Mudança de planos
#71

(13-01-2015 às 12:06)Saphyr Escreveu:  Carlos, as proteções de costas, nas marcas grandes nunca vêm com o casaco, e nas outras, como a CP, vem uma tablete de cartão ou esponja, que estar lá ou não vai dar ao mesmo.
Atenção às proteções, no alpinestars diz lá "sold separately",  e atenção às bolsas de encaixe.

Cartão?! Esponja?! disapointed

As protecções do C.P. eram semelhantes, por exemplo, aos Drenaline, Spyke ou Bering, que vi, dentro do price tag que pretendia gastar (até 200 euros). Também experimentei na C.P. um Alpinestars. E a protecção das costas era num material aborrachado e compostos em duas faces prensadas uma à outra, com a diferença que nuns era rígida, noutros tinha recortes que lhes dava uma certa articulação / moldagem. Até na Sportzone estive a experimentar os Haisen, igualmente com o mesmo tipo de protecções. E também fui ao Cartaxo experimentar os Dainese, mas por acaso não abri o compartimento da protecção das costas.

Nada invalida depois, como disse, que optes por uma protecção para as costas mais xpto, desde que caiba na bolsa aonde está alojada. E com a variedade de oferta que há, não deve ser complicado encontrar uma adequada. Eu nunca tive ou vi necessidade disso.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#72

Os meus casacos da CP tinham uma proteção esponjosa, não eram nada de especial, não sei se existem outros modelos com outro tipo de proteções.
Responder
#73

Não faças por encomenda shady. Nem olhes só a marcas. Eu também tenho o problema de gostar sempre das coisas mais caras e mais recentes, mas quando não há dinheiro, um gajo vai aos saldos. Sim, 500€ dão para iniciares, mas não é para pensares que fica por aqui, por provavelmente daqui a uns meses vais estar a fazer como o Rod disse, vais precisar disto, daquilo, e depressa o orçamento sobe. Eu quando comprei a moto ofereceram-me um capacete CMS (super simples, nem anti-fog tem), gastei 130€ num blusão Drenaline com as protecções todas (se bem que a das costas é o tal 'cartão') que até tem forro para tirar no Verão, e parecendo que não no Inverno faz diferença e gastei 50€ numas luvas também da Drenaline. No entanto, já ando com os olhos num Shoei Journey, em saldos a 460€, numas luvas Alpine a 70€, numas calças a 160€. Lá está, consegui iniciar até só com 180€, no entanto sei que gastando estes 700€ vou ficar muito mais bem servido, sem, mesmo assim, me estar a colocar em perigo.

Na minha opinião o equipamento inicial deve ser apenas o essencial, ao mais baixo preço possível, sem comprometer a nossa segurança. Capacete, Casaco e Luvas são obrigatórias. O capacete inicialmente não te vai fazer grande diferença. O meu não tem paneleirices nenhumas, mas protege bem na mesma. Notas a diferença em pormenores, tenho que andar quase sempre com a viseira um bocadinho aberta para não embaciar, não há cá óculos de sol, a ventilação não é a melhor, de Inverno tenho que andar com um cachecol para não entrar frio por baixo, nada que comprometa a segurança mas que passado um tempo a andar de moto acabas por pensar que se calhar os 460€ pelo Shoei com isto tudo valem a pena. O casaco tendo as protecções todas não precisa de custar mais de 300€, apesar destes existirem e serem impermeáveis e etc, mas inicialmente está a segurança e isso o meu tem, depois lá está, descasca a tinta no pescoço, as molas são meias manhosas e duras, mas tudo funciona bem. As luvas não são em carbono nem têm cores bonitas nem são impermeáveis, mas em caso de acidente cumprem a função que é não partir os dedos nem raspar as mãos.

Isto é o que eu penso, após 1 ano a andar de moto (:
Responder
#74

(13-01-2015 às 12:49)Rod Escreveu:  Os meus casacos da CP tinham uma proteção esponjosa, não eram nada de especial, não sei se existem outros modelos com outro tipo de proteções.

É um aborrachado em duas placas "prensadas"! Quer o meu, como o da minha mulher, da C.P. são assim. Claro que uma protecção mais xpto pressupõe mais €€€. A questão é se isso é relevante. E pode-se sempre meter, caso se pretenda, mais tarde.
Por acaso vi uns bering que tinham também no mesmo material, mas eram "articulados", ao passo que no C.P. é rígida.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#75

As minhas primeiras luvas custaram 35€, achei a relação preço/qualidade razoável até que ao fim de um ano (a andar todos os dias, em todas as condições climatéricas) achei que não eram o ideal, comecei a procurar umas luvas relativamente boas a preços acessíveis, até que arranjei as Dainese com metade do preço inicial, demorou a conseguir mas lá as comprei. Não te precipites, ganha slguma experiência e depois começas a perceber o que é melhor para ti e corresponde às tuas necessidades.
Responder
#76

Carlos, foi sempre minha intenção obter uma proteção de coluna, até pela minha história familiar redeye, não quer dizer que evite mas ajuda a proteger.
Responder
#77

(13-01-2015 às 13:05)Rod Escreveu:  Carlos, foi sempre minha intenção obter uma proteção de coluna, até pela minha história familiar  redeye, não quer dizer que evite mas ajuda a proteger.

Claro que sim... perfeitemente de acordo. Como disse, eu nunca vi necessidade de comprar algo mais "hi-tec", pois felizmente não tenho questões relacionadas com saúde em que tenha mesmo de usar protecção de coluna. E depois, em matéria de real protecção em caso de acidente, é a lotaria do costume. Não é por ser de marca, mais caro ou sofisticado que nos ilibará de mazelas. O mesmo se passa em relação a capacetes, luvas, etc... mas se pudermos minimizar probabilidades, tanto melhor.
É como tudo.... Por exemplo, eu não prescindo, neste momento, de ter ABS na moto actual ou em futuras que venha a comprar, porque já verifiquei na primeira pessoa a importância vital do mesmo. Outros, dão mais importância a outras questões. Ainda que com fins preventivos distintos. Questão de escolhas. smile

O que acaba por ser pertinente é que o Shady consegue material bom e apto para começar, que lhe proporcione segurança, sem ter de gastar os valores algo obscenos como os que já foram referidos. E com o tempo (e €€€) tudo se vai "melhorando". Discutir a protecção de coluna melhor ou pior, redunda numa picuinhice.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#78

Então vou optar pelo "bang for buck" e depois vou construindo o meu equipamento com o tempo.
Não planeio muito conduzir com chuva, vou optar por um misto de transportes públicos com mau tempo (de outubro até janeiro /fevereiro) e depois sim mota.

O problema de experimentar  as coisas é que eu moro perto e ao mesmo tempo longe das lojas !
Apesar de morar a uns km do porto demoro hora e meia a lá chegar. Mas mesmos assim vou tentar ir a box46 ver o que me aconselham.

Eu não sei bem o que é cordura,é tipo cabedal?

Seguindo os vossos conselhos encontrei isto!
http://www.norboxe.com/acessorios/blusoe...metro.html

Bang for buck?
Responder
#79

Cordura é uma material sintético, parecido com o nylon, mas não tem nada a ver. Parece o material duma mochila da montecampo.

Carlos, sem querer entrar em afronta, acho que andas mal servido de costas. A minha protecçao não tem ca borrachas duras e borrachas moles, é mesmo carbono, titânio e kevlar, parece uma protecçao de trail.
E em relação aos bolsos para as proteções, não há cá facilidades. Na C.P. também perguntei, pedi para experimentar a minha Dainese lá dentro, qual que! Nem entra! As marcas de casacos fazem de maneira a que as proteccoes da concorrência não encaixem.

Sometimes it takes a whole tank of fuel before you can think straight.
Responder
#80

Ps - shady, essa coisa dos transportes públicos é muito bonita, mas quando tiveres mota, a preguiça vai ganhar. Não te enganes a ti mesmo: ou chovem picaretas e não da mesmo, ou então o que vai acontecer é olhares para cima, dizeres a ti mesmo que são só umas nuvenzitas, e siga.

Sometimes it takes a whole tank of fuel before you can think straight.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)