Irmãos Coragem galardoados
#11

(04-12-2014 às 14:31)n00b1e Escreveu:  Essa do talento não derivar da classe social é realmente "poética" mas a realidade teima em ser mais pragmática. Ou, em poucas palavras, "Se não há dinheiro não há palhaço!..."

Entendo o que queres dizer.
Mas estás a focar a realidade de países que, tal como portugal, não há cultura de competição.

Pois nesses é perfeitamente possível pegar num puto e introduzi-lo em tenra idade.
Uma prova [u]regional[u] de minimotos em itália deve reunir mais público que todas as do nosso nacional de velocidade juntas.
Só isso diz muita coisa.

Por cá "não há palhaço"... porque não há interesse que faça gerar dinheiro...
É errado achar que é havendo dinheiro para gerar palhaços que de repente vai surgir muito interesse!

(04-12-2014 às 13:04)dfelix Escreveu:  Porque o pontapé na bola é relativamente pouco dispendioso para entrar e lá andar até se chegar à fase de se conseguir verificar se há ou não o tal "talento". Quaisquer sapatos de ténis e bola baratunchos servem.

O ténis não é assim tão dispendioso de iniciar, e enquanto Espanha produziu campeões... em Portugal continua a ser algo exclusivo das elites!
No golf isto ainda é mais gritante.
O basquetebol não envolve maiores custos que o futebol e enquanto passa despercebido por cá, os espanhóis têm uma das mais fortes ligas da Europa.
No andebol isto ainda é mais gritante.

O ciclismo já envolve alguma logística e até nem estamos mal representados. Mas nem podemos comparar com o que isto movimenta em Espanha.
Aliás, o interesse pela modalidade surge apenas durante a semana da volta a Portugal. E acredito que só vai tendo cobertura mediática porque coincide com a silly season.

(04-12-2014 às 13:04)dfelix Escreveu:  Vizinhos que praticamente nada tem em comum a não ser as linhas de fronteira.

Há coisas que são muito comuns, assim como os restantes povos latinos.
Mas a forma como o desporto é encarado...

(04-12-2014 às 13:04)dfelix Escreveu:  Mas aqui já entraríamos por caminhos que me parecem ficar algo fora do âmbito deste fórum. Talvez um destes dias a acompanhar uma cafezada possamos aprofundar um pouco mais este ponto? smile

Já não existe Francês...
E segundo consta, as 5ª feiras nas Docas agora dão direito a brigadas de intervenção da PSP.
Alguém que lance um tópico sobre o tema. Era simpático surgir um "novo" espaço para os motonliners.
Responder
#12

dfelix Escreveu:  O ciclismo já envolve alguma logística e até nem estamos mal representados. Mas nem podemos comparar com o que isto movimenta em Espanha.
Aliás, o interesse pela modalidade surge apenas durante a semana da volta a Portugal. E acredito que só vai tendo cobertura mediática porque coincide com a silly season.

Julgando pela quantidade de "Zés Esmaltinas" que se encontram nas várias estradas do país, muitos deles embaraçando e dando perigosidade para os demais condutores, acho que o cliclismo está mesmo a ordem do dia.
Não quer dizer que por termos tantos pseudo-ciclistas de fim de semana e final de tarde, sejamos uma potência da modalidade. No entanto ter um campeão do mundo luso, ou alguns chefes de fila tugas, em equipas de renome mundial, e nos principais tours, dá alguma visibilidade ao ciclismo nacional.
Em relação á "volta", e a forma como a mesma é vista e seguida, por cá, é algo que vem de longa data, quase como uma tradição popular de levar a merenda e esperar nas bermas da estrada para ver "os ciclistas passar", correndo depois atrás deles pelos prémios de montanha acima. Este "fetiche" popular, um pouco "saloio" até, tem um paralelo fiel, que é a final da taça de Portugal, em que a zona florestal em volta do Jamor, em dia de jogo, se enche cedo, de mesas, cadeiras de campismo, fogareiros, geleiras e garrafaões de tintol regional, independentemente dos clubes que marquem presença.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#13

(05-12-2014 às 17:14)carlos-kb Escreveu:  Em relação á "volta", e a forma como a mesma é vista e seguida, por cá, é algo que vem de longa data, quase como uma tradição popular de levar a merenda e esperar nas bermas da estrada para ver "os ciclistas passar", correndo depois atrás deles pelos prémios de montanha acima. Este "fetiche" popular, um pouco "saloio" até,

Não é uma apenas tradição lusa. O mesmo acontece na volta a Espanha, França, Itália. Tal como acontece nos rallyes. Sendo que muito do que vês por cá por exemplo na volta a Portugal é pessoal estrangeiro também, espanhóis, franceses, etc.
Responder
#14

Pssst..

Ó cambada....

Este tópico é pra falar mal dos Espanhois..... tá bem?

Quem quiser falar mal da Dorna.... e das mafias que os gajos fazem e tal, força!

Quem quiser falar da novela do Alex Marquez estar ser levado ao colo na carreira... força!

Agora assuntos sérios não pá... eu até me dei ao trabalho de ir buscar um video do youtube pa por a musica dos irmão coragem e vocês agora lixam-me isto tudo e põem-se a falar de coisas "uteis" e "sérias" e "interessantes"?

Não pode ser pá....
lol
Responder
#15

Boas;
Plenamente de acordo Maverick!! lol
Responder
#16

(05-12-2014 às 17:14)carlos-kb Escreveu:  Julgando pela quantidade de "Zés Esmaltinas" que se encontram nas várias estradas do país, muitos deles embaraçando e dando perigosidade para os demais condutores, acho que o cliclismo está mesmo a ordem do dia.

Sim, mas não consomem ciclismo de competição.
Tal como o facto de existirem milhares de pessoas a utilizar moto no seu dia-a-dia seja representativo do consumo pelas provas de competição de motociclismo.

(05-12-2014 às 17:14)carlos-kb Escreveu:  Este "fetiche" popular, um pouco "saloio" até, tem um paralelo fiel, que é a final da taça de Portugal, em que a zona florestal em volta do Jamor,...

Há 3 anos estive em Mondim de Basto pela altura da volta a Portugal.
Fui lá voar, e a quantidade de gente acampada ao longo daquela subida era assustador. Com o transito impedido, só se conseguia subir à descolagem porque a carrinha do clube de voo local tinha autorização para lá ir acima deixar malta!
Mas aquilo é uma festa como qualquer outra. Vai para ali gente de todo o lado fazer patuscadas e divertir-se.

E tive a melhor aterragem de sempre...
Com um individuo que não conhecida de lado de nenhum a receber-me com o garrafão e copo de vinho, pois achava que deveria estar com muita sede depois de tanto tempo lá em cima!
lol


(06-12-2014 às 03:46)Maverick49 Escreveu:  Este tópico é pra falar mal dos Espanhois..... tá bem?

Não consigo...
Eles têm imensas coisas que me fazem invejar...
lol
Responder
#17

Porra ó Felix pá.....

Tás me a estragar isto tudo pá....


Já agora, voas o quê? Ultra-leve? Pára-pente?
Ou tens uma capa tipo super homem?
Responder
#18

(08-12-2014 às 10:03)Maverick49 Escreveu:  Ou tens uma capa tipo super homem?

Algo do género...
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)