#1

Boas.

Gostava de saber a vossa opinião sobre este canhão. A grande FZ1.

[Imagem: L_5643dMdLYK.jpg]

Ando a pensar num negócio mas tenho conhecimento dos problemas de lag de acelerador, problemas no routor (magnetos), e até do quadro abrir rachas nas soldas.....
É assim tão mau?
É coisa que se se dê bem a volta?

Tive uma Xj6 que adorei e esta parece-me uma escolha fácil por ser tão similar...mas bruta como tudo..

IMG-20210723-180053
Responder
#2

Em 2006 esperei que esse modelo saísse no mercado antes de tomar qualquer decisão.
Precisamente por vinha duma FZ6... e a FZ1 tinha tudo para ser uma boa candidata a sucessora junto a outras do género que tinha debaixo de olho.

Mas decepcionou-me um pouco.
Não senti que fosse "canhão" e o handling estava abaixo das minhas expectativas.

Tenho ideia que a partir de 2008 foi revista ao nivel da injecção e a resposta ao acelerador melhorou.
Mas nunca voltei a experimentar mais nenhuma.

A injecção nas Yamahas desses anos era um bocado manhosa.
Mas nunca ouvi falar de problemas de quadro ou no rotor.
Certamente as haverá, mas até que ponto foram problemas crónicos ou casos isolados... é sempre uma dúvida.

Se for um bom negócio ... é um bom upgrade à XJ! smile
Eram bonitas. E com uma orientação estética mais consensual do que a marca aplica actualmente nas MT's.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#3

Acabei por fazer negócio com uma FZ6 S. XJ6 mais bombada..

Transição fácil espero.

Fico bem servido, mas o design da FZ1 é para mim mais apelativo.

IMG-20210723-180053
Responder
#4

de uma xj6 para uma fz6? think

Se a ideia é conforto e andar de costas direitas, até entendo, se nao for por ai, essa troca parece que andaste para tras. Isto porque cheguei a ler que a Xj6 era uma mota onde o motor da R6 foi bem configurado e isso por si, fez dela uma mota equilibrada. A fz6, já por outro lado, sei quem tem uma, e baixas e medias, esquece lá isso. A nao ser que fales da FZ6 S2, essa já deve ser melhor. Mas se a ideia também passava por ter mais potencia, também é compreensível, tem specs mais generosas que a Xj6.
Responder
#5

(17-07-2021 às 23:52)RicardoF Escreveu:  Boas.

Gostava de saber a vossa opinião sobre este canhão. A grande FZ1.

[Imagem: L_5643dMdLYK.jpg]

Ando a pensar num negócio mas tenho conhecimento dos problemas de lag de acelerador, problemas no routor (magnetos), e até do quadro abrir rachas nas soldas.....
É assim tão mau?
É coisa que se se dê bem a volta?

Tive uma Xj6 que adorei e esta parece-me uma escolha fácil por ser tão similar...mas bruta como tudo..


A minha opinião é q é bonita


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#6

(17-07-2021 às 23:52)RicardoF Escreveu:  Boas.

Gostava de saber a vossa opinião sobre este canhão. A grande FZ1.

[Imagem: L_5643dMdLYK.jpg]

Ando a pensar num negócio mas tenho conhecimento dos problemas de lag de acelerador, problemas no routor (magnetos), e até do quadro abrir rachas nas soldas.....
É assim tão mau?
É coisa que se se dê bem a volta?

Tive uma Xj6 que adorei e esta parece-me uma escolha fácil por ser tão similar...mas bruta como tudo..
Esses problemas eram só nas de 2006 e algumas de 2007. Mas era baixa incidência, mas mesmo assim de realçar que até a yamaha andava a trocar quadros em motas com 10 anos quando acontecia (EUA). Os magnetos tinha a ver com eles serem apenas colados e com o calor descolavam, mas foi retificados logo nos anos seguintes.
Mas tirando isso e injeção manhosa dos primeiros anos, a mota é muito bacana.

V
Responder
#7

(19-07-2021 às 11:55)RicardoF Escreveu:  Acabei por fazer negócio com uma FZ6 S.

Transição fácil espero.

A Yamaha adoptou uma estratégia inteligente ao conceber as FZ6:
Através da mesma plataforma foi possível actualizar a bem-sucedida Fazer e ao mesmo tempo lançar uma naked para concorrer com a Hornet.

Ambas foram bem sucedidas comercialmente.
Sobretudo porque na altura os números das fichas técnicas traduziam-se em vendas mais do que nunca.

Ainda assim, existia um enorme mercado para quem 100cv até era demais.
Para quem era preferível até algo que fosse mais barato, menos radical... e económico.
Então para conquistar o público que optava sobretudo pelas CBF's desta vida... a Yamaha lançou as XJ6.

O que significa que a XJ6 que tens/tiveste era essencialmente uma FZ6 "low cost".
Portanto, com esta troca o que vais obter mais.. é aquilo onde a Yamaha poupou! smile

Agora tens quadro muito decente, construído com a mesma filosofia dos que equipavam as superdesportivas.
Um motor mais pontudo.
E alguns detalhes de construção mais elaborados.
Mas fora isso... são quase a mesma coisa.

Portanto, não há nada que torne esta transição difícil.

A FZ6 é uma moto muito intuitiva de conduzir.
Muito equilibrada. E o quadro é excelente.
As suspensões não são grande coisa. Não estão à altura do conjunto.
Mas consegue-se viver com elas desde que se faça uma manutenção frequente.

De resto... ela só tem pulmão em altas. Acima das 10k rpm...
Abaixo disso é extremamente dócil. Não te vai assustar.



Tive uma FZ6N que não me deixou saudades.
Era de 2004 e logo das primeiras que surgiram no mercado.
E como lhe espetei logo imensos quilómetros fui brindado com todos os problemas de juventude do modelo antes de sequer haver recalls para os mesmos.

Sei que muitos foram corrigidos em recalls posteriormente.
E como há muitas ainda a circular, acredito que tive bastante azar com a minha.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#8

Sim, acho que estou bem servido.

Nunca curti muito a cena dos escapes mas agora até já se entranhou bem.

Fica a bixa.

IMG-20210723-180053

IMG-20210723-180053
Responder
#9

Por acaso os escapes são para mim dos detalhes mais interessantes dessa mota.

Parabéns pela compra. Curte bué. V
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 2 Visitante(s)