Gps Mota
#71

Acho que se resume tudo ao que o Caroço referiu.

Afixar um telemóvel que custa mais de mil euros, numa mota, é capaz de justificar ter um suporte (eventualmente mais caro) que ofereça alguma garantia de qualidade, em detrimento de um suporte de 5 euros da loja do chinês (cuja robustez pode levantar dúvidas).
Responder
#72

Se queres andar com um suporte barato, arranja um smartphone barato para la meter, qualquer smartphone da treta corre um gps sem grandes problemas e se é só pelo gps nem lhe precisas meter cartao.
Responder
#73

No X-Grip da RAM dificilmente um smartphone voa.
Sobretudo quando se tratam das versões "plus", que para caber obrigam a alongar bastante as patas.

O problema é ser feio!
Quando não está a ser usado, fica sempre ali o "aranhiço" à vista.

[Imagem: f4bc5ae5e74e7dfa196ced7edef970bd.jpg]

Por outro lado dispensa capas específicas.

Agora... a questão dos preços:
Será que justifica gastar cerca de 70 euros no suporte + acessórios para fixação?
Ou mais.. se incluirmos o parafuso de aperto anti-roubo.

Muito honestamente... acho que não.
Não sinto que a qualidade do material esteja ao nível do preço que custam.
Tenho visto imitações chinesas que não ficam nada atrás.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#74

Por acaso já não seria o primeiro a usar telemóveis "baratos" ou recorrendo a mais antigos (que entretanto até trocaram e meteram de parte), apenas para correr uma app de navegação GPS ma mota, poupando entretanto o telemóvel "principal" ao risco de perda, exposição a eventuais intempéries e consumo desnecessário de bateria.
Responder
#75

(26-01-2021 às 11:18)dfelix Escreveu:  No X-Grip da RAM dificilmente um smartphone voa.
Sobretudo quando se tratam das versões "plus", que para caber obrigam a alongar bastante as patas.

O problema é ser feio!
Quando não está a ser usado, fica sempre ali o "aranhiço" à vista.

[Imagem: f4bc5ae5e74e7dfa196ced7edef970bd.jpg]

Por outro lado dispensa capas específicas.

Agora... a questão dos preços:
Será que justifica gastar cerca de 70 euros no suporte + acessórios para fixação?
Ou mais.. se incluirmos o parafuso de aperto anti-roubo.

Muito honestamente... acho que não.
Não sinto que a qualidade do material esteja ao nível do preço que custam.
Tenho visto imitações chinesas que não ficam nada atrás.

Por acaso tenho andado curioso nesta opção:

https://beeline.co/pages/beeline-moto

https://www.youtube.com/watch?v=7j5y2TFQaD4

Pequeno, versátil, portátil, com as indicações básicas e essenciais, emparelhamento e controlo através do telemóvel. Algo caro (entre £150 a £200 + mount), mas ainda assim, bem mais acessível que a maioria dos navegadores GPS específicos para moto. Tem é inconveniente de não estarmos a visualizar "um mapa" (que por vezes é vantajoso).

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#76

(26-01-2021 às 11:44)carlos-kb Escreveu:  Pequeno, versátil, portátil, com as indicações básicas e essenciais, emparelhamento e controlo através do telemóvel. Algo caro (entre £150 a £200 + mount), mas ainda assim, bem mais acessível que a maioria dos navegadores GPS específicos para moto. Tem é inconveniente de não estarmos a visualizar "um mapa" (que por vezes é vantajoso).

A F900R vem equipada com um sistema de "navegação" parecido através do Connect, mas pessoalmente não gosto deste tipo de orientação durante a condução.

[Imagem: BMW-Connected-Ride-2.jpg]

Admito que possa ser por habituação a ver o mapa num GPS tradicional (TomTom Rider), mas este tipo de indicação mais sucinta obriga a uma maior concentração (o que para quem vai de mota equivale a distração e perda de foco na estrada) e torna-se muito fácil falhares uma saída e nem te aperceberes disso.

Para isso preferia usar um TomTom Vio (era mais destinado a scooters e não sei se ainda se vende), outra solução básica e relativamente económica.

[Imagem: 450_1000.jpg]
Responder
#77

(26-01-2021 às 11:20)carlos-kb Escreveu:  Por acaso já não seria o primeiro a usar telemóveis "baratos" ou recorrendo a mais antigos (que entretanto até trocaram e meteram de parte), apenas para correr uma app de navegação GPS ma mota, poupando entretanto o telemóvel "principal" ao risco de perda, exposição a eventuais intempéries e consumo desnecessário de bateria.

Praticamente é essa a minha forma quanto ao uso do gps nos dias de hoje. Normalmente quando dou voltas grandes, estudo sempre bem o percurso no google maps e acabo por decorar praticamente o percurso quase todo mas no caso de alguma eventualidade, tenho um smartphone que nem cartao tem para correr o gps se for necessario.

Unico inconveniente é trazer dois telemoveis, mas acaba por ser um mal menor mediante a perda do unico telefone que se tem se o suporte for a vida ou mesmo quanto a esse factor que mencionas que é a bateria do tlm. Que no caso de uso intensivo, a bateria de qualquer telemovel rapidamente vai a vida.
Responder
#78

(26-01-2021 às 12:26)Nfilipe Escreveu:  Unico inconveniente é trazer dois telemoveis, mas acaba por ser um mal menor mediante a perda do unico telefone que se tem se o suporte for a vida ou mesmo quanto a esse factor que mencionas que é a bateria do tlm. Que no caso de uso intensivo, a bateria de qualquer telemovel rapidamente vai a vida.

Há diferentes possibilidades. Mas se o inconveniente é esse, entre trazer um outro smartphone, um powerbank (para prevenir e suprir dranagens de bateria) ou até um equipamento específico de GPS moto (que tens sempre de retirar da moto para prevenir eventuais roubos), acaba a ser "igual ao litro".

Ok.... tens sempre possibilidade da instalação de uma tomada de corrente / USB, junto à mesa de direcção (cujas motos mais recentes, por norma, até já trazem de origem).

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#79

(25-01-2021 às 23:24)Caroço Escreveu:  tens uma moto , que com 300 cc de cilindrada , custa 5 mil e quinhentos € nova.
(quando compras 1000cc a esse preço )

tens um telemóvel que em media custa 1000€ ( mesmo o 12 mini é aproximado )
quando um gps para fixares na moto que ja tras suportes custa 100€ ).

e depois queres comprar um suporte barato....

quando estamos a falar de 1000€ que podem voar... por má fixação, vibrações , etc , que ja deu para ver que te custaram a pagar e possivelmente nao teras dinheiro para comprar de novo ...

sempre fui contra tudo o que nos distraia a conduzir uma moto , pois um segundo pode ser a tua morte.

um suporte barato ou ate um caro , pode partir e la se vão os 1000€ de telemovel...

mesmo com estes ideais meus , dei o mote , e passei a usar gps , sem custos adicionais quando vou de moto sem nunca fixar o meu iPhone 12 pro na minha Ducati ( apesar de me estar a cagar para marcas e materialismos , por acaso tenho uma Ducati e tenho um 12 pro , que me custaram pagar, cada um tem o que pode e o que quer, como tu amigo).

o que fiz é simples , se tens airpods serve , senão compra uns xiaomi hearbuds que enconstam os airpods a um canto em termos de som , e custam 30€ e funcionam perfeitamente com qq iphone, liga ao software de gps , iphone no bolso e bem protegido , e segue as indicações por som , que certamente não te vão distrair tanto como o bajolo ao lado do contakm...

e as probabilidades de chegares ao destino vivo e sem perderes o tijolo bem caro , serão bem menores.

boas curvas

Nunca compraria um telemóvel de 1200 euros se não tivesse condições para... e a tua conclusão está errada. Simplesmente não gosto de gastar dinheiro nunca coisa que não vou usar com frequência, na minha ideia ... e pelo género de suporte que é achei que facilmente se encontraria semelhantes e vim pedir feedback.
Contudo posso estar enganado e os suportes de 100 euros serem muito mais seguros que os de 20.

A mota tenho a ninja 300 porque foi  primeira, assim que acabei de tirar a carta A e quis algo leve para aprender os básicos, já a tenho há 1 ano e meio e até agora tenho adorado a experiência e não me arrependi.

Gostei muito da ideia, nunca tinha pensado nisso... eu tenho os airpods já. Parece-me que é uma excelente solução.

Obrigado pela ajuda   V
Responder
#80

Atenção que o uso de airpods (ou qualquer outro equipamento do tipo "auricular") fixos nas orelhas, é ilegal. Embora não se veja, numa qualquer operação stop em que o "xôr agente" nos mande tirar o capacete e nos veja com auriculares, de certeza que nos vai trazer complicações.

Para isso, um sistema de comunicação (intercom) para capacete, emparelhado com o telemóvel, faz a mesma coisa... e de modo legal!
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)