Kit transmissão
#11

(15-12-2016 às 22:21)inc_pt Escreveu:  Não sei o ke significa kit original e da concorrência...mas ok

O original ou oem é o que a Yamaha compra ao fornecedor, instala nas suas motos e comercializa com a sua própria marca.

O da concorrência é produzido por um dos muitos fabricantes de kits.
Há fabricantes mais reputados que outros. E o facto do fabricante ser o mesmo do original será pura coincidencia.

(15-12-2016 às 23:01)inc_pt Escreveu:  A mota tem 22.000 kms penso estar na altura de mudar

A última vez que modei um kit tinha quase mais 100.000km que isso.

Um kit de qualidade e devidamente bem estimado com a manutenção adequada dura bastante.

Um kit que dure menos de 60.000km é porque o proprietário foi descuidado ou a moto este muito tempo guardada num palheiro.

(16-12-2016 às 15:44)LuisDrager Escreveu:  Quando vou para arrancar na mota, e principalmente quase sem acelerador (nas calmas), sinto e oiço um TAC TAC, parece-me da zona do pinhão ou por essa zona.. Pode ter alguma coisa a ver com a corrente ou seus componentes? 

Pode ser o pinhão de ataque degradado.
Pode ser a corrente demasiado folgada a sacudir e bater em algum lado.
Pode ser a corrente demasiado apertada a provocar tensão nos elos quando estes se mexem.

Estes são os casos prováveis fáceis de detectar pois podem ser observados directamente.
Existem outros casos mais complexos de observar e resolver. Mas deves começar por estes antes de sequer pensar em coisas piores.
Responder
#12

(16-12-2016 às 15:44)LuisDrager Escreveu:  Já agora aproveito o post..

Quando vou para arrancar na mota, e principalmente quase sem acelerador (nas calmas), sinto e oiço um TAC TAC, parece-me da zona do pinhão ou por essa zona.. Pode ter alguma coisa a ver com a corrente ou seus componentes? 
Não faz sempre que arranco nas calmas.. Mas quando faz é sempre que arranco nas calmas e maioritariamente em plano..

Luis pá!
Se algum dia abrires a tampa do pinhão de ataque com a moto fría vais-te sorpreender.
O Pinhão baila de tanta folga!
É vais pensar que existe ali um problema ou que falta alguma peça e não é nada disso.
Essa folga existe porque as peças aquecem e se estiverem muito justas podem soldar-se, inviabilizando a sua remoção sem recursos drásticos.
Esse tac tac deve ser coincidente com a temperatura da mota (motor frio)  e é mais que normal. Não te preocupes que não mói nada,  porque existe uma coisa chamada têmpera que confere ao metal uma dureza brutal. E no caso de veio secundário e pinhão andarem à  dentada,  o pinhão não tem hipótese.

(16-12-2016 às 15:52)Nfilipe Escreveu:  
(15-12-2016 às 23:10)LoneRider Escreveu:  Nunca mudes só uma roda dentada,  muda sempre as duas.

Quando dizes as 2, uma é a cremalheira e outra o pinhao de ataque?

Es tu que mudas a transmissão na tua mota? quer dizer nas tuas... és o burgo cá do fórum! devil

Exacto Filipe,  o sistema secundario por corrente esta constituído por duas rodas dentadas,  que são o Pinhão e a Cremalheira.

Sim,  eu tenho a ferramenta odontologica para poder cortar e unir os elos da corrente,  assim como toda a ferramenta necessária para as restantes operações de mudança das rodas dentadas.
Na Maria das Curvas e em quase todas as outras motos que tive quem mudava o sistema de transmissão secundário era eu.
E se o Inc disser alguma coisa e por umas gajas boas a lutarem numa tina cheia de barro la na Garagem dele,  sou gajo para lá mudar aquilo numa tarde!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)