IC-R (Intelligent Cranium)
#1

Parece que a moda dos "smart helmets" começa a dar cartas. Depois do Skully ou do Revuu trazerem conceitos revolucionários para o mundo dos capacetes moto, agora aparece este iC-R.
Não me admirava nada que mais fabricantes comecem a tomar este caminho, e num futuro mais ou menos próximo, um capacete deixe de ser apenas e só um simples EPI, para passar a ser algo tecnológico, recheado de gadgets, que para além da função de protecção, adquira também uma função informativa, entretenimento e comunicação.

Outra questão é.... se com tanta informação e engenhocas, o motociclista não vai acabar por deixar de ter o instinto principal de quando se conduz.... que é ter os olhos na estrada?

Curiosamente, este iC-R foi criado e concebido por um não motociclista... disapointed
___________________________________________________


iC-R - Intelligent Cranium o capacete mais completo


Este é o capacete mais ambicioso alguma vez produzido. Garante um nível de segurança e tecnologia até agora nunca visto, e com um preço muito razoável.

[Imagem: nx0iyjj3ubic4efxjkdmhakniy2.jpg]

O capacete IC-R  (Intelligent Cranium) é ainda um projecto. Mas não é por isso que deixa de ser ambicioso, e representa um produto completo e de muito interesse para os motociclistas.

Duas câmaras de video captam a imagem da estrada para trás, projetam-na numa viseira dupla de LCD que também escurece ao toque de um botão em menos de um segundo. Um sistema de audio integrado permite que via Bluetooth, exista conectividade com o telefone e com o GPS, enviar comandos por voz e comunicar com outros capacetes.

Um sistema dedicado monitoriza o trânsito através de um LiDAR para alertar o motociclista em caso de perigo, se algum veículo de aproximar por detrás a velocidade elevada. O aviso é feito através de vibração e de LEDs instalados no interior, que se acendem em caso de possível colisão.

As câmaras de vídeo são de cor integral e por serem duas eliminam completamente qualquer ângulo morto, pois garantem um ângulo de visão de 210º. Comparado com o Capacete Skully que também já lhe apresentámos (pode revê-lo aqui) o iC-R proporciona, em conjunto com a ampla viseira, um angulo de visão de 360 graus.

[Imagem: ckfvxl0a2aajmvsr3ofjnfef023.jpg]

A viseira de LCD duplo, além de ter projectada a imagem recolhida pelas duas câmaras ainda pode projectar informações complementares provenientes do GPS, do Telemóvel, ou de qualquer outro sistema multimédia já que o iC-R disponibiliza uma plataforma de desenvolvimento de software para que as possibilidades sejam infinitas.

O criador, Ambrose Dodson, não é motociclista, mas reparou que quem anda de moto, frequentemente tem de tirar os olhos da estrada para poder olhar para trás sem ser abalroado. Sobretudo ao mudar de direcção, no meio do trânsito. “ Vejo isto como um grande problema para os motociclistas, e então pensei o que é que podia fazer para tornar as motos mais seguras, tanto para os motociclistas como para mim, que num futuro próximo também quero começar a andar de moto pois é um desejo que já tenho há muito tempo.”

[Imagem: cdyez4uvz0x0mfi05drubhmf3i2.jpg]

Em caso de falha de energia, a viseira, caso esteja em modo escuro, clareia imediatamente.

E claro que toda esta electrónica consome bastante energia, por isso as baterias são fundamentais neste equipamento.

No entanto a carga de electrões é suficiente para garantir o iC-R a funcionar por pelo menos oito horas. Para garantir uma maior autonomia, o iC-R inclui um painel solar que carrega as baterias.

A calota exterior foi desenhada para ser extremamente aerodinâmica. Tudo isto por um preço que, na América, rondará os 1600 dólares.

Neste momento corre uma campanha de “crowdfunding” na Indiegogo, e o início da produção do iC-R está previsto para 2017.


https://www.youtube.com/watch?v=30EHI4S38u4

fonte

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#2

Muito bom conceito, todos os gadjets já existentes no mercado inseridos no capacete. Era uma aposta que eu provavelmente faria para mim.
Responder
#3

(23-03-2016 às 10:52)carlos-kb Escreveu:  Outra questão é.... se com tanta informação e engenhocas, o motociclista não vai acabar por deixar de ter o instinto principal de quando se conduz.... que é ter os olhos na estrada?
[url=http://www.andardemoto.pt/moto-news/22878-ic-r-intelligent-cranium-o-capacete-mais-completo/][/url]

É isso mesmo: mais mariquices.

Motard que é motard só precisa da mota, da estrada (e um mapa, ou não) ! smile

Por vezes uso GPS (quando há um cronograma a cumprir), mas nada se compara à liberdade da navegação à vista, dos enganos e dos locais onde nos levam.

Boas curvas! 
Responder
#4

(23-03-2016 às 11:33)nunomsp Escreveu:  Motard que é motard só precisa da mota, da estrada (e um mapa, ou não) ! smile

Epa.... é uma questão de se ser mais papista que o papa... ou não! bigsmile

Há engenhocas que apareceram e que facilitaram ou melhoraram de sobremaneira a vida do motociclista, seja no campo do conforto ou da segurança. Agora... há que ver o que tem real utilidade... e o que já entra no campo do supérfluo ou do devaneio.

Porque se pensássemos literalmente assim... todos andaríamos de CG125 (ou equivalente).... que deve ser o conceito mais básico de moto.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#5

Não sei se estás a par da atualidade mas há pessoal que substitui os retrovisores por camaras traseiras e um visor em cima do deposito, mais auricular bluetooth, microfone, etc.
Este capacete vem revolucionar  o mercado e dar um produto all-in-one. isto do meu ponto de vista.
Responder
#6

para não falar que fazes tudo isto sem tirares os olhos da estrada! Big Plus!
Responder
#7

Caso seja realmente seguro, confortável e não pese 3Kgs e algo muito interessante como os concorrentes o são. Será o futuro com certeza, bem como a comunicação entre a mota e todo o teu equipamento, como já começa a existir com a ducati/dainese.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#8

(23-03-2016 às 12:00)mivla Escreveu:  Não sei se estás a par da atualidade mas há pessoal que substitui os retrovisores por camaras traseiras e um visor em cima do deposito

O que à luz da legislação, não deixa de ser ilegal. O uso de gadgets desse tipo, que começou com o capacete Revuu, não substítuia de todo, teres fisicamente, os espelhos na moto, pois a lei diz que eles têm de lá estar.

(23-03-2016 às 12:07)michelfpinto Escreveu:  Caso seja realmente seguro, confortável e não pese 3Kgs e algo muito interessante como os concorrentes o são.

Tocaste num ponto extremamente relevante... que é o peso... ao qual eu acrescento também o aspecto da dimensão. E o facto é que os capacetes têm vindo tendencialmente a engordar e a aumentar de tamanho, resultado não só dos requisitos de maior resistência a impactos, como também das funcionalidade que lhes têm sido acrescentadas (mais e melhores ventilações, viseiras duplas, pin-lock, possibilidade de incluir sistemas de comunicação integrados, forros mais confortáveis e retiráveis, etc...).

Os capacetes aqui há uns anos, eram bem mais pequenos e leves (claro que mediante o material de que eram feitos).

Tudo o que seja meter a mais.... quer se queira, quer não, vai-se reflectir neste aspecto do peso e dimensão. E 100 ou 200 gramas a mais, parece pouco, mas reflecte-se bastante negativamente num uso mais prolongado.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#9

Só lhe falta isto bigsmile  

[Imagem: SKU171475_3.jpg]

http://pt.aliexpress.com/item/MOTORCYCLE...46762.html

Boas curvas! 
Responder
#10

Capacete tão completo que até dispensa a mota! Funky! 😈

[Imagem: wrong-bike.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)