[Mota seguinte] Keeway Superlight 125 vs Daelim Daystar 125
#51

(19-07-2017 às 16:23)carlos-kb Escreveu:  
(19-07-2017 às 15:52)BlackHacker Escreveu:  Voces aqui são lixados. 

Se é chinesas é chinesas.

Se é uma Honda, é fraca.

Assim é dificil escolher uma 125.

Não tem que ver com ser Honda, Yamaha... ser chinesa, coreana ou whatever... mas sim simplesmente por serem 125 a 4 tempos..
Ainda não percebeste que uma 125cc 4t não anda? Mas arrasta-se!
Quando precisares de motor para sair de alguma complicação no trânsito, simplesmente não tens!
As 125 4t são as novas 50cc 2t, quando eu comecei nisto das motos, há 25 anos atrás (com a diferença que nas 50cc 2t "mexia-se" e kitava-se facilmente, coisa que numa 125 4t, nem vale a pena).

E dou-te um exemplo:
Aqui há pouco mais de uma dezena de anos, uma prima minha, pediu-me o favor de, num domingo, se poderia levar a Daelim 125 dela de Alverca para Évora (120 kms pela N10 e N4). Na altura já andava de 500 e acedi ao favor. Lá me fiz à estrada com a mota... e digo-te.... jurei para nunca mais.
Mal passei a Ponte Marechal Carmona em Vila Franca, e me vi em estrada "aberta", dei-me conta daquilo realmente aonde ia montado. A mota não andava (110 a 115 KM/h e já em esforço) e em poucos kms tive mesmo de me meter para a berma, pois quase tudo o que se mexia na estrada, passava por mim e mandava-me para fora. E mesmo os mais lentos, nem sequer tinha motor para arriscar uma ultrapassagem e fazê-lo seria extremamente perigoso.
Imaginar aquela mota (ou outra congénere) em qualquer via principal (IP's, IC's, etc.), ou pior, em ambiente de auto-estrada ou ainda com um pendura atrás... simplesmente é pavoroso.

Uma 125 é apta exclusivamente no seu ambiente "natural".... apenas e só em meio urbano. E ter uma moto, para não sair da cidade, no thanks!

E como perguntaste entre essas CBF e CBR "qual escolheria?", dei-te a minha opinião sincera.

Mas eu quero uma mota para ir pro trabalho. Não para fazer viagens de 120km.

Da minha casa ao trabalho são 8kms. Sem transito, apenas buracos.

Faço esse caminho 4 vezes por dia. Porque vou almoçar a casa.

E eu agora de carro, nunca atingo velocidades de 100km/h.
Responder
#52

Não sejam maus, qualquer 125 4t é lenta como um caracol, se é o que ele quer, seja...é ir procurando, essa cbf vai...e amanhã aparecem mais 2 ou 3...agora a altura tb não é propicia a compra...muitas inflacionam no verão...eu todas as que comprei foram sempre depois do verão passar...o preço baixa logo...
Responder
#53

(19-07-2017 às 16:31)pneves33 Escreveu:  Não sejam maus, qualquer 125 4t é lenta como um caracol, se é o que ele quer, seja...é ir procurando, essa cbf vai...e amanhã aparecem mais 2 ou 3...agora a altura tb não é propicia a compra...muitas inflacionam no verão...eu todas as que comprei foram sempre depois do verão passar...o preço baixa logo...

Se uma 125 é lenta, então uma 50 é um triciclo com 2 rodas.
Responder
#54

BlackHacker.... ninguém está a dizer mal das 125, mas apenas a confrontar-te com aquilo que te espera. Agora tu é que tens de ver aonde e como vais usar a mota.

Acredita que o que inicialmente é só para ir para o trabalho, depois pode dar jeito para ir a algum local aonde seja mais complicado estacionar, ir até à praia, um passeio esporádico porque está bom tempo, uma passeata com outro(s) amigo(s) que venhas a conhecer e que também tem(nham) moto, etc. etc.... e são estas excepções que aos poucos se começam a tornar mais frequentes que depois podem dar-te conta do quão limitada é uma 125 4t.

Estamos a dar-te dicas. Até porque se assim não fosse, e a tua opinião estivesse fechada, de que adiantaria vires aqui pedir conselhos, certo?
Responder
#55

Uma pessoa é bem intencionada e manda o "bitaite".

Se diz que presta....é pq presta! Se dá alternativas são alternativas que não prestam! Se uma 125 é lenta....uma 50 é um triciclo....!

Vale apena sinceramente, perder tempo com isto? 

Normalmente ajuda-se quem quer ser ajudado....assim é chover no molhado (até rima que lindo).

[Imagem: images?q=tbn%3AANd9GcT4XLIkYtQDw11iDiKFM...g&usqp=CAU]


Responder
#56

(19-07-2017 às 16:47)carlos-kb Escreveu:  BlackHacker.... ninguém está a dizer mal das 125, mas apenas a confrontar-te com aquilo que te espera. Agora tu é que tens de ver aonde e como vais usar a mota.

Acredita que o que inicialmente é só para ir para o trabalho, depois pode dar jeito para ir a algum local aonde seja mais complicado estacionar, ir até à praia, um passeio esporádico porque está bom tempo, uma passeata com outro(s) amigo(s) que venhas a conhecer e que também tem(nham) moto, etc. etc.... e são estas excepções que aos poucos se começam a tornar mais frequentes que depois podem dar-te conta do quão limitada é uma 125 4t.

Estamos a dar-te dicas. Até porque se assim não fosse, e a tua opinião estivesse fechada, de que  adiantaria vires aqui pedir conselhos, certo?

Pronto, mas eu não gosto de cilindradas altas em motas. 

Se é mau bater a 150 de carro nem imagino com uma mota.

Eu vivo a 10 minutos da praia. Por isso uma 125 a mim chega me. No meu grupo de amigos ninguem conduz motas.

Se me quiserem ajudar a escolher uma 125 agradeço.

Também não tenho carta para mais. Nem tenciono em ter.
Responder
#57

(19-07-2017 às 16:48)hjjs Escreveu:  Uma pessoa é bem intencionada e manda o "bitaite".

Se diz que presta....é pq presta! Se dá alternativas são alternativas que não prestam! Se uma 125 é lenta....uma 50 é um triciclo....!

Vale apena sinceramente, perder tempo com isto? 

Normalmente ajuda-se quem quer ser ajudado....assim é chover no molhado (até rima que lindo).

Então eu queria ajudar era a escolher uma 125 fiavel.
Responder
#58

Bem.... pelos vistos a tua opinião está formada!

Então em resumo:

Modelos de 125? Qualquer um! As 125cc acabam por ser todas mto idênticas e com potências muito semelhantes. Aliás, para poderem ser conduzidas por encartados B, nenhuma passa dos 11kw.

Sim.... se queres um produto acessível, tens uma imensa ofertas dentro das marcas chinesas. Para além da questão da qualidade e estética medíocre, quando a quiseres vender, praticamente tens de a dar, porque ninguém a vai querer.

As japonesas são melhores.... mas mais caras, mas igualmente com melhor qualidade de construção e mais fiáveis! Tal como te disse no outro tópico, dá ainda uma vista de olhos nas sul-coreanas, especialmente a Hyosung.

Por fim, tens ainda as europeias (Aprilia / KTM).... mas são mais caras ainda que as japonesas, mas também mais "premium" (o que não quer dizer que o sejam na fiabilidade).

Nota: Existem aí várias marcas europeias, mas que fabricam exclusivamente os seus produtos na China, como o caso da Mash (francesa), Megelli (inglesa) ou Leonart (espanhola).

Por fim.... e caso aprecies "tractores", a portuguesa AJP tem também uns produtos interessantes.

Pega numa revista (por exemplo, o catálogo anual da Motociclismo pode ser uma boa ajuda) e escolhe o que gostes e que se adeque à tua carteira.

E por aqui me fico, visto já teres a decisão tomada.
Responder
#59

Experimenta, faz test drives. Se te satisfizer... compra.

Simples.

Senso comum: as japonesas são mais fiáveis que as chinesas.
Responder
#60

Já ponderaste aquelas elétricas?
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)