FJR 2020 ultimate edition
#11

(04-11-2019 às 14:23)Velasquez87 Escreveu:  
(04-11-2019 às 13:32)LoneRider Escreveu:  Falas com os Gendarmes na França sobre a à FJR e os gajos babam-se todos!

Falas das novas Tracer que vieram ocupar o lugar deixado pelas já veteranas FJR e...

(not) poop

Pois...
Também falas com actuais e ainda proprietários de máquinas do género, por exemplo os das Pan e sentem-se abandonados...mas no caso da Honda ainda percebo, pois não houve uma sucessora, nem que fosse ao estilo Sport/touring/adventure...tirando a VFR...que também já foi descatalogada...é que ao menos a Yamaha, Kawasaki, mesmo a Suzy (GSXS1000F) etc mesmo não tendo sucessoras no verdadeiro sentido da palavra, teem alternativas bastante válidas...e uma dessas até se chama Tracer GT/ Versys 1000 thumbsup

É pá, estava a falar em termos operativos, onde são necessárias motos performances, estáveis e que cuidem o gajo que as usa.

Tudo o resto para eles são palavras ao vento e outras conjecturas.

Mas mais triste é, que boa parte deles, não tendo a FJR, preferem as velhinhas TDM em relação às Tracer!

Tudo isto porque o modelo mais recente, em termos operativos é, considerado por eles, perigoso.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#12

(04-11-2019 às 14:56)LoneRider Escreveu:  
(04-11-2019 às 14:23)Velasquez87 Escreveu:  
(04-11-2019 às 13:32)LoneRider Escreveu:  Falas com os Gendarmes na França sobre a à FJR e os gajos babam-se todos!

Falas das novas Tracer que vieram ocupar o lugar deixado pelas já veteranas FJR e...

(not) poop

Pois...
Também falas com actuais e ainda proprietários de máquinas do género, por exemplo os das Pan e sentem-se abandonados...mas no caso da Honda ainda percebo, pois não houve uma sucessora, nem que fosse ao estilo Sport/touring/adventure...tirando a VFR...que também já foi descatalogada...é que ao menos a Yamaha, Kawasaki, mesmo a Suzy (GSXS1000F) etc mesmo não tendo sucessoras no verdadeiro sentido da palavra, teem alternativas bastante válidas...e uma dessas até se chama Tracer GT/ Versys 1000 thumbsup

É pá, estava a falar em termos operativos, onde são necessárias motos performances, estáveis e que cuidem o gajo que as usa.

Tudo o resto para eles são palavras ao vento e outras conjecturas.

Mas mais triste é, que boa parte deles, não tendo a FJR, preferem as velhinhas TDM em relação às Tracer!

Tudo isto porque o modelo mais recente, em termos operativos é, considerado por eles, perigoso.

Há aí uma diferença entre o que relatas e a realidade:

[Imagem: iEZfxbH.png]

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#13

Não sei até que ponto existe ou não essa preferência, nunca falei com a GNR lá do sitio.
Se existe, ainda bem. Se não existe, ainda bem na mesma, isto em termos operativos.

Fora dos termos "operativos", considero que perigoso é o tédio que por vezes se passa em cima delas, pode causar sonolência, como foi dito num video aí de uma comparação na semana passada. Procura que ele anda aí smile
Responder
#14

Nunca considerei a FJR1300 efectivamente uma sport-tourer... mas sim uma tourer em todo o sentido do termo, pelas suas dimensões, geometria, características e ergonomia, que joga(ou) na mesma liga das RT, Pan-European, Trophy, GTR, Norge, etc.

Curiosamente, é um facto que este tipo de motos está cada vez restrito, estando cada uma das marcas que as tinham, a acabar com elas... e acredito que em breve apenas e só haverá a RT como a exclusiva representante do segmento, que coincidência (ou não), também é a única que vai vendendo.

Por outro lado, não espanta o gastar os últimos cartuchos nesta denominada "ultimate edition"... um pouco como a BMW fez com as K1300S e a Motorsport Special Edition, aqui há dois pares de anos, pouco antes de lhes dar a "estocada final".

Tão pouco acredito que a FJR acabe, para regressar depois, mesmo que com outra motorização, que cumpra com as cada vez mais restritas normas ambientais.
Já há algum tempo que se ouve o mesmo em relação ao regresso da Pan-European (não obstante da actual Goldwing até ter-se aproximado mais do conceito da Pan), mas que acredito que nunca passará disso mesmo, de um rumor... pelo simples facto que este tipo de motos actualmente terem uma procura residual, e a pouca que existe resume-se a quase e só aos modelos da marca alemã, a RT, que a par da irmã hexacilíndrica (num outro patamar), lideram completamente o mercado das grandes (e luxuosas) turísticas.

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#15

esta ou uma RT, se tiver a sorte (ou azar) de chegar aos 50 é um modelo apetecível para ir passear a barriga.

[Imagem: 3a28d74fcda810d6526bb56e69702394.jpg]
Responder
#16

https://youtu.be/-f03mYjBZzg
Responder
#17

(04-11-2019 às 10:54)dmanteigas Escreveu:  Já faz mais que tempo eles largarem a FJR e lançarem no catalogo uma Tracer com um motor derivado da R1/MT-10 mas que não gaste 10L/100...

Penso que a expectativa do público alvo duma FJR é algo que faça metade da rotação e provoque metade da tesão.
Uma Tracer 1000 era mais que bem-vinda para roer os calcanhares da S1000XR e similares.
Mas nunca substituiria embarcações que a generalidade das marcas que também produz ou pelo menos até há pouco tempo já produziu.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)