[Mota seguinte] Yamaha YZF-R6
#11

(14-12-2018 às 18:32)midnightblack Escreveu:  (...) com um andamento próximo de uma R3..a pagar mais iuc e a gastar mais pneu...tá certo...logic!

Ahahahaha... lol

thumbsup 

O que se quer é a malta com sentido de humor! Boa! lol


Responder
#12

Epá... se não tiveres mais nada que fazer, tens aí um bom entretenimento para uns meses. Força nisso, pá!

PS: depois conta como foi.
Responder
#13

(14-12-2018 às 17:55)VMassa Escreveu:  
(14-12-2018 às 16:32)Liquid_Fire Escreveu:  Tens de trazer uma mota restrita do pais de origem onde conste no COC a limitação, se não vier com esse coc é uma trabalheira e dispendioso obter o certificado no importador portugues, e depis tens de fazer teste de especialidade (como o que fazem para medir DB's)

Para o valor de uma r6 não compensa.

Nota: Carta A2 e uma R6?!
Eu tive uma, ciclista super agressiva (costas ui ui) motor muito nervoso e zero ajudas, não me parece a mota ideal para alguem com carta A2, e para quereres uma R6 não me parece que sejas alguém que vá manter as restrições.

Eu tive uma R6 ainda com carta A2 e não vejo problema nisso. Em baixas até é uma mota bem maneirinha!
Quanto ao conforto, é sabido que não é uma Goldwing, mas não a achei nada desconfortável blink

Parece-me que pode concorrer com qualquer mota especifica a fazer mototurismo.... V

Velasquez87
Responder
#14

(14-12-2018 às 18:32)midnightblack Escreveu:  ...ter uma R6 com algum apetite por óleo com um andamento próximo de uma R3..

Ele escreveu R6 de 2003... e não FZR 600 de 1993.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#15

(15-12-2018 às 12:34)dfelix Escreveu:  
(14-12-2018 às 18:32)midnightblack Escreveu:  ...ter uma R6 com algum apetite por óleo com um andamento próximo de uma R3..

Ele escreveu R6 de 2003... e não FZR 600 de 1993.

clap clap clap clap

Suzuki SV1000S '04  cool
Responder
#16

Eu gosto disto...
Afinal de contas um gajo acaba por fazer escola nisto do bota abaixo... devil

É pá caga na cena da A2!
Tras a mota e anda nela pá!
O resto que se lixe....
O dinheiro que vais gastar para acabar por andar ilegal, o melhor mesmo é gastar em gasolina ou numa caixa de madeira forrada com panos finos...

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#17

Uma R6 limitada a 48cv (A2)?

Isso é o mesmo que andares a sair com uma boazona toda maluca e desinibida, mas quando começas em plena acção com ela, não te deixa passar dos preliminares.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#18

(14-12-2018 às 16:32)Liquid_Fire Escreveu:  Tens de trazer uma mota restrita do pais de origem onde conste no COC a limitação, se não vier com esse coc é uma trabalheira e dispendioso obter o certificado no importador portugues, e depis tens de fazer teste de especialidade (como o que fazem para medir DB's)

Para o valor de uma r6 não compensa.

Nota: Carta A2 e uma R6?!
Eu tive uma, ciclista super agressiva (costas ui ui) motor muito nervoso e zero ajudas, não me parece a mota ideal para alguem com carta A2, e para quereres uma R6 não me parece que sejas alguém que vá manter as restrições.

Se não tiver COC teria de adquirir um ?
A mota não seria para uso diario mas para dar umas voltas de vez em quanto mas, eu ainda pensei em adquirir uma mt-07 mas entretanto surgiu a oportunidade de um familiar dar me a mota, a mota esta nova com 3 mil km ele só a usou durante 2 anos e ia ficar com ela so mesmo porque me é dada, até porque nunca fui muito adepto de super desportivas
Responder
#19

(14-12-2018 às 16:36)Liquid_Fire Escreveu:  https://www.economias.pt/legalizar-moto/


Preço da legalização de uma moto
Legalizar uma moto tem os seus custos. Deve somar todas as despesas e constatar se é lucrativo ou não importar a sua moto.
  • O COC custa 150€.

  • O pedido de certificação homologação ronda os 100€.

  • O ensaio de CO2 custa 165€.

  • Certificado de matricula: 33€

  • Solicitar a emissão do DUA: 50€

  • Já o ISV pode simular o pagamento online.

  • Há acerto de impostos para viaturas oriundas de fora do espaço Schengen.

Já tive conhecimento dos oficios mas obrigado !!
Responder
#20

(14-12-2018 às 17:03)dfelix Escreveu:  ... a juntar ainda o custo de converter a moto para os 46cv da A2, e eventuais burocracias que possam estar associadas.


No final, quando tudo estiver resolvido, somar o custo para a oficina "desconverter" a limitação... e assim se andar  legalmente (segundo o livrete) com uma moto para a qual não se está habilitado.   lol

E viver na expectativa de que nunca ocorrerá nenhum azar que leve a seguradora a colocar em causa a suposta limitação de forma a descartar-se de eventuais responsabilidades.

Se for possivel ficar com ela tenho certezas de que a vou manter legal até finalizar o meu periodo de A2 e fazer a carta A
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)