Frases
#1

Pequeno texto ligado ao mundo que tanto gosto, as duas rodas.
Com mais idade as pessoas vão ficando mais calmas, vão pensando,
"Porquê é que tive uma RR?"
Será que é bom manter o mesmo espírito e constante numa vida?

A que procurar novos modelos, outras sensações, algo mais ligado a estrada normal e não as ilusões do que se vê nas corridas na TV dos idolos dos motogp´s, motas preparadas para dar 350km/h em circuitos fechados com objectivo de conduzir meio segundo mais rapido que o adversario. É bom competir, desenvolver capacidades, melhorar produtos.

Quem gosta, e se é fanático, pouco há a fazer!
mesmo depois de ter passado por situações complicadas de saúde, o melhor mesmo é não deixar a modalidade, está entranhada no corpo,

Aque controlar e procurar uma "situação" mais adequada a condição fisica e passar as fases normais de uma vida, genericamente falando:
aos 2anos anda-se de tricilo,
aos 6 a bicla,
aos 16 a 1ª 49cc,
aos 20 a 125,
aos 24 o motãozorro do c****o com 200cv para se fazer m***a de toda a maneira,
aos 35 la se acalma e passa-se para uma sem plásticos com a desculpa que se anda mais devagar,
aos 40 talves uma choper ou uma mais calma,
aos 50 possivelmente vem um veiclo para ser usado para o que serve realmente, andar na estrada como todo comum mortal, depois de tanta porrada se ter apanhado ou erros feitos e dar graças que cá se está todo inteiro ou com algumas mazelas, que até sabe bem mostrar, mas altura custou e não foi pouco!

cada pessoa tem o seu feitio e ponto de vista, nenhuma pessoa é igual, um speedados e outros calmos, com tempo tudo vai passando, a que crescer e apreender a não fazer tanto disparate e seguir a vida normalmente, nem passar etapas da vida desde que se tem triciclo até ao mota que se adapta a si,

aque nascer viver, deixar descendes e descansar em paz, mas bem velhinho! o percurso natural da vida,

para finalizar, como se costuma dizer:
"nem te adiantes, nem te atrases sê um bom relógio"

Load ""
Responder
#2

Grande Pires, muito bom texto.... 5 estrelas camarada...

Eu também tenho algumas que fui aprendendo com os trambolhões que fui dando na vida, e com o que sofri com as pessoas que me deixaram.... uma aprendi quando trabalhava em Moçambique.... aprendi-a com uma tribo que vive ao largo do Lago do Niassa, no Norte de Moçambique... e que se adequa a todos os momentos da vida... sei que apesar de tudo o que possamos fazer para que tudo corra bem... "é sempre a sofrer..."

Outra vem duma cena dum filme (Gladiador) e que se adequa também a alguns momentos menos felizes pelos quais temos de passar nesta vida... " We will see you again... but not yet..."

"Tamos juntos"

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#3

isto é falta de emprego, um gaijo mete-se a pensar em tudo e mais alguma....

Load ""
Responder
#4

Não desistas, algum dia alguma coisa há-de aparecer... força camarada.

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#5

thumbsup

Load ""
Responder
#6

Há muitos muitos muitos anos um professor meu de matemática disse uma vez durante um exame em que estava toda gente a bater mal dos neurónios a seguinte frase, " A vida é dura para quem é mole".
Moral da historia, pontapé para a frente e animo, que com força de vontade, dedicação, etc, bla bla bla, tudo se resolve.

Em caso de dúvida, acelere...
Responder
#7

Parece que já se resolveu! thumbsup

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#8

Boa !!! thumbsup thumbsup thumbsup clap clap clap

Em caso de dúvida, acelere...
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)