 ou 4 anitos atrás, quando viram a noticia de lançamento da Crosstourer???!!!  bigsmile

A opinião é a mesma que tenho hoje:  
Num período em que o mercado estava hipnotizado pela GS e não existindo uma maxitrail no catálogo da Honda há anos, eis que a decidem fazer uma espécie de Multistrada com os restos de VFR que tinha lá na fábrica.  lol

Era suposto dar certo...
Se marcas como a Porsche facturaram nas horas a fazer SUV's, porque é que a Honda não poderia descobrir a receita dos SUV's de duas rodas!

...not!


Devo concordar que a crosstourer é exactamente um aproveitamento da estrutura da VFR, o que a dota de uma comportamento exemplar na estrada. Em offroad o melhor é não comentar.

Eu não desarmo enquanto não ver os numeros desta maquina, principalmente o peso em ordem de marcha.
Para já, esteticamente não está mal.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#10

Pensei que seria apresentado uma máquina dentro dos parâmetros (ou melhores) da Transalp, já que esta não está nos planos da marca. E agora com uma Crosstourer, uma CrossRunner e as NC, a parte adventure no catálogo fica um pouco esquesita.
O que me deixa um pouco desiludido. Como comentei no tópico das "Melhores Turísticas", na minha opinião, uma moto que é para viajar será sempre algo mais lightweight do que isto. Mas o problema transversal ás maxi-trails é mesmo essa dualidade de performances, uma maravilhosa utilização em estrada (fazendo corar algumas GT) e uma difícil equiparação na utilização offroad. Não sou conhecedor, mas talvez essa "problemática" seja menos incisiva nas Beemers e nas Ktm. Torna-se ainda mais penoso em relação à Honda porque foi a marca que lançou duas máquinas que eu sempre gostei, a Dominator e a Transalp.

No entanto, não posso duvidar desta AfricaTwin. Sem ler os specs, até posso acreditar que seja a melhor oferta da marca neste periodo mais recente. Senão vejamos:
NC, não vale a pena bater mais no ceguinho.
Crosstourer/Runner, por muito bom que seja aquele VFR, não fez a diferença (principalmente offroad)
CB500X, pode ser uma surpresa na parte da fiabilidade, mas é uma utilitária. Ponto.
CRF250, parece-me a verdadeira aventureira da Honda por agora.

Mas que seja lançada, o nome certamente apelará a muitos.

Suzuki Vanvan
N2
 Picos
 Firewatcher
Passeata raiana
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)