Legalizacao em Portugal de moto estrangeira
#71

Vê lá se isto ajuda: https://www.online24.pt/legalizar-moto/

http://www.imt-ip.pt/sites/IMTT/Portugue...sados.aspx
Responder
#72

(20-06-2017 às 16:56)Johnny Paz Escreveu:  Bons Dias Caros Motards,

Eu sou o dono orgulhoso de uma BMW RnineT (1200cc), modelo lancado em 2014 pela BMW para comerar os 90 anos do motor boxer.
Neste momento moro no Dubai e estou a pensar em voltar para a terra mae. Obviamente que quero levar a mota comigo.
Eu gostaria de saber se alguem aqui me pode dizer:

- Quais a leis em vigor actualmente e quais os documentos necessarios para levantar a mota tanto da alfandega como do aeroporto
- Quais os processos necessarios (burocracia) para registar a mota com matricula
- Custos respectivos (estimativa)

Eu ja tenho a burra vai a caminho de 3 anos e nao tenciono vende-la. Presumo que isto possa ser relevante.
Eu ja estive a pesquisar na internet, mas para alem de encontrar muita descrepancia, ainda continuo com duvidas.

Em ate mao agradeco a quem me possa dizer exactamente como posso tratar disto de modo a nao ter surpresas ou dores de cabeca quando ai chegar.
(em baixo photo para referencia) 

[Imagem: bmw-rninet-9.jpg]

não deixe esta beldade pra traz, ou então fique por ai.  bigsmile
Responder
#73

Boas,
tenho duas duvidas que ainda não esclareci, talvez me possam ajudar. smile

1 - Ao fazer a compra do veiculo seja na Alemanha, UK, Espanha, etc, ... a declaração de venda local é assinada por ambas as partes, caso não pretenda fazer seguro para vir a conduzir para Portugal (o veiculo virá de transporte/reboque), terei de me dirigir ao "Registo Automóvel" local e aguardar (alguns dias talvez) para ter o registo de propriedade em meu nome, ou basta apenas a declaração de venda assinada por ambas as partes para fazer a legalização depois em Portugal???

2 - Para legalização do veiculo em Portugal, basta a factura/recibo da venda (no caso de ser comprada em stand/profissional) para a legalização, ou será sempre necessário o registo de propriedade/livrete?

Obrigado,
Abraço a Todos.
Responder
#74

Boas pessoal.

Já alguém importou uma mota e conhece todo o processo?
Estou a pensar fazê-lo pois uma melhor relação de preços e alguns modelos não existentes cá.

Alguém embarcaria numa aventura de ir buscar uma mota lá fora (UK, Espanha ou Alemanha)?
Estou a pensar fazê-lo em Maio-Junho.
Responder
#75

Tens um tópico onde se fala nisso mesmo aqui no fórum. Não sei o que envolve mas penso que nesse tópico tinhas todos os passos descritos.

NOTA: Estamos no tópico e nem tinha reparado.
Responder
#76

(22-12-2017 às 21:52)VNeto18 Escreveu:  Boas pessoal.

Já alguém importou uma mota e conhece todo o processo?
Estou a pensar fazê-lo pois uma melhor relação de preços e alguns modelos não existentes cá.

Alguém embarcaria numa aventura de ir buscar uma mota lá fora (UK, Espanha ou Alemanha)?
Estou a pensar fazê-lo em Maio-Junho.




Eu estou a pensar ir à Alemanha para comprar uma BMW R Nine T. Penso ir mais cedo para conseguir ter tudo legalizado antes do verão.

O meu pai tem bastante experiência em importação de veículos (carros) da alemanha para cá, e parece que o processo não é muito complicado mas pode ser algo demorado e chato.

Se alguém tiver esta mesma experiência na importação de motas alemãs por favor compartilhe.

Cumprimentos
Responder
#77

(08-07-2016 às 12:53)ChrisBonneville Escreveu:  Boa tarde malta,

Nesta questão de importação e no caso de a moto ser comprada no Reino Unido. Se esta vier a rolar obviamente que tem que ter seguro válido no UK e restante europa. 

Que seguro se pode aplicar neste caso?

Deparei-me com as seguintes dificuldade:
-Não sendo residente do U.K. não posso fazer qualquer tipo de seguro no Reino Unido. 
-Por outro lado, o que me disseram em Portugal é que o seguro temporário por exemplo na tranquilidade, para este tipo de situação só é valido no continente europeu.

Ora eu gostaria de fechar negócio com o meu Inglês no entanto não posso legalmente conduzi-la até ao barco...

Já importei uma moto do reino unido no passado, mas como esta veio de transporte, nao tive esse problema. Até porque a moto já estava lá em meu nome.

Que recomendam vocês?

Eu estou a ponderar trazer o cavalinho bravo até ao barco no sul de inglaterra e depois disso já estaria legal com o meu seguro temporário Portugês.

Cumps

Como resolveste esta situação?
Responder
#78

(03-04-2018 às 22:11)César Serpa Escreveu:  
(08-07-2016 às 12:53)ChrisBonneville Escreveu:  Boa tarde malta,

Nesta questão de importação e no caso de a moto ser comprada no Reino Unido. Se esta vier a rolar obviamente que tem que ter seguro válido no UK e restante europa. 

Que seguro se pode aplicar neste caso?

Deparei-me com as seguintes dificuldade:
-Não sendo residente do U.K. não posso fazer qualquer tipo de seguro no Reino Unido. 
-Por outro lado, o que me disseram em Portugal é que o seguro temporário por exemplo na tranquilidade, para este tipo de situação só é valido no continente europeu.

Ora eu gostaria de fechar negócio com o meu Inglês no entanto não posso legalmente conduzi-la até ao barco...

Já importei uma moto do reino unido no passado, mas como esta veio de transporte, nao tive esse problema. Até porque a moto já estava lá em meu nome.

Que recomendam vocês?

Eu estou a ponderar trazer o cavalinho bravo até ao barco no sul de inglaterra e depois disso já estaria legal com o meu seguro temporário Portugês.

Cumps

Como resolveste esta situação?

Tendo em conta que a última vez que por cá apareceu foi em Setembro de 2016, parece-me que a mota ficou retida em Inglaterra, ou então desapareceu na travessia do canal da Mancha...
Responder
#79

Eu acabei a uns dias atrás de legalizar uma mota que fui buscar a espanha e é muito mais simples so que eu alguma vez pensei, muito mais simples do que falam aqui.
E por isso vou deixar aqui a minha aventura para quem quiser também ter uma ideia dos passos.

ATENÇÃO: ESTE É O PROCEDIMENTO PARA LEGALIZAÇÃO DE UMA MOTA COM MATRICULA ESPANHOLA, PARA OUTROS PAÍSES PODERÁ SER DIFERENTE!!

A cerca de custos de papelada fica já uma ideia, os custos serão: Documentos necessários para a realização da legalização e seus passos resumidos:

1º IMT
  • Modelo 9 IMT (preenchido);
  • Fotocopia do CC;
  • COC;
  • Declaração de venda (assinado por ambas as partes se for comprado a particular);
  • Livrete da mota;
2º IMT 
  • depois de estar tudo entregue irá ser marcado uma inspeção com um engenheiro para ver a mota e verificarem nmr de quadro, motor e mais algumas coisas, se tudo estiver bem o eng. irá carimbar e assinar o modelo 9 IMT;

3º Alfandega (DAV preenchido online)
  • Fotocopia do CC;
  • Modelo 9 IMT (carimbado depois da inspeção);
  • COC;
  • Livrete da mota;
  • ITV (inspeção espanhola); 
  • Minuta de transporte do motociclo (caso seja transportado num veiculo);
  • Declaração de venda;
ATENÇÃO: TEM APENAS 20 DIAS PARA FAZER O DAV A PARTIR DO MOMENTO QUE A MOTA ENTRA EM TERRITÓRIO PORTUGUÊS.

Após o DAV entrar no sistema passado um dia +- aparecerá o comprovativo para imprimir para pagar o ISV/DUC (no meu caso foram apenas +-34 euros), após estar pago a alfandega irá fazer o DAV onde irá ser dada a matricula portuguesa (tempo de espera 2 a 3 dias).

4º IMT
  • Assim que o DAV estiver disponível tem de se deslocar novamente ao IMT e entregar o DAV, o livrete original e o ITV original.
  • Aqui pagará 46 euros ao IMT.
5º IRN (deverá deixar passar uma semana desde que foi ao IMT pois a documentação demora a chegar ao IRN, mas neste momento a mota já se encontra legal para condução (durante 60 dias) o DAV é o suficiente para documentação da mota, e seguro como é obvio.
  • Fazer pedido do DUA deverá levar o CC e o DAV (preço 55 euros).
Após o DUA chegar a casa toda a burocracia terá acabado finalmente.

Caso alguém tenha alguma duvida mande mensagem.


Dono de uma MT-07 e uma KTM 690 SUPERMOTO
Responder
#80

Obrigado pela informação. Para quem quiser fazer já sabe os passos. bigsmile

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)