Fui ao tapete :'(
#1

Hoje a noite quando vinha para casa fui ao tapete.
Foi dentro de uma localidade ia entre os 20/30km/h
Não sei explicar ao certo como se passou mas vou deixar aqui a minha teoria
Estava numa localidade tinha uma curva, comecei a fazer a curva, e estava um seat parado logo a seguir a curva, para não bater no Seat travei com o travão de trás (para não bloquear a roda da frente), assim que travei com o de trás a roda de trás derrapou e eu fui a derrapar com ela, para o chão...
Tenho quase a certeza que não bloqueei a roda de trás por isso acho que a roda derrapou na gravilha solta.
Levanto, me e quando olho o Seat arrancou e nem ai nem ui...
Logo a seguir cortei a energia a mota, levanto-a e encosto a berma, olho para o espelho que estava no chão, vou para o ir buscar quando passa um carro por cima do espelho e ele fica feito em pedaços. (Mais uma vez o condutor passou e nem ai nem ui)

Felizmente ia bem equipado, tenho uma ligeira dor no ombro mas foi do impacto no chão, nada de grave, a Xani tambem tirando o espelho e o punho esta bem.
As maiores dores ainda foram no coração de ver assim a xani no chão e no orgulho de ter caído  redeye
Sem mencionar o facto de 2 carros terem visto o que se passou e não pararem sequer para perguntar se estava tudo bem...  dead


Agora é limpar o pó do capote e seguir em frente
Vivendo e Aprendendo

Deixo aqui umas fotos dos estragos
[Imagem: 11164084_10206689048491756_1506475316_n....0da7fe3140]
[Imagem: 11185870_10206689048851765_72855686_n.jp...c590fc12e0]
[Imagem: 11156907_10206689049011769_164083543_n.j...3075a05411]
[Imagem: 11165922_10206689049251775_166016037_n.j...0c19491d9d]

Tudo o que nós montamos, nós amamos
Responder
#2

São daqueles que podem acontecer a qualquer um...
Ainda bem que não houve estragos maiores para ti e para a xani !
Costumo dizer que é aproveitar para meter um espelhos, uns punhos, umas pinturas mais a gosto!
É mesmo levantar e seguir caminho...
Responder
#3

Ainda bem que estás ficaste bem, e que no final de tudo não tenha sido nada de grave.

P.S. bem vindo ao clube dos que já cairam...
Responder
#4

Preferia estar no clube dos que vão cair cry
Primeira queda deixa sempre "trauma"
Agora estava a pensar, não sei se foi da adrenalina nem sei quanto pesa uma cb 500 mas eu levantei-a tão rápido ainda não sei bem como.
Estou farto de pensar na queda e no que fiz de errado ou no que poderia ter feito diferente
Mas é isso aproveito para meter uns espelhos novos, manetes curtas reguláveis e uns punhos e pesos melhores

Tudo o que nós montamos, nós amamos
Responder
#5

Que treta. O importante mesmo é refletir no que fizemos mal e não repetir na próxima. blink Boa sort€ com o arranjo.
Responder
#6

Pela tua teoria a roda provavelmente bloqueou mesmo e apanhaste areia ou algo no chão que te fez resvalar. Sendo em curva, a probabilidade de ires ao tapete é muito maior...e assim foi.

O importante é estares bem, os estragos aos poucos reparam-se e até foram poucos felizmente. Numa queda que tive com a minha antiga 125 a uma velocidade do género, os estragos foram bem maiores, mas também tinha mais plástico para partir.
Responder
#7

É sempre chato quando se vai ao chão. Felizmente não foi nada de mais e estás bem.

É importante que estas sirvam para que não nos esqueçamos que quando estamos em cima de uma moto estamos muito vulneráveis e que a mínima coisa é suficiente para nos atirar ao chão.
Responder
#8

Eu tive mais sorte que tu, ao entrar para a rua de minha casa curvei mesmo em cima de uma tampa e a roda de trás fugiu mas endireitou!

O que interessa é que estás bem bigsmile

Onde compras-te esses espelhos?

O maçarico  shy
Responder
#9

Que azar Bad \:

Mas ainda bem que agora estás no clube dos que já caíram, e foi a essa velocidade. Agora já não precisas de cair outra vez para estar neste clube, e assim os estragos foram pequenos. Dói sempre, mas vais ver que passa. Agora vai é com calma para te passar o 'trauma'.

Tiveste foi má sorte com o pessoal a passar. Eu quando caí (queda do género, a praí 40Km/h, numa curva capaz de 70Km/h) pararam logo dois carros, um para ver como eu estava, outro para me pegar na moto. Pela experiência da minha queda, provavelmente bloqueaste mesmo a roda de trás e nem reparaste. Ela bloqueia com bastante facilidade, se tiveres de pé, não há grande stress, deitado em curva, nem a sentes a bloquear \: A lição que eu aprendi foi mesmo a endireitar a moto antes de sequer tocar nos travões, se bem que a minha queda foi por ter apanhado óleo e chão molhado, mas um gajo perde a noção completa da força que está realmente a fazer nos travões \:

Rápidas recuperações, físicas, tuas e da moto, e mentais (;
Responder
#10

Grande merda! E a tua CB(oa) até estava um brinquinho!  confused

(22-04-2015 às 23:45)Bad Attitude Escreveu:  Hoje a noite quando vinha para casa fui ao tapete.
Foi dentro de uma localidade ia entre os 20/30km/h
Não sei explicar ao certo como se passou mas vou deixar aqui a minha teoria
Estava numa localidade tinha uma curva, comecei a fazer a curva, e estava um seat parado logo a seguir a curva, para não bater no Seat travei com o travão de trás (para não bloquear a roda da frente), assim que travei com o de trás a roda de trás derrapou e eu fui a derrapar com ela, para o chão...
Tenho quase a certeza que não bloqueei a roda de trás por isso acho que a roda derrapou na gravilha solta.

Mas continuaste a travar (e por consequência continuaste em slide)? Em teoria, se aliviasses ou deixasses mesmo de travar (por instantes, claro) a roda poderia adquirir novamente em aderência. No entanto, com gravilha, óleo, areia, etc.... a coisa complica-se e estas "sujidades" estão sempre nos piores locais.
Bem sei que nestes momentos tudo se passa muito rápido e apenas se age por impulso.

Teorias como travar há muitas... e diferentes. Eu quanto travo, é sempre em sistema "CBS" (combinado). Sempre com o da frente e de trás, em simultâneo, que faz com que a moto "agache" distribuindo a desaceleração por ambas as rodas, em lugar de a concentrar toda numa só roda. Nunca me dei mal com isso!

(22-04-2015 às 23:45)Bad Attitude Escreveu:  Levanto, me e quando olho o Seat arrancou e nem ai nem ui...

É sempre a mesma merda! Provocam as situações e depois, como não há colisão, vão à vidinha deles, sabendo bem o que fizeram. Há tempos também tive uma parecida (que acho até relatei algures aí), de uma gaja que fez 3/4 de rotunda pela via de fora e me fecha a minha saída da rotunda, cruzando a minha trajectória à minha frente, coisa que não espetou comigo no chão por mero acaso (com a travagem, perdi controlo da trajectória, indo quase directo ao lancil separador). E a FDP ainda abrandou depois de ver o que fez.... e depois arranca como se não fosse nada (coisa que também faria, tivesse eu ido ou não, ao chão).  mad

(22-04-2015 às 23:45)Bad Attitude Escreveu:  Sem mencionar o facto de 2 carros terem visto o que se passou e não pararem sequer para perguntar se estava tudo bem...  dead

Prato do dia! Se fosse para ver sangue, e tivesse sido um acidente aparatoso, já todos paravam.... até faziam fila!  dead
Pensa que felizmente saíste ileso, e te safaste por ti. Só isso já é uma enorme sorte.

As melhoras.... para ti e para a CB! thumbsup
Não te esqueças que quando nos "erguemos", o fazemos mais e melhor que nunca. smile

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)