Husqvarna TR650 Terra
#1

Boas.

Ora, a minha vida tem dado demasiadas voltas nestes últimos tempos e terei de permanecer mais algum tempo por Angola. Como não sei por quantos anos mais, mas prevendo alguns, já decidi que vou comprar outra mota para utilizar por aqui.

Para quem não conhece Luanda, o asfalto aqui não é bem como aquele a que estamos habituados em Portugal. A esmagadora maioria dele é suja, muitos locais têm o piso degradado, outros não têm asfalto, enfim... Sítios em condições para andar com uma desportiva simplesmente não existem e o trânsito é, digamos, "intenso".

Por estas razões, ponderei uma mota que pudesse fazer um bocadinho de tudo. Depois de analisar um pouco aqui o mercado, coloquei basicamente estas opções em cima da mesa:
  • Yamaha XT660X
  • Yamaha XTZ660 Teneré
  • Husqvarna TR650 Terra

Faltou colocar nos pontos a Honda NC700X e a VFR800X, mas parece-me que irão pedir muito dinheiro por elas, pelo que deverão estar fora de hipótese. Ainda me desloquei a um stand, mas não sabiam o preço... Não estou a brincar. Pediram para ir a outro.

Bom, começando pela XTX, que é aquela que mais me enche as medidas, na Yamaha informaram-me que já não se encontram a comercializar a mesma. Para além disso, encontrar usadas à venda não é muito fácil, e aqui também não me sinto muito à vontade para avançar com um negócio desses. Assim, está mais ou menos excluída (ainda vou tentar abordar alguns proprietários, pelo sim pelo não).

A XTZ está fora do que pretendia gastar (estão a pedir cerca de 15.000 USD), para além de que a estética não me convence totalmente e é muito alta. Esta está mesmo fora de hipótese.

A Husqvarna foi a surpresa do dia. A estética não me cativava (ainda não cativa totalmente), mas a mota até tem uns apontamentos porreiros e ao vivo funciona melhor do que nas fotografias. Vi uns vídeos e li umas coisas e falam bem da mota, parece que é bastante competente. A melhor parte é que consigo comprar nova por 9.000 USD, o que me tornou automaticamente fã dela. Até me ficou a parecer mais bonita, depois de saber o preço lol.
Além disso, é bastante estreita e ligeira e, por isso, bastante boa para o trânsito, que aqui é bastante compacto.

Depois de saber como é que são as Honda, decido. E se tudo correr bem, no início do ano avanço com a compra da TR650.

Alguém daqui tem experiência com a mota, ou a marca? Sei que o Broly tem experiência com a marca, por isso, opiniões são bem vindas. Se mais alguém puder ajudar, ou opinar, faça favor.



Agora a parte má... Não sei o que vou fazer em relação à minha laranjinha, pois não sei por quanto tempo terá de ficar parada... Não queria vender, mas também não a quero para a ter parada por demasiado tempo. Ando a ponderar desfazer-me da menina dos meus olhos, com muita pena minha...

Cumprimentos a todos.

________________________________________________________________________________________

Aprilia RSV4 Factory '09 (Aprilia Racing theme)
Yamaha YZF-R6 '07 (Captain America theme)
---
Yamaha FZ8 '10 (White/Gold)
Kawasaki ZX-6R Ninja '08 (Orange)
Responder
#2

Boas;
KaWOWsaki, antes de mais boa sorte nessa "aventura africana". Para muitos portugueses, Angola tem-se revelado a opção a tomar.

Em relação às motos, apenas gostava de te chamar a atenção para o facto da Husqvarna ser uma moto do tempo em que a marca foi detida pela BMW, o que a prazo (que pode não ser assim tão longo) pode significar falta de material.
Vai dando mais umas voltas à procura, pode ser que apareça mais alguma coisa.
As trail devem ser, sem sombra de dúvida, as motos mais indicadas para essa zona.
Responder
#3

Como eu conheço esse transito... mad

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#4

Olá pessoal.

Obrigado pelas vossas respostas.
Johnny, exactamente. Trata-se de uma mota criada quando a marca pertencia à BMW. Aliás,´é feita com base na G650, partilhando uma série de componentes e motor.
Por essa razão, quando questionei o responsável do stand acerca de manutenção e preço, dificuldade de peças, ele respondeu:
  • Em relação a manutenção e preço está dentro do praticado nas outras marcas. É semelhante. (Vou acreditar nele)
  • Em relação a peças ele referiu que é pacífico pois, se não tiverem da marca, basta irem até à BMW, pois grande parte das peças provém do modelo da BMW.

Realmente, aqui as motas mais indicadas são as deste tipo e outro tipo de motas ligeiras. Para mim, claro.
Primeiro, fica difícil manter uma mota impecável aqui, quer por se sujar com muita facilidade e ter de aguentar condições um bocado duras, quer pelas condições da via que as desgastam muito e quer pelo resto do pessoal que não tem respeito pelas coisas dos outros. Logo, para mim não faz sentido ter uma mota que goste mesmo muito, senão ia andar com o coração nas mãos. Desportivas então está completamente fora de questão, ainda que se vejam muitas por cá...
Depois, esta TR acaba por ser tipo uma mini-trail, bom para me iniciar neste tipo de motas e ideal para fazer vários tipos de terreno. Ou seja, pau para toda a obra. Pelo menos, assim o espero.

Esta ainda acaba por ter a vantagem de ser mais estreita que as concorrentes, o que me faz muita diferença. Ainda devo ir ver alguma este ano e talvez avançar já, em vez de esperar por 2015. Estou à espera que me liguem para ir ver uma de um cliente do stand. Estou a ver a situação através do Filipe Motoshow. Eles representam uma série de marcas aqui, entre as quais a Husqvarna. Mas também MV Agusta, Ducati, KTM, Kawasaki, Honda, Can-am e mais algumas. Têm um stand bem recheado diga-se.

Já agora, o outro dia reparei na Transalp. Sabem-me dizer em que patamar se situa? Se ao mesmo nível, ou se acima? Ainda não tive tempo de ir até ao representante oficial da Honda, estou fora de momento. Mas ainda esta semana deverei passar por lá, ainda que ache que não deve valer muito a pena.

Cumprimentos a todos.

________________________________________________________________________________________

Aprilia RSV4 Factory '09 (Aprilia Racing theme)
Yamaha YZF-R6 '07 (Captain America theme)
---
Yamaha FZ8 '10 (White/Gold)
Kawasaki ZX-6R Ninja '08 (Orange)
Responder
#5

Boas;
KaWOWsaki, os receios que teria se comprasse uma Husqvarna dessa geração não seriam em relação ao motor ou outros componentes comuns com a BMW. Esses, de modo mais fácil ou mais difícil, mais baratos ou mais caros encontram-se; agora outros componentes que só saíram nessa linha de motos já me preocupariam mais.
Contudo, acho que esse é o segmento mais adequado para andar por essas paragens, uma moto versátil, ágil e e simples. Infelizmente, o segmento trail puro está em vias de extinção, ou se fazem motos de enduro puras ou maxi-trails.
A Transalp pode ser uma opção bastante racional, mas perde a nível de simplicidade e agilidade.


Acredito que vontade de andar de moto seja mais que muita, mas tenta ter calma. Evita precipitar-te ou agir por impulso.
Quanto à "laranginha" que deixaste por cá, enquanto estiveres na dúvida não vendas. Pelo menos quando cá vieres sempre podes matar saudades.

Ânimo por essa paragens africanas.
Responder
#6

Boas KaWOWsaki.

Sem querer desviar do assunto, diz-me uma coisa: será seguro andar com uma mota de uma marca bastante reputada em Luanda? Não sei como é a segurança em Angola, no entanto ambos sabemos que as motas portuguesas que são roubadas muitas das peças (ou a mota em si) vão parar a Angola. Se as japonesas já são o que são, quanto mais uma europeia. É que tenho ideia que é um pouco como no Brasil, se quiserem assaltam em pleno dia no meio da estrada. disapointed
Não se trata de discriminação, apenas temos que ter em conta que a situação economica-social é outra, e sei que muitos portugueses são um alvo. Desculpa falar nisto, não sei se é infundado ou não, nunca estive em Angola.
Responder
#7

(11-12-2014 às 01:50)Lusitanian Escreveu:  Boas KaWOWsaki.

Sem querer desviar do assunto, diz-me uma coisa: será seguro andar com uma mota de uma marca bastante reputada em Luanda? Não sei como é a segurança em Angola, no entanto ambos sabemos que as motas portuguesas que são roubadas muitas das peças (ou a mota em si) vão parar a Angola. Se as japonesas já são o que são, quanto mais uma europeia. É que tenho ideia que é um pouco como no Brasil, se quiserem assaltam em pleno dia no meio da estrada. disapointed
Não se trata de discriminação, apenas temos que ter em conta que a situação economica-social é outra, e sei que muitos portugueses são um alvo. Desculpa falar nisto, não sei se é infundado ou não, nunca estive em Angola.

Boas pessoal.

Lusitanian, será sempre um risco, basta apenas que seja uma mota que chame a atenção. Neste caso, nem considero que chame por aí além, não é propriamente bonita. O pessoal que tem boas motas aqui tem mesmo boas motas. Uma TR não chama muito a atenção.

Uma Nuda, como se vêem algumas por aqui, isso sim, chama um bocado a atenção.

Aqui até há mais motas europeias do que japonesas. Isto, falando de motas maiores, e não motorizadas (neste campo abundam japonesas, chinesas e indianas).
Vende-se muita Ducati, MV, KTM, Aprilia e várias BMW por aqui. Por incrível que pareça.
O único local onde vejo mais Ducati do que aqui, em Portugal, é na Roca. De resto, vêem-se mais por estas bandas.

Em relação a segurança e a como as coisas se passam por aqui, não vou dizer que não tens razão, porque tens. Mas não é bem, ou tanto, como se pensa aí em Portugal.

Por acaso, vêem-se cada vez mais brancos a andar de mota. Eu, pelo menos, parece que noto mais. Aos poucos eles vão saindo da casca.

Cumprimentos a todos.

________________________________________________________________________________________

Aprilia RSV4 Factory '09 (Aprilia Racing theme)
Yamaha YZF-R6 '07 (Captain America theme)
---
Yamaha FZ8 '10 (White/Gold)
Kawasaki ZX-6R Ninja '08 (Orange)
Responder
#8

thumbsup
Então vai com cuidado blink Boa Sorte.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)