INDIANÁPOLIS 2015
#1

Boas pessoal.

É certo que grande parte de nós está de férias, mas está de volta a 2ª metade do campeonato e temos de discutir os resultados.

No passado fim-de-semana, e referindo-me apenas à classe maior (deixo aqui o convite para outros introduzirem as outras classes), parece que o Márquez inicia a 2ª volta da mesma forma que acabou a primeira, ou seja, a ganhar.

Foi uma grande corrida dos 2 da frente, sempre bem juntos desde a fase inicial da corrida. A estratégia do Márquez foi muito boa e deu frutos. Para o Lorenzo também foi bom, porque permitiu reduzir a diferença para o Rossi. Aliás, nesse campo, foi bom para ambos os espanhóis.

O Rossi pareceu-me que não conseguiria ir além do resultado que obteve. No entanto, se a mota estiver competitiva como a do Lorenzo pareceu estar em relação à Honda, isso vai permitir alcançar mais vitórias e manter o bom campeonato que está a fazer e, talvez, sagrar-se campeão.
Ainda assim, acho que tal vai exigir mais um pouco do velhote. Mas vamos ter de esperar.

Uma mudança de chassis efectuada mais cedo traria outros resultados para a Honda. Felizmente para a Yamaha, essa alteração pode ter vindo tarde demais.
É incrível a diferença de andamento que o chassis de 2014 proporciona ao Márquez, pois permite-lhe fazer tudo aquilo que ele não fazia com o chassis de 2015.
Mas isto também levanta outra questão: É tudo muito bonito com este quadro, mas um dia terão de abdicar dele. E nessa altura?...
É que o que se viu antes dessa alteração não foi nada animador.

Confesso que, como adepto do Rossi, estou um pouco apreensivo com as últimas performances do Márquez. Não gostaria de ver agora numa 2ª metade do campeonato um domínio Honda/Márquez, ainda que acredite que isso não vá acontecer, mas sim que as coisas irão ser mais ou menos repartidas.
Também é verdade que em todas as corridas o Rossi foi ao pódio, o que diz muito da sua regularidade e bons resultados no presente ano. Também pode estar aqui a receita para se sagrar campeão este ano. E convenhamos que essa receita resultou para a primeira metade.

Alguém tem previsões sobre os próximos acontecimentos?


Cumprimentos a todos.

________________________________________________________________________________________

Triumph Sprint ST 1050 '08 (Dark Blue)
Aprilia RSV4 Factory '09 (Aprilia Racing theme)
Yamaha YZF-R6 '07 (Captain America theme)
---
Yamaha FZ8 '10 (White/Gold)
Kawasaki ZX-6R Ninja '08 (Orange)
Responder
#2

Boas;
Por acaso também vi as corridas. E nem seqrer foi preciso levantar-me de manhã!! cool

Apanhei logo uma braveira com a vergonha que foi Moto3, seráq ue era preciso tanta m#rda para mudar os pneus a uma moto. Estamos a falar de equipas do Mundial, não estamos a falar de equipas do Chasso-Cup!!! mad
Prestação miserável do Miguel Oliveira, que a muito custo conseguiu um magro pontinho e viu esfumar-se a oportunidade de morder os calos ao Dany Kent. A pista estava seca!! O que é que aquela gente tinha na cabeça para arrancarem todos excepto o surpreendente vencedor, o Livio Loi.

Moto2 foi uma corrida com algum interesse, apesar de continuar a achar que aquilo não são motos dignas dum campeonato mundial, há lá pilotos com valor que gostava de ver futuramente em MotoGP

MotoGP, adorei o salto para a frente do Lorenzo e estive a torcer-me todo no sofá à espera que conseguisse aguentar a pressão do Marquez até que a 3 voltas foi passado e atirou a toalha. Nem o meia-dose conseguiu aguentar o Valentino em 4º. censored
Contudo, tenho que admitir que o Marquez mereceu a vitória e o Valentino mereceu subir ao pódio. Mas fico triste, continuo a ser um daqueles que não o quer ver ganhar o 10º. mad
Também estava à espera de mais qualquer coisa por parte da Ducati, o Dovizioso viu logo a corrida comprometida com o toque do Crutchlow e o Iannone limitou os danos com um 5º lugar, mas ficou provado que a Ducati precisa de evoluir.

Venha Brno!!
Responder
#3

(11-08-2015 às 17:58)KaWOWsaki Escreveu:  Mas isto também levanta outra questão: É tudo muito bonito com este quadro, mas um dia terão de abdicar dele. E nessa altura?...

Como assim?
Isto só provou que o que foi desenvolvido para 2015 não estava de acordo com as expectativas.
Se ao voltar atrás os resultados demonstram ser mais favoráveis (e não foi exclusivamente para o Marquês... basta ver também quanto ao Pedroto) a única conclusão que a HRC pode tirar é que evolução de um novo chassis não poderá ser na linha do que foi feito para 2015.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)