Morreu o fundador da "Estrelinha Alpina"
#1

Morreu o fundador da Alpinestars, Sante Mazzarolo

O nome de Sante Mazzarolo pode não soar familiar, mas a sua empresa Alpinestars dispensa apresentações. O empresário morreu aos 91 anos de idade.

Maio 4, 2020

[Imagem: Sante-Mazzarolo_Alpinestars.png]
Sante Mazzarolo na festa de comemoração dos 50 anos da Alpinestars, em 2013

Sante Mazzarolo, fundador da Alpinestars, faleceu no passado dia 1 de Maio, aos 91 anos de idade.

Há muito que estava arredado do negócio que fundou no início dos anos ‘60, mas Sante Mazzarolo deixou a sua marca na indústria motociclística.

Foi em 1963 que este artesão de Asolo, pequena localidade do Norte de Itália, no sopé dos Alpes fundou uma pequena empresa; especialista na arte de trabalhar o couro, começou por fazer botas para caminhantes, alpinistas e esquiadores. Por isso deu-lhe o nome de ‘estrela alpina’, a pequena flor estrelada típica dos Alpes – a edelweiss -, actualmente estilizada no logótipo da marca italiana.

Botas para o motocross
No final da década de ‘60 outro desporto ganhava popularidade em Itália, o motocross. Mazzarolo fez umas botas para esta modalidade. Tal era a qualidade e o aumento de protecção face ao equipamento existente na altura, que rapidamente se tornaram numa referência. O facto de Roger de Coster ter conquistado os seus títulos mundiais de Motocross, no início da década de 1970, calçado com Alpinestars, foi o grande empurrão para uma história de sucesso.

[Imagem: Roger_DeCoster.jpg]

Rapidamente alargou a sua gama de botas para outras modalidades, e conquistou o primeiro título Mundial de Velocidade com Kenny Roberts em 1978. As botas da empresa fundada por Sante Mazzarolo têm calçado as maiores estrelas do desporto em duas rodas (do MX à velocidade, passando pelo enduro/TT e até BTT). Os seu filhos Gabriele, Gloria e Lucia contribuíram para o sucesso da empresa, que actualmente tem instalações em Los Angeles, Tóquio e Banguecoque, empregando mais de 500 pessoas. Gabriele Mazzarolo é há muito tempo a figura de proa da empresa fundada pelo seu pai há mais de 50 anos.

Hoje a Alpinestars não de dedica apenas às botas, e no seu departamento de pesquisa e desenvolvimento do norte de Itália são concebidos os mais diversos artigos de equipamento; desde o piloto de competição, até ao mototurista, dos fatos com airbag às indispensáveis luvas.

Sante Mazzarolo pode ter desaparecido, mas o seu nome ficará indelevelmente escrito na história do desporto e da indústria das duas rodas.


FONTE

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)