More Roads to Harley Davidson (HD a "mijar" fora do penico?)
#21

(11-01-2019 às 19:56)Tiago Rosado Escreveu:  PS: Que frente é aquela da Pan America 1250???  nausea vomit

Pois é precisamente essa que eu compraría.
Melhor proposta que reúna uma tanqueta com uma betoneira numa só mota não há!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#22

https://motorcycleonline.info/?p=1682&fbclid=IwAR0XVJi3esm0tJ4mMPCb4d8kqqjiIGilWUDIJbZI2G6g3dOzNDLo24SBTg4

bigsmile
Responder
#23

Boas;
Como é possível descer tão baixo...
Onde é que pára o "Proud to be american"??

Pelo menos conseguem algo pior que os tempos da AMF...
Os harlistas que só vêem HD à frente que se comecem a abster de comentários em relação às japonesas.
Responder
#24

O Trump não vai deixar...
Responder
#25

Chinarley Davidson???? think
Responder
#26

Hummmmm acho que precisam de ver isto.


[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder
#27

https://www.revzilla.com/common-tread/harley-to-build-small-motorcycles-for-china-with-new-partner-qianjiang?utm_source=Sailthru&utm_medium=email&utm_campaign=06/21/2019_CT&utm_term=Common%20Tread%20%7C%20Combined

[Imagem: Qfzl0I1.png]
Responder
#28

São motos destinadas ao mercado doméstico.
Não há problema em registarem dados privados para o governo chinês. Estes até agradecem.
lol

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#29

Industrialmente é interessante pelo seguinte:

A política do patriotismo bacoco justifica, numa primeira fase, que a produção exterior aos EUA seja penalizada nas importações.

Depois, a lógica diz-nos que convém existirem fábricas na China (ou Índia) para os mercados menos desenvolvidos. A lógica é que se não for a Harley-Davidson a ter lá uma fábrica, será a concorrência a conquistar esses mercados.

Ou seja, até é patriótico ter fábricas na China (neste caso) e Índia (anterior), já que os produtos são destinados a esses mercados.

Tendo fábricas nesses Países, põe-se a questão: vai-se penalizar as importações da própria Harley para os EUA? Mas isso é anti-patriótico, já que os Japoneses têm fábricas nos EUA.

Nesse caso, o mercado Americano iria penalizar a própria Harley-Davidson.

Resultado: mais e mais legislação cada vez mais complexa (se estivéssemos a falar de Portugal) ou remoção das barreiras (estando a falar dos EUA).
Responder
#30

E aí estão elas... como esperado.

E se a naked está muito interessante, o mesmo não se pode dizer do trambolho trail!

__________________________________________________________

Modelos Harley-Davidson Adventure Touring e Streetfighter apresentados em Milão com novos motores Revolution Max

[Imagem: harley-davidson-panamerica.jpg]

Os modelos Adventure Touring e Streetfighter representam uma nova era de performance e atitude Middleweight da Harley-Davidson

[Imagem: harley-davidson-bronx-pan-america-2021-1...24x438.jpg]

A Harley-Davidson exibe pela primeira vez publicamente no EICMA em Milão duas novas motos middleweight e divulga informações sobre o mais recente motor Harley-Davidson V-Twin – o Revolution Max. O potente e novíssimo V-Twin 60-degree foi projetado para uma nova gama de motos Harley-Davidson de duas formas diferentes – 1250cc na nova Harley-Davidson Pan America e 975cc na Harley-Davidson Bronx. A Harley-Davidson anunciou pela primeira vez a expansão para novos segmentos, incluindo, novas ofertas middleweight, no seu plano acelerado de crescimento More Roads to Harley-Davidson, em julho de 2018. Estes novos modelos serão lançados no final de 2020, estendendo a icónica marca para um novo segmento de mercado.

Os modelos Harley-Davidson adventure touring Pan America e streetfighter Bronx estarão disponíveis no final de 2020
Novos motores V-Twin refrigerados a líquido Harley-Davidson Revolution Max 975 cc e 1250cc
Potência e binário anunciados
Novas parcerias com a Brembo e Michelin apoiam o desenvolvimento middleweight

Pan America

A Harley-Davidson Pan America é uma nova e avançada Adventure Touring. A Pan America é uma ferramenta multifunções de duas rodas projetada para explorar.



novo motor Harley-Davidson Revolution Max também está no coração da nova Bronx. Este modelo middleweight streetfighter rola com uma atitude irreverente e uma performance a condizer.



A alimentar os novos modelos Pan America e Bronx está o novo motor Revolution Max de 975cc e 1.250cc de refrigeração líquida. Criado para alimentar uma variedade de novos modelos Harley-Davidson, o Revolution Max foi projetado para oferecer desempenho flexível com uma ampla faixa de potência. Minimizando o peso e maximizando o desempenho, o Revolution Max apresenta um perfil estreito que é integrado na moto como um membro do quadro para aprimorar o centro de gravidade e o manuseio. O motor totalmente equilibrado possui um contrabalanço interno que reduz a vibração primária do motor para aumentar o conforto do condutor e melhorar a durabilidade do veículo. O design é arrojado, clássico e contemporâneo, forte e elegante – uma representação da performance e estilo da Harley-Davidson.

[Imagem: harley-davidson-pan-america-adventure-12...24x629.jpg]

Performance do motor Revolution Max 1250

Cilindrada de 1250cc
Mais de 145 cavalos
Mais de 122 Nm

Performance do motor Revolution Max 975

Cilindrada de 975cc
Mais de 115 cavalos
Mais de 95 Nm

Características técnicas do motor Revolution Max

Arquitetura V-Twin de refrigeração líquida
Desde 1909, o motor V-Twin é a peça central das lendárias motos Harley-Davidson. Essa linhagem continua nas middleweight com o motor Revolution Max.
Um ângulo de 60 graus em V dos cilindros oferece espaço para “draft throttle bodies” duplos que maximizam o fluxo de ar e aumentam a performance.
A refrigeração líquida mantém uma temperatura controlada do motor para uma performance consistente na mudança de condições climatéricas e de condução.

Colaboração para desenvolvimento de travões e pneus

Para otimizar a performance dos novos modelos Pan America e Bronx, a Harley-Davidson associou-se a fabricantes de componentes de classe mundial para fornecerem soluções sob medida para o desenvolvimento de travões e pneus de alta performance. Para a travagem, a Harley-Davidson colaborou com a Brembo para criar uma nova pinça radial de quatro pistões com monobloco que combina rebordos afiados com curvas mais suaves, projetadas para criar um estilo que complementa a personalidade da moto e proporciona excelente sensação e capacidade de travagem. Para os pneus, a Michelin e a Harley-Davidson trabalharam em estreita colaboração para desenvolver pneus co-branded para cada modelo que otimizem a performance, sensação e a aderência em todas as condições.


FONTE
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)