Honda CB 1100X
#11

Acho que ainda estamos longe de ter uma marca (sobretudo das conservadoras) a lançar uma versão de produção próxima de uma concept mais futurista deste género. Podiam efetivamente ter mantido alguns aspetos como o monobraço, escape e óticas, mas aparentemente optaram pela versão "económica" da coisa. Por outro lado a tal traseira esguia (da qual também gosto bastante) iria afastar alguns compradores mais "racionais" que veriam aí algumas limitações ao uso mais prático da mota. De qualquer forma, não esquecer que estamos a falar da sequela de uma Deauville com o motor da AT, pelo que qualquer coisa já é uma melhoria! lol
Responder
#12

(06-02-2021 às 10:36)marco.clara Escreveu:  aparentemente optaram pela versão "económica" da coisa.
(...)
uso mais prático da mota.

Voilá!

(06-02-2021 às 10:36)marco.clara Escreveu:  não esquecer que estamos a falar da sequela de uma Deauville com o motor da AT, pelo que qualquer coisa já é uma melhoria!

Não a vejo como uma sequela, sequer.
A Deauville foi a tentativa da frangaria lançar uma mini Pan, usando toda a base que já tinha na Revere. A Deauville não era mais que uma NTV carregadíssima de plásticos e com uma estética pouco conseguida. O problema foi sempre aquele motor amorfo e pouco potente, que, na naked, ainda era "ela por ela".... mas para uma mota de maior porte, pretensões turísticas, para viajar, carregada de bagagem e com passageiro, e pouco mais de meia centena de cv, fez dela uma autêntica arrastadeira. Era desinteressante do ponto de vista estético e dinâmico.

Pegar agora nessa designação (NT) também foi assim pouco feliz... até porque as NT nunca foram sequer "calça-arregaçada" e muito menos recorreram a motores em linha. Manterem a designação CB1100X era para mim, mais congruente, até pela uniformização da gama actual, com a CB500X, e um pouco paralelamente ao que acontece num outro segmento, com as Rebel, com as mesmas unidades motrizes.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#13

(06-02-2021 às 12:26)carlos-kb Escreveu:  
(06-02-2021 às 10:36)marco.clara Escreveu:  não esquecer que estamos a falar da sequela de uma Deauville com o motor da AT, pelo que qualquer coisa já é uma melhoria!

Não a vejo como uma sequela, sequer.
A Deauville foi a tentativa da frangaria lançar uma mini Pan, usando toda a base que já tinha na Revere. A Deauville não era mais que uma NTV carregadíssima de plásticos e com uma estética pouco conseguida. O problema foi sempre aquele motor amorfo e pouco potente, que, na naked, ainda era "ela por ela".... mas para uma mota de maior porte, pretensões turísticas, para viajar, carregada de bagagem e com passageiro, e pouco mais de meia centena de cv, fez dela uma autêntica arrastadeira. Era desinteressante do ponto de vista estético e dinâmico.

My point exactly. A relação que estabeleci com a Deauville foi feita em modo sarcástico. blink
Responder
#14

Em relação a uma das concorrentes, penso que o motor Honda 1100 (mais 200 cc do que essa tal concorrente na versão 2021) se for assistido por uma caixa bem escalonada, vai ser a grande mais-valia.

Nos trajectos do dia-a-dia e pelos motivos óbvios, é raro chegarmos às 10000rpm onde se localiza a potência máxima dessa tal concorrente.

Na realidade utiliza-se a potência em regimes baixos e intermédios e mesmo que esta debite 80 cavalos máximos reais vai ser mais apropriada para viagens com pendura e bagagem.

Claro que nem tudo é motor, os travões, quadro, distribuição da massa, pvp, vai tudo posicionar este novo modelo.

Quem já assistiu às actualizações súbitas das Goldwing (o primeiro ano da última versão era pintado a Gouache),  NC (700->750->750+->750++->750#, etc), das CB500 e das Africa Twin (1000->1100->1100+,...) sabe que com a Honda convém aguardar. Sai em 2021? Então em 2025 talvez já tenham resolvido os problemas.

Será portanto um modelo a testar em 2025.
Responder
#15

Para mim, independente do que digam olho para ela e parece uma “limpeza “ da CBF.

Acho que a voga da sport turismo, calça arregaçada ou la o que lhe chamam chegou e poderá entrar está no catálogo.


Nunca conduzi uma AT por isso não tenho referência do motor.
O que gostava era que o motor tivesse a potência mais disponível a baixas rotações, fico contente se a moto tiver potência disponível a 80/100kmh.
Para mim faz mais sentido do que a potência só estiver disponível a 140/160.


Em relação ao design poderia ter algo mais diferenciado aqui e ali. Desconfio que a Honda será a próxima Suzuki, nos próximos anos sem nada de interessante.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Responder
#16

(06-02-2021 às 14:37)Snap Escreveu:  Acho que a voga da sport turismo, calça arregaçada ou la o que lhe chamam chegou e poderá entrar está no catálogo.

Está modelo nao nao faz parte das sports tour, o motor nao tem essas características, nem a geometria da própria mota a podia classificar nesse segmento.

É mais uma para jogar no campeonato das GS, tiger, tracer.
Responder
#17

Vocês nunca estão contentes. A Kawasaki farta-se de lançar motas parecidas com os concepts, com um design que ninguém acredita que possa passar à produção em série e depois vocês não gostam. A Honda suaviza as coisas e queixam-se porque queriam o concept.

Ninguém vos entende! Parecem as mulheres lol lol lol
Responder
#18

(06-02-2021 às 16:15)luisnogueira Escreveu:  Vocês nunca estão contentes. A Kawasaki farta-se de lançar motas parecidas com os concepts, com um design que ninguém acredita que possa passar à produção em série e depois vocês não gostam. A Honda suaviza as coisas e queixam-se porque queriam o concept.

Ninguém vos entende! Parecem as mulheres lol lol lol

Parecem, diz ele.... devil

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#19

(06-02-2021 às 16:35)LoneRider Escreveu:  
(06-02-2021 às 16:15)luisnogueira Escreveu:  Vocês nunca estão contentes. A Kawasaki farta-se de lançar motas parecidas com os concepts, com um design que ninguém acredita que possa passar à produção em série e depois vocês não gostam. A Honda suaviza as coisas e queixam-se porque queriam o concept.

Ninguém vos entende! Parecem as mulheres lol lol lol

Parecem, diz ele.... devil

Fala quem passa mais tempo a decorar uma mota do que a andar nela! Existe porventura ainda algum acessório que nao tenha figurado na decoração da KTM? devil
Responder
#20

(06-02-2021 às 14:56)Nfilipe Escreveu:  Está modelo nao nao faz parte das sports tour, o motor nao tem essas características, nem a geometria da própria mota a podia classificar nesse segmento.

Explica lá isso melhor...? think
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)