Espírito Motard
#21

(10-02-2015 às 13:07)carlos-kb Escreveu:  Pelo menos três deles fogem a essa estatística.... e preferem marcar presença assídua com os demais motonliners (umas certas HP4, K1200R e F800ST)!
Acho que essa estatística deverá incidir mais sobre os motorrad GS'istas, que esses sim é que andam predominantemente em "manada"!

O "elitismo motorrad" que o tarasofia refere era comum há 15-20 anos atrás, quando os proprietários da marca eram aristocratas...ou "patos bravos"!
Hoje em dia qualquer plebeu anda montado numa.
smile
Responder
#22

De minha casa vê-se muito bem a A1..... aos sábados de manhã nem calculas os bandos de GS'istas que por aqui passam no sentido Norte!

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#23

Eu, sendo um 'cristão' (motociclista) novo, isto é, há cerca de 4 anos, quase sempre fiz questão de cumprimentar outros nossos semelhantes, infelizmente raramente recebo o cumprimento de volta, e admito que começo a estereotipar quem não responde.. Enfim, os poucos valem por muitos!

Em relação à voltinha primaveril, à costa vicentina, vamos a ela. A TL vai levar pneus em breve, por isso estará 'good to go!'
Responder
#24

(11-02-2015 às 01:27)rZm Escreveu:  ...infelizmente raramente recebo o cumprimento de volta, e admito que começo a estereotipar quem não responde.. Enfim, os poucos valem por muitos!

Não podes dar demasiada importância a isso...

Há uns quantos anos atrás pegavas na moto para ir ao norte ou ao Algarve e contavas pelos dedos os motociclistas com que te cruzavas.
Hoje em dia se for preciso cruzas-te com largas dezenas.
Não quer dizer que não exista cumplicidade. Mas acaba por ser sobretudo um gesto instituído só porque se vê outro fulano de moto.
Vale o que vale.

Costumo responder apenas por cortesia. Mas acaba por ser por "obrigação". O que é um bocado hipócrita.
Salvo raras excepções não tomo a iniciativa... até porque acho isto do "espírito motard" uma valente palhaçada!

Curiosamente, acho que já parei para ajudar mais gente do que as vezes que levantei a mão para cumprimentar.
Responder
#25

(10-02-2015 às 19:45)dfelix Escreveu:  O "elitismo motorrad" que o tarasofia refere era comum há 15-20 anos atrás, quando os proprietários da marca eram aristocratas...ou "patos bravos"!
Hoje em dia qualquer plebeu anda montado numa.
smile

Não concordo minimamente... de facto a BMW facilita a compra de motos, e sim qualquer plebeu pode facilmente transforma-se num «motorrader»... e sim nasce daí muito elitismo ( infundado e ridículo), que cresceu muito com o boom gsista.

Pessoalmente em encontros ocasionais em postos de abastecimento, já fui olhada de lado, por espécimes desses... o que não estranho, até me diverte, do mesmo modo que me divirto com os portugueses imigrantes que quando voltam de férias em agosto, se esquecem de falar português... Tugas no seu melhor lol
Responder
#26

Tenho uma "história" engraçada, não com BMWistas, mas com HDista, no dia do passeio do Sado do ano passado, fui abastecer a mota numas bombas da segunda circular.
Levava a câmera no capacete, nisto para uma HD para abastecer, o homem começa a falar comigo acerca da câmera e tal...conversa puxa conversa, ainda bebemos um cafezinho. Um dono de uma R1 e o dono de um ferro em amena cavaqueira. Portanto não houve diferenciação de montadas, o que uniu ali foi o tema motas, motas, motas, onde fazer umas curvas porreiras, etc...

Também já me aconteceu ser olhado de lado por pessoal com a mania que é superior, só por ter um determinado tipo de motas.
Responder
#27

(11-02-2015 às 12:07)tarasofia Escreveu:  Não concordo minimamente... de facto a BMW facilita a compra de motos, e sim qualquer plebeu pode facilmente transforma-se num «motorrader»... e sim nasce daí muito elitismo ( infundado e ridículo), que cresceu muito com o boom gsista.

O fenómeno dos grupos, forums e clubes monomarca e monomodelo já existia antes do boom da GS!
Há 10 anos atrás já tinhas forums só de hornets, de fz's, hayabusas e outros modelos populares, marcas ou estilos...
O TMCP por exemplo, tem 23 anos.
Todos eles se juntam, organizam encontros e passeios... pelo que achar que exactamente a mesma receita aplicada às GS é elitismo, parece-me um bocado parolo!
Responder
#28

(11-02-2015 às 12:36)Rod Escreveu:  Tenho uma "história" engraçada, não com BMWistas, mas com HDista, no dia do passeio do Sado do ano passado, fui abastecer a mota numas bombas da segunda circular.
Levava a câmera no capacete, nisto para uma HD para abastecer, o homem começa a falar comigo acerca da câmera e tal...conversa puxa conversa, ainda bebemos um cafezinho. Um dono de uma R1 e o dono de um ferro em amena cavaqueira. Portanto não houve diferenciação de montadas, o que uniu ali foi o tema motas, motas, motas, onde fazer umas curvas porreiras, etc...

Também já me aconteceu ser olhado de lado por pessoal com a mania que é superior, só por ter um determinado tipo de motas.

Sofro desse mal, tenho uma transalp 650, e as vezes quando passo por motards com certos tipos de motas (maioritariamente R's) começam-se a rir ou a olhar de lado (vejo isso nas bombas ou semáforos), não ligo claro bigsmile.

Quanto ao cumprimentos, sou um dos que cumprimenta tudo o que tem duas rodas, as vezes não sou respondido (durante a semana é para esquecer...) outras sou (mais no fins de semana quando a malta vai passear), curiosamente noto que a malta BMW responde menos.. não sei porque bigsmile
Responder
#29

Parece-me que há um certo preconceito com a malta das GS's...
Como se fossem uns aliens que surgem de repente por geração espontânea!
lol

Curiosamente, a maioria dos proprietários de GS que conheço é malta que já teve outras motos.
Pessoal que já não está para levar porrada em nakeds ou desportivas e encontraram nas maxitrails uma solução adequada. E a realidade é que a GS é produto apetecível e bem concebido dentro do do segmento em que se insere.
Não me parece que nenhum deles tenha virado atrasado mental no momento que adquiriu uma.
Excepto os que já o eram antes...
bigsmile
Responder
#30

(11-02-2015 às 12:45)dfelix Escreveu:  
(11-02-2015 às 12:07)tarasofia Escreveu:  Não concordo minimamente... de facto a BMW facilita a compra de motos, e sim qualquer plebeu pode facilmente transforma-se num «motorrader»... e sim nasce daí muito elitismo ( infundado e ridículo), que cresceu muito com o boom gsista.

O fenómeno dos grupos, forums e clubes monomarca e monomodelo já existia antes do boom da GS!
Há 10 anos atrás já tinhas forums só de hornets, de fz's, hayabusas e outros modelos populares, marcas ou estilos...
O TMCP por exemplo, tem 23 anos.
Todos eles se juntam, organizam encontros e passeios... pelo que achar que exactamente a mesma receita aplicada às GS é elitismo, parece-me um bocado parolo!

A mim parece-me que isto é desconversar. A primeira referencia que fiz ao elitismo não se referia em exclusivo às BMW, tá lá para quem quiser ler sem edições em cima blink ... as BMW surgiram novamente à baila apenas pelo conteúdo dos posts seguintes.

Nunca foi criticado por mim a organização de eventos dirigidos a determinados modelos ou segmentos de motas, isso é apenas uma tentativa de distorção do que eu escrevi. Para mim é evidente a distinção entre esse tipo de acontecimentos E o comportamento elitista que ALGUNS utilizadores de motociclos de determinadas características têm.

É a minha opinião, vale o que vale, ou seja exatamente o mesmo das outras... a que eu não arrisco chamar de parolas.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)