[Mota seguinte] 125cc tipo "chinesa"
#41

boas

vou dar a opiniao de quem ja teve algumas 125cc (imagens tiradas da internet)

primeira: yamaha sr 125

comparada muito usada, ja estava a cair de madura, ja devia ter dado a volta ao km's varias vezes, alguns problemas electricos devido a sua idade e pouca manutenção. grande maquina, deixou saudades!!

[Imagem: Yamaha%20SR%20125%2081.jpg]

segunda: leonart raptor 125cc

comprada nova!! bicilindrica, vistosa, paracia uma moto maior, foi a pior 125 que tive, andava pouco consumia muito, vibrava mais que muito, garantia nao resolveu nada, despachei mal pude.

[Imagem: Leonart-Raptor-ii-125-90117030_1.jpg]

terceira: sym gts 125cc

foi uma troca de estilos, esta marca não e chinesa, e taiwan, a qualidade e melhor mas pagas o mesmo que uma japonesa. foi sem duvida a melhor e mais fiavel 125 que tive, meti-lhe 20k km's sem um unico prob!!

[Imagem: Sym-GTS-EFI-vs-EVO_acpz2.jpg]

conclusao: chinesas baratas, mesmo com garantia. foge delas!!!!
Responder
#42

A Yamaha SR125, a par da Honda CM125, são boas máquinas para comer kms, pouco têm por onde avariar e contentam-se com manutenção minima e Japonesas a sério(a minha SR ostenta no motor o "Made in Japan")...As Honda são mais dificeis de encontrar, mas ainda se veem muitas SR por ai, com uma kilometragem valente em cima e ainda andam.

[Imagem: 7STkQ4B.jpg]
Responder
#43

....nem que seja a perder peças pelo caminho!!!
Mas que elas andem aí, andam! lol

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#44

(18-04-2016 às 13:49)pneves33 Escreveu:  A Yamaha SR125, a par da Honda CM125

A CM125 era outra "fruta".... aquele motor herdava os genes dos equilibrados SOHC crankshaft 360º das CB175, CB200 e CB350, e que mais tarde equiparam ainda a nighthawk 250 (por cá Two fifty).
Esse twin (seja o 125, como o 250), que por fora tinham muito poucas diferenças) serviram ainda para a saga CMX (Rebel).
São motores quase que "eternos".... e de uma fiabilidade a toda a prova.

Conduzi várias CM125.... e eram autênticos sofás sobre rodas. Eram caras, perante os monos da concorrência (SR e GN), e só perdiam para estas, por serem muito mais pesadas e montarem um tambor dianteiro.

Quer uma CM125, como a "prima direita" Rebel 125, hoje em dia, devem ser muito difíceis de encontrar.

[Imagem: photo1-moto-125-cm3-honda-cm-custom-1-cx...483525.jpg]

[Imagem: honda-rebel-125-5.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#45

A CM tem um aspecto robusto assim que nos sentamos nela, do que andei com ela, gostei muito, confortável e como é mais pesada que a SR, é mais estável tb.
São é muito dificeis de encontrar, as unicas que vi até agora pertencem a escolas de condução e pelo que me dizem, tanto quanto for possivel, vão lá continuar a dar aulas.

[Imagem: 7STkQ4B.jpg]
Responder
#46

(15-04-2016 às 23:17)pneves33 Escreveu:  A chinesa é barata...e isso sente-se...na fiabilidade, na ciclística...até no consumo...a médio prazo acaba por ficar mais cara...no outro dia estava uma dessas merdengas ao lado da SR da escola...digo-te...a chinesa tinha 1 ano e uns 2000kms...ao lado da SR que tem 14 anos e passa dos20.000kms, estava uma lastima...ao lado da minha, parecia uma mota com 30 anos, tal a quantidade de ferrugem que já tinha...quando uma mota de escola de condução que já leva uns anos de maus tratos no lombo tem melhor aspecto que uma mota que ainda está na garantia e mal fez a rodagem...a sério...evita essas coisas.

Quanto à ferrugem já tenho percebido isso em muitas motas chinesas quase novas!

Honda CX 400 '83 Eurosport
Responder
#47

Acho que essas motas chinesas são um exemplo perfeito de "you get what you paid for". confused
Responder
#48

Obrigado pelas opções pessoal.

Mas sendo as SR e as CB quase peças em vias de extinção, não acham que estão fora das minhas opções? Se quem as tem não pensa desfazer-se delas ou só o faz através de uma boa maquia, são uma carta está fora do baralho. Para alem do mais não as acho em nada atraentes... Davam umas custom engraçadas, mas assim de origem não são de todo a minha praia.

Okey, já percebi, umas chinesa é como diz o amigo quatropiscas: "you get what you paid for", a ferrugem e o plasticos soltos acabaram por ganhar lugar. Mas se há coisa que aprimoro é aquilo que é meu, e portanto podem ter a certeza que uma borrifadela de WD40 e um quarto de volta em todos os parafusos e porcas não lhe iria faltar. Se a "minha maria a duas pernas" não dispensa um toque de maquilhagem sempre que sai de casa, porque é que a "minha maria a duas rodas motorizes" iria dispensar o mesmo toque?  lol lol lol lol 

Lembrem-se que o meu objectivo nunca será investir muito, e a sê-lo iria faze-lo em algo novo. Como já referi aqui numa CB125F nova.
Responder
#49

Tens uma ideia errada acerca das chinesas!

Tu estás muito tentado a arriscar numa chinesa. O que te vou dizer, é que a Aerox que tinhas não tem mesmo nada a ver com essas chinesadas, vais sentir uma diferença para pior muito grande.

Acho que efectivamente a CB125F é claramente a melhor escolha, sem qualquer sombra de dúvidas.

...
Responder
#50

Maquilhagem numa dessas motos chinesas:

[Imagem: epic-makeup-fail-405x500.jpg]


Investimento numa boa moto, ainda que usada, levando um toque de maquilhagem teu:

[Imagem: a-miracles-makeup-30.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)