Filme/Documentário "Mondo Enduro"
#1

Mais uma tarde de confinamento, a ver relíquias na televisão...

Citar:Mondo Enduro was a round-the-world adventure motorcycle expedition in 1995-1996. Team members Austin Vince, Gerald Vince, Chas Penty, Bill Penty, Clive Greenhough, Nick Stubley and Mark Friend set off to go round the world by the longest route possible in the shortest time on Suzuki DR350 Dual Sport bikes. Their route took them from London, through Central Asia, Kazakhstan and Siberia; then from Alaska to Chile and finally from Cape Town through Africa and the Middle East back to London. The expedition was filmed and was subsequently made into a 2-part TV series. Shown on Discovery Travel and Adventure Channel over 40 times, this has since reached cult status amongst biking and adventure travel fans.

Fonte: IMDB

Parte 1:


Parte 2:
Responder
#2

Vou seguir a pista! blink
Responder
#3

(07-12-2020 às 21:10)LoneRider Escreveu:  Vou seguir a pista! blink

Não te vais arrepender. V

Este documentário é do mais puro que já vi em termos de aventura em duas rodas. Um grupo de malta que se junta, sem patrocínios, apoios ou fundos (outros que não resultantes das suas próprias poupanças, ou até da venda da casa onde moravam) para se aventurarem durante um ano a andar de mota à volta do mundo... Sem grande logística nem preparação para offroad lançam-se numa jornada de cerca de 65 mil kms (montados numas modestas DR350 que reparavam com enorme destreza em qualquer berma de estrada), incluindo algumas das partes mais inóspitas do planeta, e com enorme engenho e adaptação vão seguindo em frente (não sem umas quantas baixas pelo caminho, num dos casos porque simplesmente se acabou o dinheiro, e teve de ficar a trabalhar dois meses no local para juntar uns trocos e regressar a casa) até alcançarem o seu objetivo. Ficou por completar uma parte da viagem, que retomariam mais tarde noutra aventura: o Zilov Gap (já vou tratar do respetivo tópico).

O aspeto mais que datado da gravação e a fraca qualidade da imagem pode ser desmotivador à primeira vista, mas todo o seu conteúdo, a loucura, o engenho e a constante boa disposição destes malucos faz deste documentário algo sem dúvida intemporal e que vale a pena ver. Há quem diga que este documentário foi o percursor do Long Way Round, mas sem toda a logística, dinheiro, carros de apoio e preparação associados.

Aproveito para partilhar o site oficial aqui: https://www.mondoenduro.com/mondoenduro.html
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)