Moto para a Madeira
#11

Agora a sério.... e conhecendo bem a Madeira (ilha angel ), com as subidas acentuadíssimas que aí há e muitos traçados sinuosos, acima de tudo deverás privilegiar uma moto com bom torque em baixas, e não tanto pela potência (até porque se rodas um pouco mais o punho, em dois tempos está no outro lado da ilha lol).

Com a MT-09, apesar se ser a mais corriquieira das tuas escolhas, acho que consegues um bom compromisso de utilização nesse peculiar relevo, acabando a ser talvez a menos caprichosa, a mais acessível e a mais fiável.

E deverias esquecer as monocilíndricas (neste caso a Huskie)... a não ser que gostes de "tremideira" debaixo do rabo devil !

Cuidado para os produtos mais "premium", como as Huskies, os soutiens e as tirolesas. Sim, acabam a ser diferentes... mas se aqui no "contenente" a representação já deixa a desejar, mais complicado se pode tornar com 900 kms de mar à volta.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#12

(06-03-2018 às 15:47)michelfpinto Escreveu:  Acho que a nível do tipo de mota é realmente uma boa aposta para o que é possível fazer na Madeira e são motas bem porreiras. Toca a fazer test drive a todas e descobrirás a que mais se adequa a ti e a que mais te agrada. blink

Aqui reside grande parte do problema. 

Na Madeira é impossível fazer test-drive a qualquer um dos modelos.
A 09 SP ainda não há nenhuma a rodar por cá. 
A 765 na versão RS não foi vendida nenhuma ainda. (Foram vendidas 2 R's e uma S)
A 701 SM não tenho conhecimento de nenhuma vendida (Existem pelo menos duas 690 SMC que conheço mas nada disponível para teste)
As 790 ainda não começaram a ser entregues a clientes, mas vi-a ao vivo no London Motorcycle Show à duas semanas atrás juntamente com a nova Husqvarna 701 vitpilen
[Imagem: dVtEY0P.jpg]
Responder
#13

Das que meteste a MT 09 seria a minha escolha.

Mais ágil que a street, e com a suspensão ohlins, é máquina.
Responder
#14

(06-03-2018 às 15:53)LoneRider Escreveu:  EXC-F 500.

Já sei que é uma mota de enduro, mas que nas Power Parts podes comprar rodas Super Motard e assim ter peixe ou carne a teu gosto.

Como te percebo meu caro.
Até hoje o meu maior gozo em duas rodas foi numa 450 EXC 2005 a SM. Grandes motores esses RFS e fama de muito fiáveis. No entanto motores de competição exigem outros cuidados., essa mesma moto fazia mudanças de oleo de 1000 em 1000 km. 
Alem disso, uma 500 exc para mim no mato seria um completo overkill.
Prefiro apostar agora em algo dedicado para andar na estrada e então daqui a uns 2 ou 3 anos ir buscar uma YZ 250 ou 250 SX para curtir à séria no mato.
Responder
#15

Diogo se existem tantas limitações em termos de motas, e como o Carlos referiu, reforçaria a ideia da Yamaha. É chato estar-se mais limitado, mas é uma realidade que não podes fugir muito, até porque o mercado deverá ser relativamente pequeno.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#16

(06-03-2018 às 18:14)diogom Escreveu:  
(06-03-2018 às 15:53)LoneRider Escreveu:  EXC-F 500.

Já sei que é uma mota de enduro, mas que nas Power Parts podes comprar rodas Super Motard e assim ter peixe ou carne a teu gosto.

Como te percebo meu caro.
Até hoje o meu maior gozo em duas rodas foi numa 450 EXC 2005 a SM. Grandes motores esses RFS e fama de muito fiáveis. No entanto motores de competição exigem outros cuidados., essa mesma moto fazia mudanças de oleo de 1000 em 1000 km. 
Alem disso, uma 500 exc para mim no mato seria um completo overkill.
Prefiro apostar agora em algo dedicado para andar na estrada e então daqui a uns 2 ou 3 anos ir buscar uma YZ 250 ou 250 SX para curtir à séria no mato.

É ao contrário pá!

As novas já têm electrónica, modos de condução e tal...
Ou seja, melhor aprender no monte e aplicar na estrada, acredita no que te digo.
Eu sei que é uma ready to race mas as revisões fora da competição são muito mais espaçadas.
Antes de fazeres a compra, infórma-te.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#17

Havendo orçamento, tirava a logica de parte e ia para a Duke790. Mas concordo com quem aponta para a MT-09, é capaz de ser uma escolha mais racional... mas eu cagava nisso á mesma e ia para a Duke790.

Antes que alguém diga algo, deixo já expressa a minha opinião aos recém-chegados:
[Imagem: XFq18Qb.jpg]
Responder
#18

Os valores na mesa ja puxam para a Z900... não curtes?


Responder
#19

(06-03-2018 às 19:14)LoneRider Escreveu:  
(06-03-2018 às 18:14)diogom Escreveu:  
(06-03-2018 às 15:53)LoneRider Escreveu:  EXC-F 500.

Já sei que é uma mota de enduro, mas que nas Power Parts podes comprar rodas Super Motard e assim ter peixe ou carne a teu gosto.

Como te percebo meu caro.
Até hoje o meu maior gozo em duas rodas foi numa 450 EXC 2005 a SM. Grandes motores esses RFS e fama de muito fiáveis. No entanto motores de competição exigem outros cuidados., essa mesma moto fazia mudanças de oleo de 1000 em 1000 km. 
Alem disso, uma 500 exc para mim no mato seria um completo overkill.
Prefiro apostar agora em algo dedicado para andar na estrada e então daqui a uns 2 ou 3 anos ir buscar uma YZ 250 ou 250 SX para curtir à séria no mato.

É ao contrário pá!

As novas já têm electrónica, modos de condução e tal...
Ou seja, melhor aprender no monte e aplicar na estrada, acredita no que te digo.
Eu sei que é uma ready to race mas as revisões fora da competição são muito mais espaçadas.
Antes de fazeres a compra, infórma-te.

Sim, isso da electrónica é tudo muito bonitinho mas para um gajo como eu, com 0 experiência em mato, uma escolha indicada? Obviamente que não. São mais 20 kilos que uma 250 4T de MX pá. Aliás nem uma 250 2T comprava. 
A minha ultima frase foi uma forma de dizer que prefiro comprar uma mota para estrada agora e então daqui a dois ou três anos ir buscar qualquer coisa já com uns anitos em cima para curtir no mato.

Quero comprar uma mota para durar uns 8/10 anos. 
Se fizer 150km/semana, ao fim de 5 anos a mota terá 36.000 KM.
Não nego que a KTM 500 EXC seja uma máquina extraordinária. Digo-te mais, tendo em conta que é uma mota de competição a fiabilidade é fora de série. Mas 36K são 36K e isso numa 500 EXC já implicava muita muita manutenção extra, quando comparado com uma 690 SMC ou 701 SM.

Escusado será dizer que supermotos na Madeira são mato. De todas as motos, são as mais populares. Sobretudo entre os entusiastas.
De as marcas, cilindradas e níveis de preparação possíveis.
Eu apenas guiei uma WR 426 SM e a tal 450 exc que falei. Adorei! 

Se quiseres mais uma aventura é vires cá levantar alguma destas máquinas  troll

http://www.cybermadeira.com/classificado...rmoto.html
http://www.cybermadeira.com/classificado...rmoto.html
http://www.cybermadeira.com/classificado...rmoto.html
http://www.cybermadeira.com/classificado...rmoto.html
Responder
#20

(06-03-2018 às 20:43)vindaloo Escreveu:  Os valores na mesa ja puxam para a Z900... não curtes?

Nao considero. 
Para alem de a nível estético não ser do meu agrado, é uma mota bastante pesada comparando com a concorrência 09 SP e 765 RS. Alem disso, acho o 4 cilindros menos interessante para o tipo de utilização que lhe irei dar, que será 95% do tempo abaixo dos 120 km/h
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)