Kit potência (Big Bore)
#1

Boas pessoal.

Queria a vossa ajuda no seguimento do título.

Tenho em vista este assunto que quase nada ou pouco percebo.

Num motor 125cc, alteração para um kit potencia da mesma fábrica 160cc que faz os motores de origem, a médio/longo prazo terei que ter algum cuidado extra? 
Ou é uma coisa perfeitamente fiável?

Nota: estilo de condução normal, não é para andar a rasgar..é mais para alguma situação de risco ou que possa comprometer a minha segurança, ter lá aquela potência disponivel...

Grato

Velasquez87
Responder
#2

Depende de como vai ser alterada a cilindrada.

Cilindro trabalhado com pistão maior ou alteração de cambota/biela?
Responder
#3

A minha opinião é que não vale muito a pena, porque normalmente o kit consiste num pistão novo(com anéis e assim), um cilindro novo com um bore maior e às vezes uma centralina/ECU diferente ou uma unidade extra(tipo PCV). O problema destes kit's é que vais estar a meter mais esforço sobre a cambota e biela, em que estas não estavam dimensionadas.
No motores minarelli 125 que equipa as yzf125r e wr125, o kit da athena é muito usado e há pessoal a fazer 20.000km e apenas ter de trocar o pistão e anéis, mas já tive um amigo com um kit desses e o pistão ter destruído o cilindro. a sorte dele é que meteu o kit numa oficina e tiveram de lhe dar garantia.
Uma coisa que podes fazer é procurar se o motor que queres modificar tem kit's OEM. Por exemplo o motor minarelli 125 , na Asia e assim vem com 150cc em vez dos 125cc, e há pessoal a meter esses kit's e a dizer que é o melhor dos dois mundos. Ficas com mais potência sem perder qualquer fiabilidade.
Responder
#4

Comprar uma mota com mais potência de raiz, tipo uma 250cc ou 300cc...

Sou pouco crente de alterações e afins... E no teu caso como não tens limitações de carta não vejo razão para isso, podendo ir buscar algo um pouco mais potente e com bons consumos igualmente.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#5

Imagem

É isto...

Pedro dizes que de 20 em 20 convem trocar o pistão?
É facil de fazer?
Responder
#6

Michel, a questão é a tal..se mulher quiser explorar, está resguardada pela lei...blink

Só quero mesmo perceber se é algo fiavel e que alterações terei de fazer a mais para que continue a ser fiável smile
Responder
#7

não dá para ver a imagem.
Sim a cada 20.000km, mas não é muito fácil de fazer em casa. Tens de tirar a cabeça toda, o cilindro e depois mudar o pistão e as juntas todos. Sinceramente não vale muito a pena o dinheiro e tempo investido. E tens de ter em conta que vais ganhar apenas uns 5 cv se tanto.
Responder
#8

E os consumos de certeza que não vão ser os mesmos.

Mas 20mil km's são feitos em quanto tempo?

Pode acontecer que nem aconteça nada de especial no dia-a-dia e aguente mais... É usar bom oleo, ter sistema de refrigeração a funcionar bem.
Responder
#9

Primeiro, tens quem te faça a alteração, com fiabilidade?

Sabes quais vão ser os efeitos practicos da alteração?

Convem saber coisas muito importntes como se a cambota e a biela é a mesma em ambas cilindradas, diametros de condutos da distribuição, e a electronica ser igual em questões de mapas de ignição para poder tirar o maximo partido do kit.
Se o kit for um OEM (imagina que essa mota existe na India mas com essa cilindrada 160cc) vale a pena e por norma a fiabilidade é a mesma, ou seja, tens que passar a seguir os planos de manutenção da 160cc. Covem tambem, fazer rodagem!

Eu pessoalmente não o faria, mas cada um é que sabe.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#10

(28-03-2017 às 15:39)pedromt07 Escreveu:  não dá para ver a imagem.
Sim a cada 20.000km, mas não é muito fácil de fazer em casa. Tens de tirar a cabeça toda, o cilindro e depois mudar o pistão e as juntas todos. Sinceramente não vale muito a pena o dinheiro e tempo investido. E tens de ter em conta que vais ganhar apenas uns 5 cv se tanto.

Ou eu me engano ou tenho informação preveligiada....

Pedro tu referes-te a motores de 2T, não?

É que se é o caso, o exemplo do Velasquez é para um mono de 4 ciclos!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)