Motos custom - Algumas dúvidas
#1

Olá a todos,

Tenho carta de moto tirada a uns 6 meses, mais ou menos. O estilo de moto que eu mais gosto são as custom/chopper.

Tenho visto algumas motos usadas, desde a Virago 535, Dragtsar 650, Shadow 600 VT, Shadow 750...

Neste momento estou mais inclinado para a Virago 535, principalmente porque vi uma em estilo bobber que gostei e a um preço acessível para os meus bolsos.

Questões:

- Consideram estas motos más para primeira moto?
- Normalmente, neste estilo de motos, os pés vão mais á frente...poderá ser difícil essa adaptação?
- Conhecem algum problema crónico ou algo que tenha de estar mais atento na hora da compra?
- Vejo algumas motas deste estilo que estão alteradas esteticamente, essas alteração poderão dar problemas com a policia? ou numa futura inspeção? Como referi antes, estou a ver uma que está em estilo bobber...

Cumprimentos
Responder
#2

Se está alterada poderás ter problemas com a polícia. Eu esqueceria essa.
Quanto às outras questões, não são más para primeira mota e a adaptação à posição não é complicada.
Responder
#3

(04-03-2021 às 11:46)gonzas Escreveu:  Se está alterada poderás ter problemas com a polícia. Eu esqueceria essa.

sad
Responder
#4

(04-03-2021 às 11:40)Peixinhu Escreveu:  Questões:
- Consideram estas motos más para primeira moto?

Más como assim? São motos que na generalidade e salvo raras excepções, não são muito potentes. portanto, da parte das prestações, não será nada de intimidar. O pior mesmo é terem uma geometria muito característica, que também as torna pouco ágeis e práticas. Mas nada que após alguma intuição e habituação, não impeça que sejam completamente conduzíveis por pessoal mais inexperiente.

(04-03-2021 às 11:40)Peixinhu Escreveu:  - Normalmente, neste estilo de motos, os pés vão mais á frente...poderá ser difícil essa adaptação?

Depende do teu PDI. As cruisers são baixas e têm uma postura com o tronco direito, que de si, é confortável. O problema é que pelo posicionamento das peseiras, como dizes, mandam-te com os pés "lá para a frente", postura que se irá reflectir e sobrecarregar ao nível das costas e zona lombar.
Senta-te numa e vê como te sentes. Se te sentires desconfortável, então acredita que ao fim de uns quantos km, será pior!
Se optares por uma (verdadeira) chopper, aí sim, o guiador alto e o enorme ângulo da coluna de direcção, vão complicar ainda mais na ergonomia.

(04-03-2021 às 11:40)Peixinhu Escreveu:  - Conhecem algum problema crónico ou algo que tenha de estar mais atento na hora da compra?
Depende do modelo. Mas por norma, as cruisers japonesas (como as que referes), eram reconhecidamente fiáveis na generalidade... até mais que as "originais" vindas de terras do Tio Sam.

(04-03-2021 às 11:40)Peixinhu Escreveu:  - Vejo algumas motas deste estilo que estão alteradas esteticamente, essas alteração poderão dar problemas com a policia? ou numa futura inspeção? Como referi antes, estou a ver uma que está em estilo bobber...

As autoridades têm andado com especial embirrância por motos alteradas, com distribuição de convites para inspecções B. E as IPO devem estar a rebentar também por aí, mais ano menos ano!

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#5

Face ao que me têm dito sobre as alterações e outras situações, penso que terei de aguardar e juntar algum €€ para depois comprar uma moto mais recente e que já gosto esteticamente como é o caso da Kawazaki Vulcan S 650.

Não queria era ficar muito tempo sem andar de moto, e voltar para a PCX é algo que não me agrada. Terei de avaliar um moto usada mais em conta para que possa ir andando!

Neste momento não quero/posso gastar mais de 4k.
Responder
#6

Mas de certeza que consegues comprar uma cuiser, sem grandes alterações que te possam trazer dores de cabeça... e mais ou menos dentro dos valores que especificas.

Já pensaste em ver uma Aquila 650 (motor V2 e belt drive... como mandam as "regras")?

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919
Responder
#7

(04-03-2021 às 12:50)carlos-kb Escreveu:  Mas de certeza que consegues comprar uma cuiser, sem grandes alterações que te possam trazer dores de cabeça... e mais ou menos dentro dos valores que especificas.

Já pensaste em ver uma Aquila 650 (motor V2 e belt drive... como mandam as "regras")?

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919

Eu vi essas duas mas não conheço a marca então não dei muita atenção.

Algum feedback da marca e da moto?
Responder
#8

(04-03-2021 às 22:06)Peixinhu Escreveu:  
(04-03-2021 às 12:50)carlos-kb Escreveu:  Mas de certeza que consegues comprar uma cuiser, sem grandes alterações que te possam trazer dores de cabeça... e mais ou menos dentro dos valores que especificas.

Já pensaste em ver uma Aquila 650 (motor V2 e belt drive... como mandam as "regras")?

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919

Eu vi essas duas mas não conheço a marca então não dei muita atenção.

Algum feedback da marca e da moto?

Podias sempre ir á wikipedia! devil

A Hyosung é uma marca sul-coreana, já com umas quantas décadas de experiência no fabrico de motos. No fundo é uma espécie de "Hyundai" das motos.
Embora em Portugal não tenha grande representatividade (o importador é ibérico), mesmo aqui ao lado, nos nossos vizinhos, é uma marca até com boa aceitação e relativo sucesso comercial (há por aqui um "espanhol" que até há bem pouco tempo teve uma 125). Em Portugal, pelo facto de ter uma rede deficitária de agentes, é uma marca "budget", com pouco sucesso e de desvalorização acentuada (o que pode ser bom para quem compra).
Ainda assim, penso estarem uns furos acima em termos de qualidade e fiabilidade, em relação a marcas chinesas.

Por analogia, o motor desta mesma Aquila, é um V2 que acaba a ser sucessor de uma linhagem de motores de concepção Suzuki, que esta mesma cedeu fabrico á Hyosung sob licença, durante vários anos, e com os quais a Hyosung definiu parte da sua gama (havia também uma naked e uma desportiva). Motores estes que a Suzuki também utiliza ainda hoje nas suas SV e V-Strom (se bem que este actual V2 a 90º da marca coreana já não seja exactamente o mesmo que a Hyosug fabricava inicialmente, sob patente da Suzuki).
Há certos pormenores nesta mesma Aquila que até extravasam a concorrência nipónica, especialmente num estilo de moto que tem certos paradigmas. O motor V2 de 74cv ou a transmissão por correia são dois deles, para além de outros pormenores e detalhes interessantes. Ainda a semana passada estive junto a uma, ao vivo e a moto até tem muito bom aspecto, é um facto, fazendo lembrar de certa forma uma HD V-Rod mais pequena.

[Imagem: 0D2fPey.jpg]

Claro que como pontos negativos, tens mesmo a má representação, que pode acarretar complicações na assistência ou fornecimento de peças... e realmente quando a quiseres vender mais tarde, pouco te darão por ela.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#9

(04-03-2021 às 22:06)Peixinhu Escreveu:  
(04-03-2021 às 12:50)carlos-kb Escreveu:  Mas de certeza que consegues comprar uma cuiser, sem grandes alterações que te possam trazer dores de cabeça... e mais ou menos dentro dos valores que especificas.

Já pensaste em ver uma Aquila 650 (motor V2 e belt drive... como mandam as "regras")?

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919

https://www.olx.pt/d/anuncio/moto-hyosun...00c4ff4919

Eu vi essas duas mas não conheço a marca então não dei muita atenção.

Algum feedback da marca e da moto?

Boas!

Em relação a moto em questão, como já foi dito, é uma marca com pouca representação em Portugal. Apesar disso é uma moto que considero bastante bonita, que chama a atenção (muitos não saberão o que é e poderás ser questionado diversas vezes) e que tem um bom motor proveniente da Suzuki.
Pelo pouco que sei derivado ao motor, não é como as "típicas custom", que por norma tem motor menos rotativo, e com muita força em baixas, esta é um pouco mais como uma Vulcan S, tendo mais "xixa" nas medias e altas!

Do pouco que se vai sabendo, a GT 650 R mesmo sendo um modelo diferente, partilha o mesmo motor, e essas costumavam uns problemas quase crónicos elétricos que se resolvia substituindo o retificador.

Outro ponto menos bom, é que o painel é absolutamente horrendo!

[Imagem: s-l500.jpg]
Responder
#10

Em relação a Virago, é uma moto que vendeu muito bem, e até se pode chamar de histórica.

Tenho um colega com uma (retalhada) e claro, sendo uma moto mais antiga pode precisar de um pouco mais de atenção, mas ele adora a moto. Apesar de encontrares peças com uma certa facilidade alerto (pelo que esse meu colega diz) não são o que chamaria de baratas!

Das que inicialmente falas-te pessoalmente ( e também por ser um modelo mais recente) gosto bastante da Dragstar!
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)