Mortagua Fighter - um caso de sucesso
#11

é uma mota ou um louva-deus? lol
Responder
#12

Mais um artigo além fronteiras sobre a última criação do Mortagua Fighter: Ver artigo 

The most insane custom motorcycle design we’ve seen… ever!


[Imagem: Disturbed-Cadaver-by-Mortagua-Fighter-2.jpg]
Responder
#13

Faz lembrar um moto acidentada :-) :-) :-)
Fora de brincadeira, haja imaginação, nota se que há aí muito trabalho e muito gosto naquilo que faz

Pvale

Pvale
Responder
#14

Pode-se não gostar.
Esteticamente são discutíveis, mas para mim é arte.
Uma forma de alguém se expressar no mundo das motos de forma única. Cada peça, cada detalhe tem o seu cunho pessoal e, por incrível que pareça, não está apoiado por uma tendência de moda, nem tem um objectivo declarado de fazer dinheiro fácil.
Tudo isto junto faz estas criações únicas e totalmente diferentes de tudo o resto.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#15

(14-03-2017 às 21:32)LoneRider Escreveu:  Pode-se não gostar.
Esteticamente são discutíveis, mas para mim é arte.
Uma forma de alguém se expressar no mundo das motos de forma única. Cada peça, cada detalhe tem o seu cunho pessoal e, por incrível que pareça, não está apoiado por uma tendência de moda, nem tem um objectivo declarado de fazer dinheiro fácil.
Tudo isto junto faz estas criações únicas e totalmente diferentes de tudo o resto.

Essa do 'é arte' ....  confused  faz-me lembrar uma cena no Museu do Prado em que estava uma série de gente numa sala a admirar uns óculos no chão . Passados uns minutos vem um gajo , apanha os óculos do chão , põe-os e segue caminho . Estava tudo a apreciar aquilo como uma expressão de arte pós-moderna, mas eram só uns óculos de um gajo que os tinha deixado cair  lol
Responder
#16

Obviamente que não vou entrar em questões que estão dependentes da ideia de cada um mas.....

Ele pega num motor e faz tudo o resto, com soluções mecânicas alternativas, engenhosas e vanguardistas.
Cada peça à volta do motor é feita para aquela moto, e cada moto é única.
É algo característico da Arte tal e qual como a conhecemos.
A partir daí tudo o resto é discutível.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#17

(14-03-2017 às 21:56)LoneRider Escreveu:  Ele pega num motor e faz tudo o resto, com soluções mecânicas alternativas, engenhosas e vanguardistas.
Cada peça à volta do motor é feita para aquela moto, e cada moto é única.
É algo característico da Arte tal e qual como a conhecemos.

E ainda por cima usa motores de Suzettes... claro que é arte...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#18

(07-03-2017 às 21:01)Johnny_1056 Escreveu:  ...mas sempre admirei o trabalho realizado e o engenho necessário para fazer semelhantes esculturas mecânicas.

No fundo és um hipster! lol
Responder
#19

(14-03-2017 às 21:56)LoneRider Escreveu:  Ele pega num motor e faz tudo o resto, com soluções mecânicas alternativas, engenhosas e vanguardistas.

...mas muito pouco praticas!

Repara nesse exemplo 2 posts acima o escape, orientado para o condutor... fumar umas cenas é bacano (marlboro), mas monóxido dizem que só da sono, nem sequer bate...

Entre destruir uma mota e fazer arte, a linha é muito tenue.

Mas pronto, se usa suzukis para mim é servico público, já está meio perdoado! devil devil


Responder
#20

(15-03-2017 às 02:41)vindaloo Escreveu:  
(14-03-2017 às 21:56)LoneRider Escreveu:  Ele pega num motor e faz tudo o resto, com soluções mecânicas alternativas, engenhosas e vanguardistas.

...mas muito pouco praticas!

Repara nesse exemplo 2 posts acima o escape, orientado para o condutor... fumar umas cenas é bacano (marlboro), mas monóxido dizem que só da sono, nem sequer bate...

Entre destruir uma mota e fazer arte, a linha é muito tenue.

Mas pronto, se usa suzukis para mim é servico público, já está meio perdoado! devil devil

Ele não destrói nada.
Constrói tudo à excepção do motor.
Refiro-me a chassis, suspensões e todos os mecanismos que permitem a mota andar (apesar de não se poder homologar).
Não se trata de alguém que pretende fazer algo bonito (que é subjectivo), mas sim de alguém que se expressa dessa forma, e todos sabemos que a Arte são formas de expressar-se.
E, para os que ainda não entenderam, nada tem a ver com esta cena das Racers, Scramblers e afins, onde se mutilam motos. Curiosamente um dos mais famosos mutiladores tem um negócio que se chama Art On Wheels! lol

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)