Escapes... porque as fazem deitar fumo... e fazer barulho!
#31

O ruído pode fazer com que os outros tomem consciência mais rapidamente da existência de outro veiculo, o que em teoria pode trazer mais segurança.

Os eléctricos não produzirem ruído é problema pois estamos habituados a que um veiculo produza ruído e é uma forma de ser detetado pelos peões. Mas a ideia não é colocar um ruído de 100 e tal decibéis como muitas exemplos que se encontram.

Agora existe muitas motas e carros que deviam ser proibidos de circular, pois a restante população não tem que ficar surdo só porque alguém quer andar na estrada a acordar mortos.

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#32

(25-05-2016 às 15:27)Rod Escreveu:  
(25-05-2016 às 15:18)dfelix Escreveu:  Quinto, experimentem fazer 3h de autoestrada com um escape esganiçado a velocidades de autobahn.

[Imagem: 3m-1100-uf-foam-ear-plugs-nrr-29-2.gif]

É o que uso em viagens maiores, aliás sempre usei, até nos concertos a que vou assistir.

Não resolvem tudo, mas ajudam.

Mas as restantes pessoas ao redor não usam e são importunados por esse ruído o que não faz sentido. Por isso existem limites de ruído.

PS: O meu comentário não se refere À tua mota Rod. A Rum não fazia nada de mais, a Sucati ainda não ouvi por isso não sei. tong

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#33

(25-05-2016 às 15:45)michelfpinto Escreveu:  
(25-05-2016 às 15:27)Rod Escreveu:  
(25-05-2016 às 15:18)dfelix Escreveu:  Quinto, experimentem fazer 3h de autoestrada com um escape esganiçado a velocidades de autobahn.

[Imagem: 3m-1100-uf-foam-ear-plugs-nrr-29-2.gif]

É o que uso em viagens maiores, aliás sempre usei, até nos concertos a que vou assistir.

Não resolvem tudo, mas ajudam.

Mas as restantes pessoas ao redor não usam e são importunados por esse ruído o que não faz sentido. Por isso existem limites de ruído.

PS: O meu comentário não se refere À tua mota Rod. A Rum não fazia nada de mais, a Sucati ainda não ouvi por isso não sei. tong

Nota mental:
No próximo passeio levar um pack de protectores para os que vierem comigo blink

É que a Bianca gosta de se fazer ouvir...
Responder
#34

(25-05-2016 às 15:40)ClaXav Escreveu:  Em relação à emissão de gases, é um dado que está descriminado no documento único e não é preciso ser muito recente, a minha é de 2008 e já tem.

Confere. thumbsup
Acabei de verificar no documento duma GSXF de 2008 e está lá.

(25-05-2016 às 15:45)michelfpinto Escreveu:  Mas as restantes pessoas ao redor não usam e são importunados por esse ruído o que não faz sentido. Por isso existem limites de ruído.

A única pessoa importunada em 3h de autoestrada com um escape esganiçado a velocidades de autobahn seria eventualmente o passageiro.
E esse supostamente já sabe para o que vai. bigsmile

Todas as restantes pessoas do planeta apenas são importunadas pelos breve momento em que o veículo passará por elas.
O que até poderá ser útil, se pensarmos que ali o Karl do vídeo já levou por duas vezes com um eléctrico na tola porque não o ouviu! lol

Isto não quer dizer que não concorde com a lei do ruido.
Até porque a maioria dos inline-four japoneses têm um som extremamente irritante.

BTW,
Eu uso tampões nos ouvidos em casa.
Raramente ouço motos a passar, mas os cães dos meus vizinhos não respeitam qualquer limite de ruído quase 24 horas por dia.
Responder
#35

Dfelix, que tipo de tampões de ouvidos usas???
Responder
#36

(25-05-2016 às 16:42)dfelix Escreveu:  
(25-05-2016 às 15:45)michelfpinto Escreveu:  Mas as restantes pessoas ao redor não usam e são importunados por esse ruído o que não faz sentido. Por isso existem limites de ruído.

A única pessoa importunada em 3h de autoestrada com um escape esganiçado a velocidades de autobahn seria eventualmente o passageiro.
E esse supostamente já sabe para o que vai.  bigsmile

Todas as restantes pessoas do planeta apenas são importunadas pelos breve momento em que o veículo passará por elas.
O que até poderá ser útil, se pensarmos que ali o Karl do vídeo já levou por duas vezes com um eléctrico na tola porque não o ouviu!   lol

Isto não quer dizer que não concorde com a lei do ruido.
Até porque a maioria dos inline-four japoneses têm um som extremamente irritante.

BTW,
Eu uso tampões nos ouvidos em casa.
Raramente ouço motos a passar, mas os cães dos meus vizinhos não respeitam qualquer limite de ruído quase 24 horas por dia.

Na autoestrada pode chatear o pessoal que viva junto desta. Eu por exemplo vivo não muito perto do Eixo norte-sul, e mesmo assim às quintas-feiras consigo ouvir bem o pessoal a espremer as motas lá. E no trânsito igual, etc etc.

Os animais é mais complicado de controlar, ou os bebés...

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#37

Ouves à quinta feira...e eu sei porquê tong bigsmile
Responder
#38

(25-05-2016 às 14:11)LoneRider Escreveu:  
(25-05-2016 às 14:02)pneves33 Escreveu:  É por isso que vou voltar a por o de origem...é giro ouvir aquilo uns 10/15 minutos...depois aborrece...torna-se até incomodo...e depois...a mota fica mais viva a altas rpm...mas abaixo das 6000 perdeu linearidade, que é a faixa onde vou mais...a mim não me interessa ter a mota toda esganiçada.

Depois tens que gravar um vídeo dentro de um túnel,  para publicar no YouTube e marcar o exemplo a seguir!

http://www.minhavida.com.br/saude/temas/azia
Responder
#39

(25-05-2016 às 16:56)Rod Escreveu:  Ouves à quinta feira...e eu sei porquê  tong  bigsmile

Vais para lá com a Bianca? lol

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#40

(25-05-2016 às 17:03)michelfpinto Escreveu:  
(25-05-2016 às 16:56)Rod Escreveu:  Ouves à quinta feira...e eu sei porquê  tong  bigsmile

Vais para lá com a Bianca?   lol

Não é motor bicilíndrico, deve ser um tetra...
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)